Arquivo da Categoria ‘Blogosfera’

Em transição para as Lavadeiras de Caneças

16 de Novembro de 2018


foto (daqui)

Escreve, e muito bem, Pinho Cardão: “O Ministro da Transição Energética, bonito nome, propôs a baixa de potência como medida de diminuir os custos com a electricidade.
Não sei se a medida trará qualquer poupança familiar.
O investimento em lanternas para não se andar aos trambolhões ou o custo advindo do aumento das avarias das máquinas de lavar por efeito da interrupção da laboração de cada vez que o disjuntor disparar não auguram qualquer proveito.
A não ser que, para melhorar o Ambiente que também tutela,o Senhor Ministro veja aí a forma de se voltar a lavar tudo à mão, fazendo assim ressurgir as Lavadeiras de Caneças. Mas como também a estas será necessário pagar…” (aqui)

Share

O fim de um blog

18 de Setembro de 2018

Voltaremos: queremos o futuro e queremos que se foda o futuro.
Acaba aqui o Escrever é Triste. Acaba sem choro, ranho ou ranger de dentes. Servimos, Tristes, a eunuca tristeza que Carlos Drummond de Andrade tão bem viu na conjugação do verbo escrever. Escrevemos, fotografámos, pintámos. Fomos aleatórios, contingentes, fortuitos. Sem rei, nem roque, sem mais objectivos do que encontrar nisso um estreitíssimo corredor lúdico. Sete anos servimos, sete anos fomos servidos. Abrimos a porta, há sete anos, só porque era bom abrir. Fechamos agora a porta, sete anos depois, só porque é muito bom fechar.

Share

Sobre Rui Rio

14 de Agosto de 2018

Pedro Correia in ” O idílio entre Rio e Costa:
“(…)
Matéria mais que suficiente para a intervenção do maior partido da oposição? Claro que sim. Mas onde andou Rui Rio? Ninguém sabe.

O presidente do PSD não se dignou comparecer no Algarve envelhecido, pobre e esquecido, no Algarve do interior rural e serrano de que Monchique é por estes dias um pungente símbolo.

Nem uma palavra de conforto, nem um gesto de solidariedade e amparo às populações flageladas pelo fogo: não lhe ouvimos o mais vago sussurro. Nem um leve reparo nem sequer um tímido franzir de sobrolho perante a desastrada actuação do Executivo, reincidente na insensibilidade perante as desprotegidas populações do interior.

É uma estranha forma de “liderar” a oposição, enquanto o primeiro-ministro – certamente não por acaso – escolhe esta mesma ocasião para demonstrar uma calorosa palavra de apreço ao PSD.

O idílio entre Rio e Costa está no ar. A tal ponto que apetece perguntar se existe neste momento oposição ao Governo em Portugal.”

Share

15 anos

13 de Junho de 2018

blog
Este blog completou, recentemente, 15 anos de vida. Obrigado.

Share

A minha entrevista

26 de Abril de 2018

João Espinho é autor e editor do Blog Praça da República, um blog independente, que se debruça, entre outros, sobre assuntos do Concelho de Beja e da Região, um espaço aberto, de debate, de partilha de pontos de vista, onde se comenta livre e moderadamente o que vai acontecendo. É nesta qualidade que convidamos João Ferraz Espinho a fazer parte deste espaço de reflexão intitulado “Alentejo, um amanhã reinventado”.

Pode ler aqui a entrevista.

Agradeço comentários.

Share

Beja – A importância do Instituto Politécnico

5 de Abril de 2018

João Paulo Trindade, Presidente do Instituto Politécnico, em entrevista para ler no Hall Paxis:

Na sua opinião, qual é o papel que o Instituto Politécnico de Beja deve assumir dentro de uma estratégia de desenvolvimento regional do Alentejo e do distrito de Beja, em particular?

“Todos tiraremos proveito de um IPBeja forte, participativo, interventivo, solidário e consciente do seu posicionamento. Como?
(i) Recorrendo às suas atuais competências e promovendo o seu crescimento e desenvolvimento no contexto do ensino superior nacional.
(ii) Aperfeiçoando a sua notoriedade ao colocar em prática uma estratégia com ações de divulgação dos cursos e dos resultados dos projetos realizados, levando-os ao conhecimento da comunidade, fortalecendo a imagem e capacidade de comunicação.
(iii) Proporcionando condições mais adequadas à realidade atual do ensino superior politécnico que permitam o desenvolvimento de atividades de investigação, marcadas pela inovação e pelo empreendedorismo, preferencialmente em colaboração com outras instituições de ensino superior e com a comunidade exterior.
(iv) Otimizando a capacidade de captação de novos alunos, nacionais e internacionais, assim como a resposta às solicitações da sociedade em geral.
O IPBeja tem previsto no plano estratégico para 2018 um conjunto de ações em estreita ligação com os municípios, entidades e empresas da região que contribuirão no terreno para essa estratégia de desenvolvimento regional. Temos presentes políticas orientadas para a internacionalização, para a investigação aplicada, para as questões sociais, para os estudantes e para as nossas ofertas formativas. O IPBeja é uma instituição de ensino superior que está implicada em todas as dimensões que enquadram a sua missão.”

