Arquivo da Categoria ‘Pelourinho’

PELOURINHO 2006 – INFORMAçÃO

16 de Dezembro de 2006

Uma pausa na atribuição dos galardões.
Sabe-se que, após o almoço, haverá uma importante informação a ser transmitida pelo Presidente da Academia. Antes mesmo de serem conhecidos os blogues premiados.

Share

PELOURINHO 2006 – FACTO DO ANO – REGIONAL

16 de Dezembro de 2006

Os distintos membros da Academia viram-se na obrigação de fazer uma “declaração de interesses” antes de efectuar a votação nesta categoria.
Chegou-se à conclusão que havia interesses ocultos em cada uma das nomeações.
Ao fim de muitas horas de discussão – garantem-nos que foram muito acesas – a Academia votou, por maioria (o que é uma excepção, pois a tradição mandava que se votasse por unanimidade) e em urna fechada (outra quebra na tradicional metodologia do “braço levantado”) a atribuição dos seguintes galardões, que premeiam os factos do ano – regional:

Pelourinho de Ouro – Foi atribuído este Pelourinho, com fortes protestos de algumas comunidades de Leste radicadas no Alentejo, ao casamento cigano realizado em Beja, em local apropriado e com excelentes condições de saneamento básico e segurança. Qualquer outra localização para a boda gitana teria tirado todo o brilho que o evento trouxe à cidade que se diz capital de Distrito. Junto a um Hotel de 4 estrelas, recentemente inaugurado e que dispõe de um lago frontereiço, logo posto à disposição dos participantes na festa, a meia dúzia de metros do campus do Politécnico – numa jogada de marketing primorosa (sabe-se como os estudantes gostam de folia) e mesmo em frente ao Tanque Coberto – conhecido como piscina coberta – esta festividade multicultural trouxe a Beja muitos forasteiros, que deixaram no debilitado comércio local, largas centenas de euros, o que terá feito aumentar o PIB alentejano. Não se sabe se futuramente será aquele o local escolhido para outras iniciativas levadas a cabo pela comunidade cigana, mas sabe-se que há propostas no sentido de as mesmas se virem a realizar na Praça da República, local central e que trará muito mais visibilidade à velha Pax-Julia.

Pelourinho de Prata – Foi a atribuição mais pacífica, pois só se ouviu uma voz discordante, julga-se que de Ourique ou Alvito. A Academia decidiu atribuir este galardão – considerando-o Facto do Ano – Regional – à exemplar forma como a Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral tem gerido os destinos do seu boletim semanal – mais conhecido como Diário do Alentejo – sendo considerada uma gestão-modelo, onde uma direcção interina se eterniza, seguramente pelas suas excepcionais qualidades no campo do jornalismo, dando mostras de uma inquestionável insenção política, coisa rara nos tempos que correm. Foi enaltecida a ligação do referido boletim às novas tecnologias, sendo hoje a página online do Diário do Alentejo dos sites mais visitados a nível regional (ouviu-se “e não só”), com actualizações permanentes, o que permite a um grande número de alentejanos ter um contacto “em tempo real” com o que se vai passando na sua terra natal.
Sabe-se que, nos próximos 3 anos, não haverá alteração a este modelo, pois tal como no futebol, em equipa vencedora não se mexe.

Pelourinho de Bronze – Unanimemente, com aplausos e aclamação, foi atribuído este galardão à rubrica radiofónica “Cães Danados” (Radio Pax – 101,4 FM), pela forma como subtilmente se vão dando umas mordidelas a quem põe a canela a jeito. Único espaço de humor numa cidade triste, os “Cães Danados” são danados para a brincadeira e só se espera que ninguém os venha a açaimar.

A Academia decidiu atribuir as seguintes Menções Honrosas:

– Ao jornal Correio Alentejo, pela lufada de ar que trouxe à imprensa regional
– Ao Notícias Alentejo, pelo caminho que vai trilhando, primeiro em edição electrónica e, mais recentemente, também em papel.
– Ao outdoor que alegrou as rotundas e mesas de café da cidade de Beja. A Radio Pax conseguiu atingir o objectivo: as pessoas começaram a falar da “tentação”.

