Arquivo da Categoria ‘A minha cidade’

Câmara de Beja promete

22 de Dezembro de 2018


Reabilitar edifício da piscina descoberta.

Share

Paulo Barriga esclarece

21 de Dezembro de 2018

Em resposta a um comentário deixado aí em baixo, Paulo Barriga esclarece:

“Para que uma mentira repetida várias vezes não se torne uma verdade fabricada, apenas quero esclarecer o seguinte:
É falso que alguma vez me tenha sido proposto a integração na Címbal, seja para o mapa seja por qualquer tipo de contrato laboral.
E quanto a rendimentos é também falso o valor apresentado uma vez que depois de impostos o meu ordenado ronda os 1500€ a recibos verdes e sem qualquer proteção social. Nunca apresentei qualquer proposta de aumento de ordenado ou de outra. Nem nunca fui contactado pela Cimbal nesse sentido”

Share

Ainda o Diário do Alentejo

20 de Dezembro de 2018

Transcrevo na íntegra, e com a devida vénia, texto que Bruno Ferreira publicou no Facebook:

“DIÁRIO DO ALENTEJO
Não consigo retirar do palato este travozinho a saneamento relativamente ao que se está a passar com direcção do jornal Diário do Alentejo. Cheira mesmo a manobra concertada de afastamento de um director que há cerca de dez anos ajudou a levantar um jornal moribundo, retirando-o de um charco de política lamacenta, e fazendo de um mero pasquim propagandístico (sem ofensa a quem lá trabalhava, que outro remédio não tinha se não o de cumprir ordens), um marco de jornalismo regional do Baixo Alentejo, que tem conquistado sucessivos prémios nacionais e mesmo fora de portas, relativos a tantas matérias abordadas pelos seus jornalistas. Pela mão do Paulo Barriga, que ainda o mês passado ganhou uma bolsa da Gulbenkian para investigar a mudança fundiária em zona do Alqueva (entre 75 projectos), o Diário do Alentejo é hoje um jornal de referência, com conteúdo desenvolvido, como qualquer semanário, com informação interessante e diversa, e com opinião livre.

Este órgão de Comunicação Social, com mais de 80 anos de história, faz parte das semanas dos alentejanos que ainda resistem a sair do Baixo Alentejo mas também, e cada vez mais, é veículo da informação e cultura baixo alentejanas para muitos dos que se viram obrigados a litoralizarem-se, como é o meu caso, pela falta crescente de condições com que os Governos da Nação se habituaram a premiar o Baixo Alentejo. E essas mesmas denúncias foram sendo, ultimamente, e de forma transparente, vertidas nas suas páginas, sem favorecimentos partidários, fugindo a clientelismos e a jogos de poder, chamando os bois pelos nomes e, sobretudo, mantendo a isenção requerida pelo código de ética e deontologia jornalística, da qual o Paulo Barriga é um ilustre baluarte.

Pois toda essa massa crítica, todo esse custoso trabalho e isenção jornalística, estão prestes a escapar-se dos seus leitores como areia fina por entre os dedos de uma mão. Não trata esta minha análise de criticar a saída do Director Paulo Barriga, apenas por ser quem é: é natural que as pessoas se sucedam umas às outras em cargos que, sendo rotativos, apenas promovem novas abordagens e formas de olhar o mundo, ao mesmo tempo que afastam vícios característicos da cristalização do poder. Desde que o ponto de partida seja manter uma linha que valorize o que está bem feito, melhorando o que possa não estar tão bem.

Contudo, e metodologicamente, a questão vai muito para além deste aspectos práticos. É necessário que o método dessa alternância se cumpra com independência, justiça, transparência e imparcialidade. Que se talhem caminhos livres e democráticos na atribuição de cargos e na escolha dos seus titulares. Que não surjam pelo caminho manipulações de clientelismos e caciquismos. Que quem escolhe e selecciona tenha capacidades, conhecimentos e vocação válidos para o fazer. E a minha preocupação, dúvida e incerteza, esbarra justamente nestas etapas.

Pelo que leio do Anúncio de procedimento n.º 10865/2018, publicado no Diário da República número 242, de 17 de Dezembro de 2018, Parte L, para contratos Públicos, da responsabilidade da CIMBAL – Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, e proprietária do Diário do Alentejo, ficam várias dúvidas no ar, e que parecem conduzir para uma candidatura pré-formatada à partida. Quero acreditar que não. Quero acreditar que haja um processo de recrutamento justo, democrático e transparente; um júri qualificado e honesto, sem tentações partidárias; candidatos de valor e, sobretudo, que impere a lisura em todas as etapas da escolha do futuro Director do Diário do Alentejo. Deixo a minha declaração de intenções: sou amigo leal do Paulo Barriga; sou colaborador do Diário do Alentejo desde 2008, sempre a título gracioso; sou fiel aos princípios da justiça e honradez.”

