Mai 05 2020

Já se safou…

Publicado por as 15:17 em Geral

Tancos. Defesa de Azeredo Lopes diz que acusação é um caso político

Só nos regimes totalitários se inventam factos para perseguir alguém“, declarou o advogado Germano Marques da Silva insistindo nos contornos políticos deste caso em que o ex-ministro da Defesa é acusado dos crimes de denegação de justiça, prevaricação, favorecimento pessoal praticado por funcionário e abuso de poder.

Nas palavras de Germano Marques da Silva, a acusação contra Azeredo Lopes é um “exercício de ficção” quando, na realidade, “o processo penal não é um romance, nem um filme” para ser feito por ficcionistas.

Suportando a tese de que o caso Tancos é abertamente político, Germano Marques da Silva apontou comentários feitos pelo antigo juiz do processo João Bártolo, o qual teria declarado que Joana Marques Vidal não foi reconduzida à frente da Procuradoria-Geral da República por causa deste processo relacionado com o furto e posterior achamento de material de guerra.

Share

Uma Resposta a “Já se safou…”

  1. Vargas diz:

    Este caso das armas “desaparecidas” da Base de Tancos deveria envergonhar qualquer Governo que se preze!
    Uma operação ainda hoje mal explicada, ou não explicada de todo, em que desaparece armamento desviado por militares, cúmplices e afins, e depois reaparece de modo anedótico (pelo menos algum do material)! Era edificante para a estrutura militar, para a justiça e para a própria democracia que se apurasse as responsabilidades e se julgasse os autores!…Noutros países mais “civilizados” já estaria certamente resolvido o mistério!…Com o decorrer do processo seguiram-se trapalhadas atrás de trapalhadas, a fazer lembrar outros tempos, sem que se conseguisse verdadeiramente apurar a verdade. E a justiça sem verdade não funciona em lugar nenhum! Como também não ficou cabalmente provado que o ex-Ministro da Defesa não soubesse de nada, ficará eternamente no ar a suspeição!

Deixe Uma Resposta