Mar 19 2020

Preocupa-me

Publicado por as 17:15 em COVID19

Esta imagem não me tranquiliza. Antes pelo contrário.

A propósito desta imagem, alguém escreveu no Facebook da PSP:

“Vocês têm a responsabilidade de passar a ideia de segurança e tranquilidade. Já não vos falo só como cidadão, mas como psicólogo, com alguma experiência no impacto das mensagens. Esta imagem é de uma profunda irresponsabilidade. Precisamos de mensagens positivas, são elas que apelam mais ao sentido de comunidade e empatia. Dito isto, obviamente a minha solidariedade com todos os profissionais que não podem ficar em casa e que cumprem o seu dever para o bem de todos nós.”
Subscrevo.

Share

9 Resposta a “Preocupa-me”

  1. atento diz:

    Mesmo em tempo de guerra como estamos há quem continue a fazer as suas guerrinhas privadas e politiqueiras.
    A senhora que há dois anos perdeu as eleições da federação de Évora para o Patinho, que o ano passado ficou chateadíssima por não a incluirem nas listas para a Assembleia da República por Évora e que não continuou neste governo com o posto de adjunta de uma secretária de estado que tinha no governo anterior mas que graças ao seu enorme currículo na matéria foi nomeada chefe de divisão da Cultura para a câmara de Beja, onde vai ter responsabilidades sobre a Biblioteca, o Pax Júlia e a Casa da Cultura, essa dita senhora figura destacada do Ps de Évora é a mesma que publica posts envenenados no facebook que parecem ser de mau perder. Umas vezes são sobre o Inem agora sobre o Hospital de Évora.
    A julgar pelos seus posts é mesmo uma excelente aquisição para Beja. Como se não tivéssemos já bastantes.

  2. João Espinho diz:

    Como se chama a senhora?

  3. João Espinho diz:

    Já li.

  4. atento diz:

    Florbela Fernandes

  5. Matilde diz:

    Florbela da Luz Descalço Fernandes, nascida a 09 de maio de 1972, em Évora, com Pós-Graduações em Gestão da Qualidade dos Serviços Municipais e Freguesias e em Administração Social. Licenciatura em Serviço Social, pelo Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa. Foi Técnica Especialista do Gabinete da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Ministro-adjunto e Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa. Representante efetiva do membro do Governo responsável pela área da cidadania e da igualdade na Comissão de Políticas Sociais e da Família, do Conselho Nacional para as Políticas de Solidariedade e Segurança Social; Chefe de Divisão da Divisão de Desenvolvimento Social e Humano, da CM de Viana do Alentejo, sendo responsável pelas áreas da Educação, Intervenção Social e Igualdade, Desporto, Cultura, Turismo, Desenvolvimento Económico, Bibliotecas, Gabinete de Comunicação; Adjunta do Gabinete da Governadora Civil de Évora; Chefe de Divisão da Divisão de Ação Social, Associativismo e Juventude, da CM de Évora; Coordenadora técnica da equipa de criação e instalação da Empresa Municipal Habevora, EM, na área da habitação social do Município, e Diretora de Ação Social; Técnica superior na Câmara Municipal de Évora desde 1998 até ao presente; Técnica superior no IDS – Instituto de Desenvolvimento Social, no Centro Regional de Segurança Social de Lisboa e Vale do Tejo, CDSS de Loures, Serviço Local de Odivelas e na Associação de Desenvolvimento Local Rota do Guadiana. Formadora Profissional pelo IEFP/Beja, pela Assoc. Rota do Guadiana e Mediadora/Formadora na Fundação Alentejo.
    Possui formação contínua em Gestão Pública na Administração Local; Altos Dirigentes da Administração Pública Local; Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas; SIADAP 1, 2 e 3; Instrumentos de Pilotagem e Gestão de RH; Tramitação do Procedimento Concursal; Código dos Contratos Públicos; Inglês; Gestão Financeira e Contabilidade Autárquica; Planos para a Igualdade; Violência contra Idosos; Conceção e Gestão de Projetos; Gestão de Equipas, entre outra. É Vice – Presidente da Assoc. Ser Mulher; Foi Vogal do Conselho Disciplinar da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência; Vogal do Conselho Disciplinar da ANDDEMOT | Assoc. Nacional para o Desporto para Pessoas Com Deficiência Motora; Sócia fundadora e Vice-presidente da Associação Olhar Positivo – Assoc. para o Desenvolvimento Social e Humano; Vogal da Direção da Delegação de Évora da Cruz Vermelha. Foi membro do Secretariado Nacional do SINTAP/UGT e Juiz Social.

  6. Mustafá diz:

    Senhor Espinho, com todo o respeito.

    Devia assistir o que se passa nos bairros de Lisboa, nomeadamente os que conheço, Bairro da Serafina, Boavista, Padre Cruz, Musgueira, Horta Nova, Ameixoeira, Galinheiras, etc. Estado de de emergências – o que é isso??
    São às centenas os grupos que se juntam a cantar e a beber. Não respeitam qualquer ordem da Polícia.
    Essas imagens é que deviam passar nas TV´s.
    Sou agente da PSP e se nós não atuarmos com força e determinação, não conseguimos conter a pandemia.
    Sobre a foto, também julgo não ser a mais apropriada (a PSP já o reconheceu), no entanto não os cumpridores não têm que se assustar, os incumpridores sim.
    Estou a fazer serviço no olho do furacão, com muita honra, e com disponibilidade total em prol da sociedade, e sempre respeitarei o compromisso que assumi à 25 anos atrás «… dar a vida, se necessário for…»
    Faço um apelo à comunicação social – vão filmar as noites desse bairros e mostrem aos restantes Portugueses, isso sim assusta.

  7. João Espinho diz:

    @Mustafá- com todo o respeito. Se a instituição a que pertence reconheceu a imagem infeliz que publicou, deverá perceber a preocupação dos cidadãos cumpridores. Acrescento: a imagem foi publicada no facebook institucional da PSP, SEGUNDOS depois de o PR decretar o estado de emergência. Estava preparada, só faltava o click presidencial. E este facto aumentou as minhas preocupações. A imagem não é tranqüilizadora. Assume ares de repressão musculada. E isso preocupa-me.

  8. Mike Fox diz:

    Deixem-se de mariquices,nos tempos que correm é bom que a PSP tenha uma imagem austera e que imponha respeito a potencias perpetradores.Porrada nos meliantes

  9. João Espinho diz:

    @mike – a própria PSP reconheceu o exagero e retirou a foto da página online. Mariquices?

Deixe Uma Resposta