Leia aqui a entrevista completa.

Share

No dia das mentiras

3 de Abril de 2018

Aqui no blog também festejámos o 1º de Abril. Foi uma mentirinha inocente 🙂 . (ler aqui)
Interessante foi a forma como os comentadores festejaram a mentira arranjada pelo Zé LG no Alvitrando para assinalar a data.
Não sei se os comentadores leram o texto do princípio ao fim. Mas, a avaliar pelos disparatados comentários, enfiaram o barrete e aproveitaram a ocasião para bolçar ódios e venenos. Hilariante, no mínimo.
Oram leiam aqui. Vale a pena.

Share

Alentejo, um amanhã reinventado

27 de Março de 2018

ALENTEJO, UM AMANHÃ REINVENTADO é a designação do projeto Hall Paxis, através do qual se pretende ouvir a opinião de autarcas, empresários, personalidades da cultura e de outros sectores estratégicos. Mostrar que vivemos numa região de futuro, com imensas oportunidades e potencialidades, e onde investir é urgente, paralelamente a uma alteração na forma de estar e pensar as empresas, a sua sustentabilidade e, consequentemente, a esfera de acção e intervenção do cidadão comum, será o objetivo desta iniciativa da Hall Paxis.
Acompanhe aqui

Saúda-se esta iniciativa.

Share

Os russos na blogosfera

23 de Março de 2018

Do Tumblr (onde tenho um blog) recebi a seguinte informação:

“Dear ####
As part of our commitment to transparency, we want you to know that we uncovered and terminated 84 accounts linked to Internet Research Agency or IRA (a group closely tied to the the Russian government) posing as members of the Tumblr community.
The IRA engages in electronic disinformation and propaganda campaigns around the world using phony social media accounts. When we uncovered these accounts, we notified law enforcement, terminated the accounts, and deleted their original posts.“”

Segue-se uma lista de cerca de 20 blogs que eu seguia.
___________________________________________

Vamos ter que abrir a pestana com mais energia.

Share

Nilza de Sena

21 de Março de 2018

nilza
foto: RVP
“Não é preciso concordar com tudo o que ali se escreve, mas parece-me importante destacar o texto do blog “Mais Beja“.
Aqui fica:
“A deputada é como um cata-vento. Apanha o vento e roda. Se não houver vento, não roda. Ou seja, lê as notícias sobre a região e, posteriormente, emite “protestos” ou “comunicados” sobre os problemas da região, alguns com décadas, e que nunca foram resolvidos, nem quando o seu partido esteve no poder.
Se o político deve estar junto das pessoas, como é que alguém, que não nasceu no Alentejo, nunca cá trabalhou, nem vive na região, pode escutar, ajudar, entender ou apoiar quem representa?
Vem ao Baixo-Alentejo, de belo salto alto, um dia por mês, visita uma aldeia ou vila de nome que nunca ouviu falar, discursa sobre um problema que já tem décadas, tira fotos com enorme sorriso, entra no seu belo carro, e “abala” para fora das fronteiras do distrito, prometendo voltar passado 1 ou 2 meses, a outro local, para dizer o que todos nós sabemos, sem apresentar medidas ou soluções realistas para mudar o que está errado.” (continue a ler aqui)

Share

Cobardes e merdosos

6 de Março de 2018

Há dias chamaram-me à atenção para o aparecimento de um novo blog na nossa cidade. Só lá fui uma vez, tinha dois ou três “posts”, mas dava para entender que o seu autor era um fervoroso apoiante do antigo regime comunista bejense.
O Blog chamava-se “Vendedor de Sonhos” (onde é que eu já ouvi isto?). E digo chamava-se pois se acedermos ao blog o que acontece é isto (clique).
Ora, quais as razões que levaram o seu autor a remover o blog?
Simples, é mais um cobarde, filho da puta, que, sob a capa do anonimato, decidiu caluniar alguém que não hesitou em apresentar queixa no Ministério Público. (ler aqui)
Sei, por experiência própria, como é morosa, cara e, por vezes, inconsequente, a justiça aplicada aos anónimos dos blogs.
Oxalá o Jorge tenha melhor sorte e que a Justiça funcione. Pode ser que sirva de exemplo.

Share

Rotunda de Beja

13 de Fevereiro de 2018

Escreve-se no blog Mais Beja: “Um dos pontos de entrada ou passagem em Beja é a chamada “rotunda de Serpa”, que liga o IP8 à Rua Afonso III e Rua do Carmo Velho. Este local, mais parece um baldio, uma vez que não existe qualquer arranjo paisagístico ou monumental na rotunda, tornando esta entrada na cidade um local feio e sem qualquer motivo de interesse. Igualmente, no espaço envolvente, não existe qualquer arruamento ou ciclovia e a Ermida de São Pedro, que se situa a poucos metros da rotunda, encontra-se decadente. (…)” continue a ler aqui.

Share