Arquivo da Categoria ‘A minha cidade’

Beja

20 de Janeiro de 2018


foto: joão espinho

Share

Vamos quebrar este silêncio?

20 de Janeiro de 2018

Beja associa-se à manifestação nacional que decorre durante o dia de hoje junto às Câmaras Municipais para “quebrar o silêncio” sobre as “adopções ilegais da IURD”.
Hoje, em Beja, Praça da República, 15H00.

#Não Adoto Este Silencio

NOTA IMPORTANTE :
Quem assinar a petição nos locais da concentração, tem que colocar também o Número de Cartão Cidadão ou Contribuinte e também a data de validade do respectivo cartão. Sem estes dados as assinaturas não podem ser validadas.

Share

Hoje

16 de Janeiro de 2018

Há Assembleia Municipal

A Assembleia Municipal de Beja reúne hoje em sessão extraordinária para votar as Grandes Opções do Plano e o Orçamento da Câmara para 2018, no valor de 33,8 milhões de euros.
A reunião da Assembleia Municipal tem lugar pelas 18 horas, no Salão Nobre do edifício do ex-Governo Civil de Beja.

Share

Sismo

15 de Janeiro de 2018

2018-01-15 – 11H51 | magnitude 4,9 | a NE Arraiolos.
Sentido em Beja.

Share

Beja

14 de Janeiro de 2018


foto: joão espinho 9/1/2018

Share

Beja e o comércio

3 de Janeiro de 2018

O assunto é velho e tem barbas como o Pai Natal.
Regularmente queixam-se os comerciantes da concorrência das grandes superfícies.
Este ano, antes do Natal, as queixas repetiram-se, desta vez pela voz do presidente da Associação do Comércio de Serviços e Turismo do distrito de Beja que, ao Diário do Alentejo (22/12), afirmou que o “comércio de Beja assiste à morte lenta.
Curiosamente, no suplemento Economia do Expresso de 23/12, lia-se em letras garrafais: “Otimismo faz disparar vendas no Natal“.
Poderíamos, pois, concluir, que o drama se passa só no nosso distrito e, muito principalmente, na nossa cidade.
Conto-vos um episódio: No fim-de-semana de 16/12, acompanhado de amigos (vindos de fora), passeámos pelo centro histórico da cidade, mais propriamente pelas Portas de Mértola.
Havia gente com fartura nas ruas, coisa rara nesta cidade, mas, curiosamente, as lojas estavam vazias. Andámos a ver montras e a comparar preços. E chegámos à conclusão que os preços em Beja são exorbitantes (refiro-me a vestuário). Comparei o preço de uma camisola de malha que, semanas antes, encontrei numa loja em Queluz, e a diferença de preço era de 22,50€ em Queluz para 37,00€ em Beja. A mesma marca, o mesmo padrão, a mesma cor.
Em conversa com os meus amigos tentei explicar-lhes que este é o preço da interioridade. Obviamente que não me levaram a sério.
É que Beja é, há muito tempo, uma das cidades mais caras das que conheço.
O comércio tradicional – o tal da morte lenta – não se soube adaptar aos novos tempos e tudo parece ter estagnado, excepto os preços, que vão aumentando. Os horários, os produtos expostos, a pouca variedade, etc…, tudo isto vai contribuindo apara que as lojas tradicionais se tornem moribundas.
Era necessária muita força de vontade e desistir da apatia para que o comércio, e com ele o centro histórico, se salvasse.
Será que ainda vamos a tempo?

Share

Isto também é Natal

27 de Dezembro de 2017

Quem enviou esta foto vai receber um prémio.

Share

Lixo em Beja – concurso de fotografia

24 de Dezembro de 2017

LIXO – “hoje e amanhã não há recolha, sendo retomada na terça- feira a partir das 7 horas.

Nos dias 31 de Dezembro e 1 de Janeiro, este cenário repete-se novamente.

A câmara de Beja apela à população para que não depositem o seu lixo doméstico nos contentores colocados na via pública nos períodos em que não será possível garantir a recolha.”

Desafio aos leitores: enviem-me fotografias com imagens que demonstrem a falta de civismo dos munícipes bejenses. As melhores serão premiadas.
Envie para: joaoespinho@gmail.com com indicação do local e endereço de mail válido.

(não serão revelados os nomes dos concorrentes, caso assim o expressem).
Atão vá!

Share

Beja – a morte lenta do Hospital

21 de Dezembro de 2017

040820131457-972-HospitalBeja(5)
foto: radio-pax

O Hospital de Beja corre o risco do serviço de Obstetrícia e Ginecologia estar encerrado no dia 31 de Dezembro por falta de médicos para preenchimento da escala de serviço.

Um cenário que já ocorreu noutras ocasiões e que, a confirmar-se, obriga a que as situações urgentes tenham que ser encaminhados para o Hospital de Évora.
Beja merece?
(notícia aqui)

Share

Beja – Curso de Tripulantes de Cabine

18 de Dezembro de 2017

Abriram, no Instituto Politécnico de Beja, as inscrições para o Curso Inicial de Tripulantes de Cabine. O curso, com início marcado para o dia 8 de Janeiro de 2018, vai ter a duração de 5 a 6 semanas, com um custo de 1500 euros. (leia aqui)

Share

A doçaria portuguesa – Sul

15 de Dezembro de 2017


Este volume, Sul, agora a ser lançado, reúne as especialidades doceiras de Algarve, Alto e Baixo Alentejo, e Península de Setúbal, num total de 172 doces. Conta-se a história e a actualidade de cada um, a partir de um rigoroso estudo bibliográfico e de uma incansável investigação no terreno em busca da sua origem.

Hoje, no Centro UNESCO, em Beja.

Share

Mudanças

14 de Dezembro de 2017

Sai Helena Barreto, entra Sérgio Fernandes.

Share