Dez 05 2019

Beja merece+ convoca reunião

Publicado por as 7:18 em A minha cidade

O “Beja Merece+” realiza no dia 11 deste mês, na Casa da Cultura da cidade, uma reunião magna. O movimento convida toda a população a participar nesta iniciativa “onde vai ser discutido o caminho que se deve seguir daqui para a frente em defesa da região”, porque, de acordo com o Beja Merece+, “o futuro está nas nossas mãos”.
Notícia da RVP.

Share

20 Resposta a “Beja merece+ convoca reunião”

  1. Miguel C L diz:

    Quem dirige o movimento vai finalmente pôr o lugar à disposição de gente mais jovem, de sangue na guelra e com vontade de fazer alguma coisa? De questionar os poderes locais, pedir satisfações a quem dirige a cidade, intervir de forma bruta, se for preciso? Claro que não. Vão continuar a ser um grupo jantante, flanelante e passeante de velhos pantufeiros e prolixos, a gozar uma reforma dourada e que, até agora, conseguiram 0, zero, nada, nickles. Só isto era mais do que motivo para se lhes fazer um agradecimento e pedir educadamente que desamparassem a loja. Mas as vaidades, ai as vaidades, a importância que se dão…!

  2. João Espinho diz:

    @miguel- o que escreve é prova de que o BMM incomoda muita gente.

  3. Miguel C L diz:

    @João Espinho é exatamente o contrário: a prova de que não incomodam absolutamente ninguém é a total ausência de resultados. O que era importante era haver realmente alguém que comandasse o grupo no sentido de incomodar, de chatear os poderes, de infernizar. Mas qual quê? O Bejense e o baixo alentejano sempre subserviente, sempre a curvar a espinha aos importantes. Do mesmo modo que antes tiravam o chapéu e faziam vénias ao chefe do posto da guarda, ao senhor governador, ao senhor bispo, ao feitor e ao patrão, agora fazem-no ao senhor doutor e ao senhor professor e ao senhor engenheiro. Sempre aquele respeitinho tão salazarista aos senhores que fizeram “muitos exames”, que devem saber melhor das coisas. Quando foi da recente ida a Bruxelas, o que foi de gente a agradecer a louvar o grande sacrifício que fez a delegação, tal como antes viviam na maior das misérias mas ainda agradeciam ao patrão uma côdea ou um punhado de azeitonas. A ida a Bruxelas e todas as outras idas, encontros, conversas resultaram exatamente em quê? Pode-se perguntar?

  4. Vai dar banho ao cão diz:

    Miguel C L, conforme diz o meu pseudónimo “vai dar banho ao cão”. Tens cagufe do BMM, sabes porquê? porque se dali nasce um grupo de independentes que se candidatem nas próximas eleicões autarquicas lá se vai ao ar o Paulinho bom mocinho que perdeu a humildade pelo caminho ao longo destes últimos dois anos e com ele, caem todos aqueles e muitas aquelas que o circundam…em boa verdade não se perde grande coisa…um grupo de palermas que se apanham com um bocadinho de poder e levam a vida a chamar ignorantes a quem não alinha com eles e elas. A vóvó dos Socialistas de Beja então é de uma arrogância e vaidade que não se grama de maneira nenhuma, julga-se um génio, não se aguenta nem a sumo de limão.
    Miguel C L, tu querias mesmo é que o movimento Beja Merece mais acabasse, porque te incomoda a ti e aos teus, porque faz aquilo que vocês deviam fazer e não fazem, porque vocês são uns lambe cus ao poder central quando deviam aproveitar o facto de serem da mesma cor politica pressionarem e puxar pela nossa região mas em vez disso calam-se bem caladinhos. Grande será o vosso tombo daqui a dois anos.

