Arquivo da Categoria ‘Blogosfera’

Ricardo Cataluna regressa aos blogs

17 de Abril de 2017

Diz o Ricardo:
“E assim estou de regresso ao mundo dos Blogs, após uma ausência de alguns anos. Já foi o Bom Gigante e o Eu é mais bolos – agora é uma nova aventura: Isso é lá deles… uma expressão usada pela minha avó quando queria responsabilizar os outros por tudo o que acontecia de mal. Diga-se que é uma sensação bem tuga.

Este blog também surge como um regresso à escrita após uma colaboração de mais de 5 anos com o Diário do Alentejo. Este quer ser um blog humorístico, com piadas soltas, crónicas e otras coisas que com o tempo serão reveladas. Dentro de dias, haverá uma novidade: um podcast!

Fiquem atentos. O melhor está para vir!

Share

Falhas

14 de Abril de 2017

Estamos a tratar do assunto.

Share

Os Abrantes

22 de Fevereiro de 2017

O blogue foi uma das principais armas de comunicação do período socrático: além fazer um permanente levantamento dos artigos de opinião mais favoráveis a José Sócrates e ao seu Governo, os autores da página nunca se coibiram de criticar fortemente todos os adversários do ex-primeiro-ministro — e sempre sob a proteção do anonimato. A perda de influência da página coincidiu com a diminuição do fulgor da blogosfera, mas a verdadeira identidade de “Miguel Abrantes”, o misterioso pseudónimo que assinava grande parte das publicações, e as alegadas ligações da página ao aparelho socrático chegaram ao radar dos investigadores da Operação Marquês.

Leia aqui toda a história.

Share

Dar palco a um cadáver político*

20 de Fevereiro de 2017

Não, não me estou a referir a Cavaco Silva. Podem limpar a saliva.
Refiro-me a um dos visados no livro: José Sócrates.

* expressão retirada daqui

Share

Regressou

19 de Fevereiro de 2017

Para criticar os anónimos que comentam nos blogs. Ela, que tem uma vasta e intensa experiência no assunto. Digite #ámen se quer ser abençoado pela Zebra.

Share

As etiquetas partidárias

16 de Fevereiro de 2017

Escreve Pedro Correia no Delito:

Ouço por vezes falar em “ideologias” na política portuguesa. Há até uns sábios que se assumem como guardiães dos respectivos templos.

Mas que ideologias, afinal?

O CDS reivindicou-se sempre como partido “do centro”. C de centro, aliás. Mas esteve sempre à direita do centro, contrariando aliás a vontade de um restrito núcleo dos seus fundadores.

O PCP só seria comunista se fosse um partido revolucionário. Mas é um partido institucionalista, com base social no funcionalismo público a nível nacional e local. Nada tem de revolucionário.

O PSD nunca foi social-democrata. Foi – e é – um partido liberal, conservador, com matizes populistas nas suas adjacências regionais.

O PS meteu o socialismo na gaveta ainda na década de 70. Teve sempre uma matriz dominante – a da social-democracia clássica, com erupções sociais-cristãs sobretudo no consulado de António Guterres.

O Bloco de Esquerda é vagamente “socialista” mas contemporizador com a UE capitalista, da qual não quer dissociar-se. Burguês até à medula, com representação residual junto dos segmentos mais pobres da sociedade.

O PEV é tão ecologista como eu sou evangélico, xintoísta ou libertário. Eterna muleta do PCP, sempre foi muito mais vermelho que verde.

Esqueçamos portanto as etiquetas. Dizem-nos muito pouco ou quase nada dos partidos portugueses.

Share

Pós-Conferência de Imprensa de Mário Centeno

15 de Fevereiro de 2017

Vocês não percam isto. Aquilo que as televisões não mostram. Digite Amém e compartilhe.

(via Nuno Gouveia)

Share

E faltam 8 meses …

4 de Fevereiro de 2017

Share

Blog movimentado

24 de Novembro de 2016

blog-praca
Sinal dos tempos.

Share

O blog está a mexer!

20 de Outubro de 2016

blog20outubro
Hoje foi por causa deste post.
E ainda falta 1 ano para as autárquicas. 🙂

Share

Já percebemos

13 de Outubro de 2016

social_media

Que andamos a incomodar. Aconselha-se: boa educação, abertura de espírito e receptividade à crítica. Enfim, só se pede respeito pela cidadania.

blog

Share

Blog movimentado

16 de Agosto de 2016

blog15agosto

Devido a este post
Com mais de 2600 likes e partilhas no Facebook.

Share