Dez 07 2020

Da irresponsabilidade política

Publicado por as 15:47 em Geral

A história é conhecida: No passado mês de Março o cidadão ucraniano Ihor Homenyuk foi vítima de homicídio no aeroporto de Lisboa. O ucraniano de 40 anos, casado e pai de uma menina de 14 anos e de um rapaz de nove​, morreu no dia 12 de Março depois de espancado e imobilizado ao longo de mais de 15 horas numa pequena sala onde ficou detido no Centro de Instalação Temporária (CIT) do SEF, à chegada a Portugal no dia 10.
Três inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) estão indiciados, e acusados pelo Ministério Público, de um crime de homicídio qualificado em coautoria e crime de posse de arma proibida
Num país a sério, a dirigente do SEF já se teria pronunciado sobre o assunto e assumido as suas responsabilidades políticas.
Mas não. Cristina Gatões, a Chefe dos homicidas, que aguardam julgamento em prisão domiciliária, limitou-se a dizer que por “motivo de ainda estar a decorrer o processo judicial, nunca falou com estes três inspectores indiciados, não os conhece e não tenciona falar. Sabe-se que o Estado português também não falou com a família do ucraniano.
Todos estes silêncios têm um objectivo: ilibar politicamente a Chefe do SEF e, obviamente, proteger o Ministro da Administração Interna, que tutela o SEF.Isto é, o governo socialista de António Costa quer passar entre as gotas de chuva e sair “limpo” deste homicídio.
Mas tomou uma medida inédita: mandou instalar botões de pânico para imigrantes nos 18 quartos no aeroporto de Lisboa.
Os aparelhos serão instalados em todos os novos 18 quartos individuais e ligados à portaria do Centro de Instalação Temporária, onde deverão passar a estar sempre inspectores do SEF e seguranças.
Sacudida, assim, a água do capote. Não há responsabilidades políticas assumidas e só quando voltar a acontecer outra desgraça é que alguém se vai lembrar do que é a irresponsabilidade política.
Sobre este assunto, transcrevo o que escreve Vicente Ferreira da Silva:

    “António Costa é directamente responsável pelas mortes dos incêndios?
    Eduardo Cabrita é directamente responsável pela morte do ucraniano?
    Não. Mas nem Leonor Beleza, nem Jorge Coelho foram directamente responsáveis pelas mortes dos hemofílicos ou pelas mortes de Entre-os-rios. Contudo, assumiram as responsabilidades políticas e demitiram-se.
    E isto faz toda a diferença. #MaisResponsabilidadePolítica “

E assim vai este País.

Share

Uma Resposta a “Da irresponsabilidade política”

  1. ATENTO diz:

    É verdade, nem Leonor Beleza, nem Jorge Coelho foram directamente responsáveis pelos actos referidos, mas há, em tudo isto, uma triste realidade: enquanto no que respeita a Jorge Coelho, tudo passou e “esqueceu” e ele ficou em estado de graça, no que respeita a Leonor Beleza, certos sectores bem conhecidos da nossa sociedade volta e meia trazem à baila, injustamente, a sua responsabilidade, como se a mesma fosse direta e até maldosamente premeditada. País de m….

Deixe Uma Resposta