  5. Miguel C L diz:

    Ó Vai dar Banho ao Rafeiro, não percebeste nada de nada. O que eu quero é precisamente que o BMM afronte o poder, nomeadamente quem está na CMB, que é do partido do governo e que nada faz a não ser servir de criado de quarto e de mesa de qualquer borrabotas do PS que por aqui passa. A questão é que não vejo o BMM envolvido em batalha política nenhuma. Esteve cá o António Costa e o BMM devia estar a banhos em Monte Gordo. O BMM não passa de clubezinho de gente que se acha importante, que faz umas belas passeatas, papa um belos jantares à conta de idiotas que ainda agradecem e ainda elogiam o espírito de abnegação dos espertalhões dos doutores. Estás a ver? Atiraste completamente ao lado. E sabes que mais? Oxalá o BMM se candidate mesmo às autárquicas, mas não com aqueles velhadas que o estão a dirigir que só querem é protagonismo e passeio.

  6. Vai dar banho ao cão diz:

    hummmm…..com esta conversa toda leva-me a crer que o Miguel se acha mais capacitado para ser o rosto pelo Movimento Beja Merece Mais. Quer dizer que os que lá estão, na sua opinião, não são as pessoas ideais? Olhe que pode ser apenas a sua opinião isolada. Acha que aquelas pessoas não têm dado o máximo que podem pela defesa do Baixo Alentejo? Crititcar o trabalho dos outros é mesmo muito fácil, o problema grande é fazer melhor, apresentar ideias. Não haverá para aí uma pontinha de inveja em relação aos rostos visiveis do Beja Merece Mais?

  7. Miguel C L diz:

    @vai dar banho São tão tão bons e honestos que até convocam uma reunião a meio da semana, no inverno, num local frio e inóspito como a Casa da cultura e depois chamam-lhe magna. E para decidir o “caminho a seguir”, como se eles não tivessem já na cabecinha que o caminho a seguir são mais passeios, encontros, cantorias, projeção mediática para alguns. Uma pessoa que trabalhe, tenha filhos, etc., terá mesmo uma grande disponibilidade e vontade de lá ir. Mas quem não quer dar contas nem ser contestado, usas estas técnicas. Quanto à inveja, nem merece resposta.

  8. Creolina diluída a 6% diz:

    Devagar chegamos lá! Como é sabido, até porque já aqui foi discutido, os detentores de cartão do partido são os mais habilitados para oferecer anos das suas penosas vidas a servir. Esses sim, merecem a nossa confiança porque estão dispostos a sacrificar as carreiras profissionais, o conforto da lareira, os filhós e as azevias. Lista independente? Onde já se viu? E depois são achincalhados e não resistem ao desgaste emocional. Quebram. Deixem a política para os profissionais. Algum desses desestabilizadores da ordem e paz instituída era capaz de vender a própria mãe e com a receita comprar um casaquinho de lã para oferecer ao líder de uma federação regional ou equivalente? E obrigar a avó a ajoelhar e venerar por trinta segundos Sua Excelência o Senhor Ministro, junto à entrada principal da Ovibeja? Claro que não. E lamber ad nauseam a botinha de Sua Excelência o Senhor Secretário de Estado, a troco de um saco cheio de ar? O profissional do cartão foi educado. O rapaz ou a rapariga está eticamente treinado para fazer tudo isso e mais um par de botas, sem pestanejar. Rei-te-ra-da-men-te. Confiem. O futuro de Beja é… Óhpá deixem-se disso.

