Arquivo da Categoria ‘Directas 2018’

O fim de um “clube de amigos”?

14 de Janeiro de 2018

O antigo autarca do Porto venceu em cinco das seis maiores estruturas em termos de votantes e Santana Lopes em apenas uma, na Área Metropolitana de Lisboa, a segunda maior distrital, com 57% dos votos. Em contrapartida, Rio ganhou no Porto, com 58% dos votos, Aveiro, com 62%, Braga, 53,5%, Madeira, perto de 54%, e Vila Real, com quase 66%.

Rui Rio venceu ainda em Bragança, com 58% dos votos, Faro (53,7%), Guarda (52%), Leiria (59%), Santarém (60%), Viana do Castelo (64%) e Viseu (64,5%).

Por seu turno, Santana Lopes venceu em Beja, com 50,7% dos votos, Castelo Branco (55,8%), Coimbra (50,5%), Évora (51%), Portalegre (65,7%), Setúbal (perto de 65%), Lisboa Área Oeste (53%), nos Açores (66%) e nos círculos da Europa (75%) e Fora da Europa (72%), neste último caso tratando-se de dados ainda provisórios.

De acordo com os dados fornecidos à Lusa, a abstenção a nível nacional rondou os 40% do universo eleitoral.

Share

PSD – o meu voto

12 de Janeiro de 2018

Não será em Pedro Santana Lopes.

Porque num momento decisivo para o PSD, não posso votar em quem ajudou a levar o Partido ao estado em que se encontra.

Share

Wohltemperierte Preludium

10 de Janeiro de 2018

Share

PSD: eleições viciadas

9 de Janeiro de 2018

psd

“O novo presidente do PSD será escolhido por dois tipos de militantes: os genuínos, que aderiram livremente ao PSD e se preocupam com o seu destino; e um imenso grupo de milhares de cidadãos que foram artificialmente inscritos no PSD por caciques. Estes, de forma organizada e sistemática, pagam convenientemente as quotas e controlam as listas como quem tutela um rebanho. No dia das eleições, em grupo, em manada, milhares serão transportados em carrinhas e camionetas até às sedes, votando em Rio ou Santana, dependendo de quem os arrebanhou. Esta prática ilegítima, que envergonha a democracia, assenta numa ilegalidade maior e que só é possível através da violação da informação confidencial dos dados dos militantes constantes da base de dados do PSD.”

( ler aqui)

Share

Directas no PSD

8 de Janeiro de 2018

web polls

Share

PSD – a multiplicação de militantes

21 de Dezembro de 2017

psd

No PSD, é o milagre da multiplicação dos militantes. E das quotas. E do dinheiro. O partido revelou ontem que tem agora mais de 70 mil militantes com as quotas pagas e prontos para votar nas eleições internas. Pequeno detalhe político-milagroso: na sexta-feira, eram apenas cerca de 50 mil. Esta corrida ao multibanco, que rendeu ao PSD 240 mil euros, só pode ser explicada pelo genuíno interesse de milhares de cidadãos em participar de forma abnegada na política.
Sabem o que é o caciquismo?

Entretanto, em Beja (concelho), somos 358 com capacidade para votar.

Share

Lopes em Beja

20 de Dezembro de 2017

Pedro Santana Lopes, candidato à liderança do Partido Social Democrata, estará presente numa Sessão com Militantes em Beja.

Este evento decorrerá, no Beja Parque Hotel, dia 21 de Dezembro pelas 21H00.

Share

Lixo tóxico

11 de Dezembro de 2017


O PSD não necessita de andar a fazer sexo oral ao Primeiro-Ministro.
E quando o agente passivo é o director de campanha de Rui Rio, percebe-se a orgia que alguns desejam. Bloco Central? Só com o PSD a liderar. O resto é vontade de chegar ao poder, sem ideias, sem programa.
Eu bem disse que, até ao dia das eleições, ainda vamos assistir a muita cambalhota.

Share

Constatações

29 de Novembro de 2017

1 – A candidatura de Santana Lopes é uma candidatura de vinganças e ódios. Cheia de “má moeda”.
2 – A candidatura de Rui Rio está rodeada, impregnada, de pesos-pesados.
Sei que vou votar. Sei em quem não vou votar. Até lá, ainda temos o Natal. E depois chega o novo ano.
Até lá…

Share

Rui Rio em Beja

31 de Outubro de 2017

Share

Qual é o melhor?

25 de Outubro de 2017


foto: Lucília Monteiro

Rui ou Pedro?
Rio ou Lopes?

Entretanto, aqui por Beja, não é difícil adivinhar quem estará ao lado (e atrás) de Santana Lopes. PSL estará na cidade já no próximo Domingo.

Share