Share

Beja

20 de Dezembro de 2018


foto: joão espinho
18-12-2018 – 7H23

Share

Beja é uma coisa esquisita

20 de Dezembro de 2018

Não temos comboios, a estação ferroviária só funciona pontualmente, escassos minutos antes das raras partidas das velhas automotoras, Beja tem falta de estacionamentos, mas uma ideia brilhante foi a do Município de Beja, que vai investir cerca de 90.000 € na construção de um parque de estacionamento junto à pouco utilizada Estação Ferroviária.
Já sei qual é a racional. Vão vir paletes de turistas via comboio e haverá que arranjar estacionamento para táxis, ubers e afins, para transportar os turistas para o decrépito Centro Histórico.
E que tal um teleférico desde a Estação Ferroviária até às Portas de Mértola? Isso é que era…

Peço desculpa, mas acho que andam todos um pouco… cegos.

Share

PS vai liquidar o Diário do Alentejo?

19 de Dezembro de 2018

Factos:
1 – Paulo Barriga termina o contrato, como Director do DA, no final de 2018;
2 – O Partido Socialista (PS) tem a maioria do Municípios que constituem a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL);
3 – A CIMBAL lançou um concurso para “Aquisição de Serviços para Direção do Jornal Diário do Alentejo”, publicado em Diário da República no dia 17/12/18 (ver aqui);
4 – O PS não controla editorialmente o Diário do Alentejo.

Deixo aqui, por isso, umas questões:
1 – Pretende o PS colocar na Direcção do DA um amigo socialista?
2 – O factor de ponderação (20%) na realização de vídeos, nos critérios de adjudicação, significa que já está escolhido o novo director?
3 – O PS pretende transformar o Da num pasquim, tal como o PCP o fez durante décadas?

Vamos estar atentos a esta, já tradicional, vontade do Partido Socialista em controlar os órgãos de comunicação social.

Share

Eduardo Espinho em Beja

18 de Dezembro de 2018

De volta a casa, Eduardo Espinho vem reinventar as canções que formam a banda sonora da sua vida, num concerto tão especial e intimista quanto lhe permitirem.
Uma noite exclusiva, prometendo partilha e genuinidade, cuidadosamente preparada para quem gosta, verdadeiramente, de deixar levar-se pela força da música.

No próximo Sábado, 22 de Dezembro, pelas 23h00 @ porta15.

Share

Beja – Mercado Livre

17 de Dezembro de 2018

Share

Beja – Parquímetros

10 de Dezembro de 2018


A partir de dia 2 de Janeiro do próximo ano vão ser introduzidas alterações no estacionamento pago em Beja.

Na Rua D. Dinis, junto ao Castelo, serão recuperados 10 a 12 estacionamentos tarifados. Em contrapartida, o estacionamento tarifado em toda a cidade será feito até às 18 horas, quando actualmente é pago até às 19 horas.
(notícia Radio Pax)

Share

Gospel Collective no Pax Julia

5 de Dezembro de 2018

Dia 19 de Dezembro – 21H30 – 7,50 €

Na origem da formação Gospel Collective reside uma vontade de juntar um colectivo de vozes com bastante experiência não só no gospel como em outras áreas musicais em Portugal. O grupo reúne experientes cantores nas áreas Jazz, Soul, Rock, Afrobeat, Hip-hop, Pop, Reggae e Funk.

Cantando em português e inglês , o repertório do colectivo vai beber ao repertório gospel norte-americano nas suas diferentes sonoridades, desde os espirituais negros “Amazing Grace” ou “No more my Lord”, aos tradicionais” Happy Day”, “Swing Low “, “Oh When the Saints” passando também pela Soul “Say a little prayer for you” e terminando no Urban Gospel através de temas dos aclamados compositores Kirk Franklin, Fred Hammond ou Kurt Karr.

Share

É Natal em Beja

5 de Dezembro de 2018

Do Jardim do Bacalhau até ao início do Terreiro dos Valentes. É o Mercado de Natal.


(mercado de Natal em Essen/Alemanha)

Share

ULSBA – o que se passa?

4 de Dezembro de 2018

Consta que o Conselho de Administração da ULSBA, entre demissões e baixas, está reduzido a 3 elementos. Alguém sabe o que se passa? E a comunicação social local está silenciada?

Share