  9. Florival Baiôa Monteiro diz:

    Não é costume responder em blog ou no facebook a ofensas ou a comentários descabidos. Não é o meu jeito de tratar as coisas, prefiro mil vezes enfrentar e falar directamente com as pessoas e discutir os assuntos. o movimento Beja Merece +delineou uma estratégia no dia 18 de Novembro, no Pax júlia… lembram-se? As 568 pessoas presentes estiveram de acordo que assim fosse. O senhor Miguel CL estava lá? Provavelmente não! Fizemos todo o trajecto aprovado nessa reunião e conseguiu-se aquilo que a região nunca conseguiu, ver aprovada na Assembleia da República por todos os grupos vários projectos de Lei onde se incluiram todos os nossos objectivos. De princípio a electrificação do troço Casa Branca – Beja,o já concluído troço da A26 e o percurso até Beja já estão orçamentados e em forma de Lei. Vão ser feitos … esperamos que sim, mas é o resultado da luta que é de todos. Se há gente que não gosta, não quer esta luta, não nos diz respeito, só contamos com quem está. A nossa ida a Bruxelas constituiu, pela primeira vez, uma embaixada onde estiveram todos os grupos parlamentares e foram discutidas todas as questões e abertas todas as portas. Segundo a UE e PE, pela primeira vez, abriram e vão facilitar uma intervenção directa para a concretização de vários projectos. Serão aqueles que nós consideramos fundamentais para o nosso desenvolvimento. O futuro poderá estar nas nossas mãos… será aquilo que bem entendemos. Deixemos a sociedade civil sair do sofá e intervir também na vida política, é desta luta que se quer uma sociedade mais democrática e livre de pensamento, o contrário é a partidocracia de interesses, por vezes, estranhos. Como movimento aberto … tem limites, nasce, vive e morre. Quem quer estes cargos bem pagos… estão à disposição é só vir, estar e lutar e é deles.

  10. Teixeira Duarte diz:

    Acho que o Miguel quer chegar a algum lado com esta conversa mas não está a conseguir. O Movimento carece de uma liderança legitimada. As pessoas que têm estado à frente do dito têm feito o melhor que podem e sabem. No entanto o que transparece é que são apenas uns quantos a tomar decisões, o que não pode ser. Não podemos colocar 20 mil assinaturas nas mãos de alguém sem que para tal exista uma escolha dos caminhos a seguir, escolha essa decidida por maioria. Tal como na política tradicional, os erros cometidos são sempre os mesmos. Misturam-se egos com vontades de um povo, aproveitam-se lacunas para ganhar protagonismo, opta-se por tentar deixar”obra feita” sem solicitar a opinião do grupo. Infelizmente é assim e sempre será em Portugal e no Baixo Alentejo. Falta a verdadeira união e abgenação pelo bem comum. Ódios de estimação, partidos políticos, egos e ambições. Quem perde somos todos nós. A planície vai continuar por cá. o resto, nós e os outros, seremos pó e nada mais.

  11. Miguel C L diz:

    @Florival B. Monteiro

    “Não é costume responder em blog ou no facebook a ofensas ou a comentários descabidos.”

    Pois é. Mas desta vez abriu uma exceção. Porque será? Terei tocado na ferida? Se calhar não foi tão descabido.

    “o movimento Beja Merece +delineou uma estratégia no dia 18 de Novembro, no Pax júlia… lembram-se? As 568 pessoas presentes estiveram de acordo que assim fosse. O senhor Miguel CL estava lá? Provavelmente não!”

    Estive lá e fui dos que aprovaram o caminho a seguir e que agora vejo os poucos resultados que teve na prática.

    “Fizemos todo o trajecto aprovado nessa reunião e conseguiu-se aquilo que a região nunca conseguiu, ver aprovada na Assembleia da República por todos os grupos vários projectos de Lei onde se incluiram todos os nossos objectivos.”

    E resultados práticos?

    “De princípio a electrificação do troço Casa Branca – Beja,o já concluído troço da A26 e o percurso até Beja já estão orçamentados e em forma de Lei. Vão ser feitos … esperamos que sim,”

    Esperemos deitados!

    “Se há gente que não gosta, não quer esta luta, não nos diz respeito, só contamos com quem está.”

    Sim, porque vocês, os doutores, os iluminados, mandam.

    “A nossa ida a Bruxelas constituiu, pela primeira vez, uma embaixada onde estiveram todos os grupos parlamentares e foram discutidas todas as questões e abertas todas as portas.”

