Fev 04 2021

Hospital privado e propaganda

Publicado por as 11:15 em A minha cidade

De acordo com notícia da RPax “A construção do futuro Hospital Privado do Alentejo (HPA), localizado na cidade de Beja, poderá arrancar, ainda, este ano, estando prevista a sua conclusão em 2023 e a criação de quase 300 postos de trabalho.

A informação foi revelada à Rádio Pax, pelo presidente da autarquia bejense, depois da reunião que ocorreu, na passada terça-feira, entre o município e os promotores do Hospital Privado do Alentejo.Segundo o cronograma de planeamento de investimento e de execução, definido entre as duas partes, existe a expetativa da construção da Unidade Hospitalar arrancar no final de 2021, prevendo-se que comece a funcionar no segundo semestre de 2023, ou seja, daqui a pouco mais de dois anos.”

E porque ainda temos memória, fui recuperar o panfleto de propaganda publicado por Paulo Arsénio há precisamente 2 anos. Se então se estava objetivamente no dia 1 do futuro hospital privado, hoje estaremos subjectivamente no dia 2 do referido hospital. Enfim, Paulo Arsénio já não surpreende.

Share

7 Resposta a “Hospital privado e propaganda”

  1. Tobias mal dizente diz:

    Mais um dia mau para o João Espinho e a restante malta do “quanto pior, melhor”. Calma “amigo”, não desanime. Guarde o desânimo par a outubro, quando o Chega ficar à frente do seu PSD.

  2. João Espinho diz:

    @tobias – você deve estar encerrado nalguma bolha. O meu PSD?😂😂

  3. Tobias ainda mais mal dizente diz:

    Um ódio de estimação… um blog sobre PA.
    Não se fala do trabalho do PSD, do PCP ou do CDS, ou no minimo do CHEGA que terá certamente mais votos que o PSD.

    Estamos perante 1 mandato depois de anos de ditadura comunista em Beja que atrasou e ignorou o progresso da Cidade.
    Pessoalmente, prefiro o PA com ou sem Hospital Privado do que a ditadura Comunista de regresso e sem nada para oferecer a não ser servir os mesmos de sempre.

    Lá de longe e que nunca mais voltem.

  4. João Espinho diz:

    Este blog sempre foi uma chatice. Mas não se preocupe, não passa de um blog. E não, não é um blog sobre o PA.

  5. Enroscador diz:

    Se não é, parece.

  6. João Espinho diz:

    Parece.

  7. Maria vai com as outras diz:

    Há de facto o risco do PS se tornar no partido ainda mais hegemónico nas autarquias do Baixo Alentejo. Com todas as consequências que conhecemos, em particular o total abandono por parte do governo do seu partido a nivel central.
    E não parece já ser o PCP o partido que o possa impedir, com a excessão talvez de Cuba.
    Daí a necessidade imperiosa de candidaturas locais independentes. A servirem de contraponto a essa hegemonia.
    Vamos lá ver se ainda resta algum dinamismo à sociedade civil, ou se estamos irremediavelmente condenados ao subdesenvolvimento, com a perda progressiva de habitantes e a proliferação indiscriminada em curso de olivais e afins inimigos do ambiente. Como corajosamente bem salientam investigadores da Universidade de Évora.

Deixe Uma Resposta