Share

PELOURINHO 2006 – FACTO DO ANO – NACIONAL

16 de Dezembro de 2006

Pelourinho de Ouro

Share

PELOURINHO 2006 – FACTO DO ANO – INTERNACIONAL

16 de Dezembro de 2006

Foi decidido atribuir um único galardão, o que dá mais brilho e honra ao facto, aos cartoons do JYLLANDS POSTEN dinamarquês. Apesar da lição de Joseph Ratzinger na Universidade Ratisbona* ter recebido algumas nomeações, considerou a distinta Academia que a divulgação dos cartoons traduz a vitalidade dos media europeus, que souberam assim colocar a arte de desenhar à frente dos seus interesses particulares. Manifestou a Academia grande júbilo por, ao ser atribuído este galardão, não se ter ouvido a detonação de nenhum petardo e também não foi notada a incineração de qualquer símbolo ornamentado com Stars and Stripes. Foram ouvidos alguns apupos, poucos, mas com alguma sonoridade.

* – nome luso para Regensburg, o que deveria merecer uma posição oficial por parte dos linguistas responsáveis pelo homicídio da gramática portuguesa, que ignoraram o nome Regensburgo, muito mais adequado às tradições e pergaminhos da Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa.

muhammedcartoon.jpg

Share

PELOURINHO 2006 – A FIGURA POLíTICA BEJA 2006

16 de Dezembro de 2006

Dentro de momentos vamos dar início à divulgação dos premiados com o galardão “Pelourinho 2006”.
Respeitando o veredicto popular, começaremos por falar na votação electrónica efectuada na Praça e que deu os seguintes resultados:

figpolbeja2006.jpg

Não se estranha que a votação maioritária tenha recaído numa figura do passado monárquico português. Todos nós vivemos ainda na esperança que seja numa manhã de nevoeiro, a cavalo ou de tractor, que nos apareça o salvador – ou salvadora – aquele ou aquela que nos traga a felicidade eterna. Terá sido por isso que a Raínha Dona Leonor mereceu a confiança e o carinho dos leitores desta Praça. Seguramente também pelas mesmas razões, os nossos leitores elegeram em 2º lugar aquele que alguns têm como o D. Sebastião dos tempos modernos. Aquele que poderá tirar a cidade do marasmo, o guindaste dos afundados, o garante da modernidade e também da prosperidade regional.
Relegado para os confins do esquecimento foi o também ex-candidato a presidente da câmara Carlos Figueiredo. A sua recente aliança com as forças comunistas remeteram-no para o último lugar das escolhas populares, o que demonstra quão errada está a sua estratégia.
O actual Presidente da Câmara – Francisco Santos – também não mereceu grande simpatia por parte dos nossos leitores. O 4º lugar obtido demonstra bem a cotação em que é tido na Praça da República, talvez reflexo do dia-a-dia do executivo, em que outros por ele falam, em que outras vozes lhe retiram protagonismo. Seguramente que a sua falta de visão estratégica, a sua inaptidão para gerir os recursos humanos da casa que chefia e um incontornável estribilho de “não é verdade?”, levaram o Dr. Francisco Santos – o Chico, como é conhecido nas ruas de Beja – para um lugar fora do pódio.
A todos os que participaram nesta votação – uma forma de exercer a “Praça Participada” – os nossos sinceros agradecimentos.

Share

LEONOR – A RAíNHA

16 de Dezembro de 2006

dona leonor.jpg
foto: joão espinho

Eleita “Figura Política de Beja – 2006”, o Praça da República pediu a colaboração de alguns dos seus leitores e colaboradores para que escrevessem um texto em torno desta figura. Damos assim início ao nosso programa de atribuição do galardão Pelourinho 2006.