    Embaixada? Ahahahaha, coitadinhos! E, só por acaso, confrontaram o senhor Moedas com o facto de ter sido o governo dele a parar todas a obras e não dar seguimento aos projetos? Claro que não, o homem até vos recebeu tão bem. Cantorias e petiscos é o que se quer.

    “Segundo a UE e PE, pela primeira vez, abriram e vão facilitar uma intervenção directa para a concretização de vários projectos.”

    Blá, blá, blá, a conversa do costume: “vão facilitar”, “vão fazer”, “vão acontecer”

    “Deixemos a sociedade civil sair do sofá e intervir também na vida política, é desta luta que se quer uma sociedade mais democrática e livre de pensamento, o contrário é a partidocracia de interesses, por vezes, estranhos.”

    Sair do sofá para cantorias, passeatas, almoçaradas e jantaradas? Isso faço com a minha família e amigos. Aqui trata-se de lutar pelo bem comum de uma cidade e região, enfrentado políticos e poderes e não sentar à mesa com eles em alegre convivência. Para isso já temos uma Câmara PS.

    Já agora, qual tem sido o confronto que o movimento que têm feito à Câmara de Beja sobre a concretização dos projetos? O que eu assisti foi a um ministro cá vir e ainda gozar com a situação.

    Ah não, mas o BMM é o movimento das pantufas, não se pode zangar com os políticos, não pode dar um murro na mesa. É preciso é mostrar que há Bejenses com prestígio e garbo. Afinal, não somos uns rústicos.

    Sair do sofá para uma reunião a uma 4a feira à noite, no inverno? Há pessoas que têm um trabalho. Mas quando não se quer escrutínio, fazem-se estas manobras. E na verdade para quê? Para, passados 5 minutos, ouvir o senhor professor a dissertar sobre as tabernas que havia antigamente, as mercearias, o forno, e de como somos extraordinários, de como somos o máximo?

    Tenha juízo!

  12. Vai dar banho ao cão diz:

    Miguel, se isto não é inveja nem sei o que lhe chame.
    Tenha Juízo

  13. Miguel C L diz:

    @vai dar banho

    De fato, não deves muito à inteligência, pois não? Mas qual inveja? Não sejas burro. Não há aqui inveja nenhuma. O que há é o desgosto de ter apostado numa estratégia que se provou errada. De ter apostado num conjunto de pessoas que afinal quer é protagonismo. Um movimento de luta não se senta à mesa com quem o anda a tramar. Combate-o. Não há almoços grátis. Um movimento de luta a sério tinha organizado uma manif quando cá esteve o primeiro ministro, assobiavam-no até que ele não conseguisse dizer o seu discurso; na Ovibeja, uma vaia, uma chuva de ovos, fosse o que fosse para aqueles canalhas perceberem que não estamos a brincar. Mas não, sempre o alentejano submisso e bem comportado com o poder, fazendo vénias e ainda a estender uma tapete vermelho para suas excelências passarem. Como disse antes, para isso já temos os senhores da Câmara.

    Ai o movimento conseguiu isto, consegui aquilo! Mas todos os dias o que vemos é surgirem notícias de desinvestimento no Baixo Alentejo. É o aeroporto que não aterra nem levanta; é o Hospital que perde especialidades e notícias constantes de um novo hospital em… Évora; é a afirmação de que se vai fazer via férrea, sim, mas em… Évora; é não ver ainda um centímetro do linha eletrificada. Ah, já sei, temos que ter paciência, temos que ter esperança. E entretanto cantorias e petiscos.

    Já chega!

    Esclareço: isto não é nada de pessoal contra seja quem for. Isto é apenas verificar que a estratégia não serve. Falharam. Só que não reconhecem, nem vão reconhecer nunca porque estão muito bem instalados naquela mordomia. Daqui a 10 anos, se estivermos todos vivos, vão lá estar os mesmos ou os que forem escolhidos pelos mesmos a dizer as mesmas coisas.

