Fev 28 2020

Da arrogância

Publicado por as 16:20 em A minha cidade

A secção de Beja do PSD voltou a dar sinais de vida. Desta vez, em comunicado às rádios, falou sobre a requalificação do Mercado Municipal de Beja, colocando algumas questões ao município. Poderia o PSD ter colocado outras questões, nomeadamente sobre o valor base da obra – 2,2 milhões de euros. (ler notícia aqui)

A resposta de Paulo Arsénio deixou-me de boca aberta. Demonstrando uma evidente arrogância, aliada à falta humildade democrática, disse o edil presidente: “O presidente da Câmara de Beja respondeu, dizendo que muito se “espanta por a Concelhia ter voltado a este assunto depois de lhe terem sido dadas as respostas na Assembleia Municipal”, referindo que o “PSD é pouco atento ao que é dito nas instâncias certas”. Repudiou a questão do “Timing político”, explicou como decorre o processo de obras e disse que “o PSD de Beja não sabe como as “coisas funcionam” e que “é um partido sem preparação”, que está “no lugar certo a oposição”. De Paulo Arsénio já se pode esperar todo o tipo de missivas de presunção e vaidade, mas esta via, de inqualificável arrogância, é nova. Seguramente que se terá sentido incomodado e não lhe ocorreu melhor forma para responder ao PSD. Este foi o caminho usado em Beja pelo PCP durante anos. É agora retomado pelo socialista presidente. Até quando?

Share

5 Resposta a “Da arrogância”

  1. Angelo diz:

    Quer uns quer outros são “laranjinhas do chão “. Entre o Arsenico e o Pinela que venha o Diabo e escolha.

  2. Viriato diz:

    @Espinho, responder com arrogância não é boa politica e não acredito que o PA vá entrar por esse caminho.
    Quem gosta de acompanhar a vida politica deve por vezes perguntar-se como perante certos personagens não há respostas mais duras, mais arrogantes, mas, é por isso que eles são profissionais…..acho que não tinha estômago.
    Continuo convencido que o modo como se faz politica a nível nacional e regional é demasiado clubista, nós contra eles.

    Já temos tempo suficiente de democracia para conseguir chegar a entendimentos para o bem comum e para as oposições terem um papel de fiscalização, denuncia se for o caso, e apresentação de alternativas.
    É sempre mais fácil dividir para reinar e de arregimentar opiniões através do conflito.
    Esta maneira de fazer e estar na politica deve ser das principais causas para a abstenção pois as pessoas estão fartas que não se consigam convergências nos temas que trazem benefícios para todos.

    No nosso caso, Beja, bem que precisávamos de remar todos para o mesmo lado, só assim deixávamos de pensar pequeno e de ser pequeninos.

    Bom fim de semana.

  3. João Espinho diz:

    Bom fim de semana.

  4. bejense diz:

    Lá para o fim de Março talvez o mercado encerre. Os vendedores de fruta e hortícolas que sairam há um mês já voltaram porque viram que os talhos e as peixarias continuavam a vender no mercado. E o largo de Santo Amaro tem mais de metade das tendas fechadas. E ainda faltam dois contentores para o peixe. Falta de planeamento e de organização da câmara é o que dá. E muita incompetência à mistura.

  5. Ze Marques diz:

    @bejense — é confrangedor ver a incompetência desta CMB no caso do Mercado.
    Seria interessante o Presidente fazer o ponto de situação relativamente a transferencia para o Santo Amaro pois os Bejenses já não sabem onde se dirigir. O Dr. Paulo Arsênio está de parabens pois vai conseguir liquidar todos os pequenos comerciantes que , a maior parte deles , há dezenas de anos fazem do Mercado a sua 2 casa.
    É tecnicamente possivel realizar a obra por fases , porquê o encerramento total ?

Deixe Uma Resposta