Arquivo da Categoria ‘A minha cidade’

Terras sem Sombras

2 de Maio de 2018

Concerto dia 5 de Maio, Sábado, às 21h30, na Igreja do Convento de São Francisco (Pousada de São Francisco), de Beja:

O Canto na Ilha da Liberdade: Vozes Corsas

Património Cultural:
Memórias de Soror Mariana: Beja no tempo dos Alcoforados
5 de Maio – 15h00
Ponto de encontro: Museu Rainha D. Leonor
Visita guiada por José António Falcão e Florival Baioa Monteiro (historiadores da arte)

Share

Beja – Movimento pelo interior

2 de Maio de 2018

A quinta conferência do “Movimento pelo Interior” vai decorrer amanhã, dia 3 de Maio, em Beja, com início às 14.30h, no Auditório da Biblioteca José Saramago.

Lutar pelo Interior é uma causa nacional!

PROPONENTES:

Álvaro Amaro, Presidente da Câmara Municipal da Guarda e Presidente dos Autarcas Social Democratas
Rui Santos, Presidente da Câmara Municipal de Vila Real e Presidente dos Autarcas Socialistas
António Fontaínhas Fernandes, Reitor da UTAD e Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas
Nuno Mangas, Presidente do I. P. Leiria e Presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Politécnicos de Portugal
Fernando Nunes, Empresário e Presidente do Grupo Visabeira
Rui Nabeiro, Empresário e Fundador do Grupo Delta
José Silva Peneda, ex-Presidente do Conselho Económico e Social

Saiba mais aqui.

Share

Minimalismo ultrajante

1 de Maio de 2018


DESLIGAR O BAIXO ALENTEJO? NUNCA!

“Ultrajante e demasiado triste para ser verdade. É esta a importância que o Turismo do Alentejo (???) dá à maior e mais visitada feira do sul do País, por acaso na Capital do Baixo Alentejo? É assim que querem promover o turismo no belíssimo e ímpar território Baixo Alentejano? Palhaçada. Desliguem esta gente!
Para quando a Região de Turismo do Baixo Alentejo?” Bruno Ferreira aqui

Share

Ontem à noite

30 de Abril de 2018


foto: joão espinho

Share

Carta aberta

27 de Abril de 2018

Aos:
Presidente da República, Primeiro-Ministro e Ministro do Planeamento e das Infraestruturas

“Pela presente, vêm as entidades subscritoras manifestar o seu repúdio e desagrado pelos sucessivos atrasos que têm ocorrido nos últimos anos, no que respeita a alguns dos investimentos estruturantes do Baixo Alentejo.
Com efeito, apesar do desenvolvimento que a Região tem registado nos últimos anos, continuamos com fortes constrangimentos que afetam os empreendedores já instalados, àqueles que ponderam a sua instalação e de uma forma geral a toda a população.
Se queremos reduzir as assimetrias e ter um País a uma só velocidade, se queremos de uma vez por todas, trabalhar eficazmente e alterar o rumo da desertificação que o interior do país tem sofrido ao longo de décadas, temos efetivamente de eliminar estes constrangimentos que condicionam e atrofiam tudo o que se queira produzir e realizar.

Referimo-nos particularmente e em específico ao problema das acessibilidades.

Não conseguimos entender porque tarda a conclusão do IP8.
Porque é que a extensão da A2 até à Malhada Velha, concluída há vários meses, continua sem estar aberta ao público.
Não conseguimos perceber porque é que a requalificação do restante troço do IP8, não se inicia de uma vez por todas. Falamos da requalificação do piso, que se apresenta um perigo para quem circula por essa via e pelas variantes externas a Figueira de Cavaleiros e Beringel.
Também não podemos aceitar que a ligação ferroviária Beja – Casa Branca não seja, de uma vez por todas, eletrificada, permitindo que o transporte ferroviário seja uma opção válida e capaz para os passageiros, para uma ligação intermodal com o Aeroporto de Beja e numa perspectiva futura como complemento ao troço entre Sines e Caia.