    Podia ir à reunião dizer estas coisas? Claro que podia. Mas para quê? Para ainda sair de lá insultado e odiado pelos amigos do senhor professor (os únicos que vão lá estar, assinale-se)? Já vi o que a casa gasta e do que é que a casa gosta. Sejam felizes que eu também. Entretanto vou aconselhando os meus filhos para irem pensando em viver noutro lado. E não preciso de aconselhar muito: eles já entenderam. Um deles já só cá vem no Natal e de fugida.

    Mas pronto, vai dar banho ao cão, gostas de ter o cuzinho aberto para os poderosos? Pede aos senhores doutores que te forneçam a vaselina.

    PS: vou-te contar um segredo: sabes porque é que aqueles maduros que dirigem o BMM querem tanto o comboio? Não, não é para trazerem pessoas para Beja. É para poderem mais confortavel e rapidamente chegar a Lisboa para irem a exposições, espetáculos, médicos, centros comerciais e ir ter com os amigos.

  14. Freitas diz:

    @Miguel CL

    Não seja tão radical e não seja ingrato. Tem razão em algumas coisas que afirma, mas acho que deve mais respeito às pessoas. Entrar a matar nunca foi solução para nada.

    Dou-lhe razão num ponto: o BejaMerece+ precisa de ser mais afirmativo e mais assertivo.

    E tb acho que esta direção devia colocar um prazo à sua estratégia. Ou seja, se se provar que foi errada, devia demitir-se. Se no fim desta legislatura nada ou quase nada das reivindicações do movimento tiverem sido satisfeitas, tem que dar lugar a outros, se os houver.

    Penso eu de que…

  15. João Espinho diz:

    @freitas- “se os houver”. Você quer?

  16. Freitas diz:

    @João Espinho

    Não, João Espinho não quero. Não tenho vida para isso.

    Mas se não houver jovens com disposição de se chegarem à frente e de lutarem pelo futuro de uma cidade que vai ser, que já é, a deles, sinceramente acho que não vale a pena.

    Mas para isso, também é preciso que os mais velhos façam alguma pedagogia e sobretudo não se agarrem às suas ideias e posições. É preciso outra dinâmica e fazer os jovens sentirem-se úteis nesta luta, ouvi-los e sobretudo saberem o que eles querem para a cidade, que certamente será muito diferente do que senhores de 60 ou 70 anos querem.

    Se calhar para um jovem é mais importante uma ligação à internet de alta velocidade do que um comboio a chegar a Beja. Se calhar é mais importante um viveiro de startups do que uma autoestrada. Não sei se é ou não. Estou apenas a dar exemplos. Mas é preciso ouvi-los. Não é pensar na Beja que as gerações mais velhas gostariam de ter. E essa é uma crítica que faço: acho que muitas ideias que o BejaMerece+ são completamente anacrónicas.

    É uma pena, mas é o que penso.

  17. Miguel C L diz:

    @Freitas

    É o que dá ter um movimento dirigido por soixante-huitards recauchutados que não vão ao encontro de gente mais jovem (repito: vão ao encontro, o que não é apenas ficar à espera que apareçam) e que acham o protagonismo e a direção do rumo das coisas é deles por alguma espécie de direito divino ou de antiguidade de participação nas coisas da cidade.

  18. Freitas diz:

    @Miguel C L

    Dou-lhe razão em muito do que diz. Mas essa sua maneira de entrar a matar contra as pessoas não faz de todo o meu género e faz com que a sua contribuição deixe de ser construtiva e passe para o campo do insulto. E é pena.

  19. canguru diz:

    Fora de rabo tapado para a Europa enc«her as ilhargas de mordomias…a convite da deputada do Psd…depois dizem que são independentes…não duram muitos dias…

  20. Gamforino diz:

    Foram todos de rabo ripado caminho das mordomias da Europa…encher as ilhargas a pala do Zé Povinho…a convinte de uma deputada do PSD…depois dizem que são independentes BMM0= PSD BEJA.