Na nossa história, porque não dizer nas nossas vidas? tivemos muitas Leonores. Tivemos a Telles, de grande visão de futuro, que nos passados mil trezentos e oitenta e tais já projectava que este cantinho à beira-mar deveria estar integrado em Castela sem termos de nos admirar de agora termos uma Avenida da Liberdade que mais parece El Paseo de La Libertad. Lixou-se por morrer de amores com um tal conde de Andeiro. Valha-nos Deus, ninguém morre por amores de um gajo com um nome desses, melher. Tivemos também uma que andava pela verdura, formosa mas não segura. Na verdade era Leanor, mas o tema de hoje obriga-nos a ter de fazer destas alterações gráficas. Hoje, não poderia mais andar sobre a verdura, neste país queimado até ao tutano, sujando-lhe de negra fuligem os delicados pés. Talvez caminhasse mais segura mas de certeza menos formosa. E a Leonor, minha vizinha do 7º andar, boa como o milho, mas que, pelo dizer da vizinhança, essa fonte de má-lingua, não é flor que se cheire, atendendo que quem a quer ver só quando as persianas se abrem por volta das três da tarde, trabalhando a mecinha toda a santa noite, vá-se lá saber em quê.

(texto de Alves Fernandes)
(mais…)

Share

O PELOURINHO

13 de Dezembro de 2006

pelourinho 2006 para blogs.jpg

Será esta a imagem que os blogues vencedores irão ostentar nas suas primeiras páginas.
Blog do Ano – Internacional, Nacional e Regional. Pelourinhos de Ouro, Prata e Bronze. Haverá também em mármore e os tão temidos em cortiça!
A escolha tem sido difícil e provocado acesas discussões. Mas podem ficar descansados: aqui em Beja, raínha, raínha, só a Dona Leonor!

Share

PELOURINHO 2006

13 de Dezembro de 2006

É já no próximo Sábado que serão aqui divulgados os vencedores do troféu “Pelourinho 2006”.
A Academia tem estado reunida, prevendo-se que a divulgação das decisões se inicie bem cedo, logo na manhã do dia 16. Sabe-se que haverá uma homenagem à “Figura Política de Beja – 2006”, galardão atribuído pelos leitores da Praça através de voto electrónico. Tem-se também conhecimento de algumas novidades na atribuição de pelourinhos de cortiça – daqueles que nunca afundam e se mantêm à tona de qualquer superfície aquática – mas que ninguém quer receber.
Pensa-se que no dia 15, durante a tarde, será divulgada uma Nota de Imprensa Electrónica, sem erros e respeitando a privacidade dos receptores, isto é, fazendo uso do Bcc, para que ninguém fique a saber o endereço electrónico dos outros destinatários.
Até já!

Share

PELOURINHO 2006 – VOTAÇÃO

1 de Dezembro de 2006

figpolbeja2006.jpg

São estes os resultados da votação pública integrada na atribuição do “Pelourinho 2006 – Figura Política de Beja/2006”.
Considerações à mesma virão posteriormente, a 16 de Dezembro, quando forem revelados os galardoados nas restantes categorias.

pelouro-final2a.jpg

Share

PELOURINHO 2006 – ALGUMAS NOTAS

29 de Novembro de 2006

Continua a decorrer (na barra lateral) a votação pública para eleger a “Figura Política de Beja – 2006”. Interessante, neste momento, o empate entre o actual Presidente do município de Beja e o ex-Presidente da Câmara de Ourique, actual deputado pelo círculo do Porto. Destaque-se também o 1% do candidato PS à Câmara de Beja e actual vereador em coligação de voto com o executivo CDU, atitude que só tem beneficiado uma das partes da coligação.
A votação prolonga-se até às 24H00 de 30 de Novembro.
No dia seguinte haverá uma reunião para acerto de pormenores relativos ao certame “Pelourinho 2006”.

Share

DESTAQUE

17 de Novembro de 2006

17-11-2006 23 02 03.jpg

O Correio Alentejo faz hoje uma referência à Praça e aos prémios “Pelourinho 2006”.

Share

PELOURINHO 2006 – O CARTAZ

14 de Novembro de 2006

pelouro-final2.jpg

Agradeço ao amigo de longa data (que deseja manter o anonimato) que, com arte, elaborou o cartaz do troféu “Pelourinho 2006”.
Entretanto, a participação dos leitores na votação da “Figura Política de Beja – 2006” está a decorrer em bom ritmo e os resultados, até agora, não surpreendem. A votação decorre até 30 de Novembro.
Até já!

Share