As entidades subscritoras exigem que estas questões mais urgentes e prioritárias sejam resolvidas o mais rapidamente possível e, até, atendendo às verbas envolvidas, que são bastante pouco expressivas se tivermos em conta os efeitos positivos que têm na economia e na qualidade de vida dos cidadãos, sejam equacionadas ainda em sede de reprogramação do Programa Operacional 2020.
Como todos sabemos, existem verbas disponíveis e a sua alocação a estes ou a outros projetos e investimentos, dependem exclusivamente de opções de políticas públicas.
Esta região tem dado o seu contributo para o desenvolvimento de Portugal, chegou a hora de obtermos uma resposta concreta e executiva a estas prioridades
Agradecemos a S. Exc. que interceda em favor do desenvolvimento da nossa região.
Beja, 27 de Abril de 2018

As entidades subscritoras:

ACOS / ACSTDB / CIMBAL / IPB / NERBE/AEBAL”

Share

A minha entrevista

26 de Abril de 2018

João Espinho é autor e editor do Blog Praça da República, um blog independente, que se debruça, entre outros, sobre assuntos do Concelho de Beja e da Região, um espaço aberto, de debate, de partilha de pontos de vista, onde se comenta livre e moderadamente o que vai acontecendo. É nesta qualidade que convidamos João Ferraz Espinho a fazer parte deste espaço de reflexão intitulado “Alentejo, um amanhã reinventado”.

Pode ler aqui a entrevista.

Agradeço comentários.

Share

Movimento pelo interior – Conferência em Beja

24 de Abril de 2018

Share

Beja vai a Lisboa

22 de Abril de 2018

Share

Beja vai ter praia já em 2019

17 de Abril de 2018

Leia aqui a notícia.

Share

Beja – Exercício envolve 1200 militares

17 de Abril de 2018

1200 militares preparam-se para missões reais em Beja

A Força Aérea Portuguesa irá acolher, de 09 a 23 de maio, na Base Aérea N.º11, em Beja, o exercício Hot Blade 2018 (HB18).

Este exercício multinacional surge no âmbito do Helicopter Exercise Programme, da Agência Europeia de Defesa (EDA), e será planeado sob a égide do Comando Aéreo.

A edição deste ano envolve, além da Força Aérea e do Exército de Portugal, a participação de forças militares de Bélgica, Alemanha, Hungria, Holanda e Eslovénia, que ficarão sediados na BA11, em Beja, estando as suas ações planeadas para o interior Centro/Sul de Portugal Continental.

O objetivo global deste exercício é o de obter um elevado nível de interoperabilidade entre as aeronaves dos Estados-Membros da EDA, expondo as tripulações a um ambiente operacional complexo, no qual poderão treinar procedimentos e táticas, de forma dotá-las das qualificações necessárias à realização de operações nos atuais teatros de conflito internacionais e missões de apoio humanitário.

As missões vão ter lugar por todo o País, dia e noite, no ar, em terra e no mar, tendo sido planeadas de modo a não afetar o meio ambiente e a população.

Share

Faltam 3 mil

9 de Abril de 2018

O Movimento “Beja Merece +” mantém on-line a petição onde é exigido ao Governo que sejam retomadas e concluídas as obras do IP8/A26, electrificado o troço ferroviário Casa Branca – Beja – Funcheira, aproveitado o aeroporto de Beja e melhorados os serviços de saúde na região.

A petição, que pode ser subscrita em vários estabelecimentos comerciais do Centro e Sul do país, em suporte papel, soma mais de 8 600 assinaturas só na internet.

Clica aqui assina e depois valida com o link que vais receber por mail. Basta-te 1 minuto para seres diferente e melhor do que aqueles quer ignoram o nosso Distrito.

Share

Diálogos Interculturais de Beja

8 de Abril de 2018

Entre 8 e 14 de abril, Beja irá acolher o Festival “Diálogo — Diálogos Interculturais de Beja”, uma iniciativa de promoção da interculturalidade e de valorização da diversidade como ferramenta de combate à exclusão social. Conferências, filmes, exposições, tertúlias, workshops, atividades para crianças, artesanato, gastronomia, música e danças do mundo animarão diversos pontos da cidade durante uma semana que culminará com o “Dia D” de “Diálogo”, sábado 14 de abril, na Praça da República.
Consulte aqui o programa

Share