Nov 16 2019

O estado da saúde em Portugal

Publicado por as 18:15 em Geral

São alguns sintomas de um Serviço Nacional de Saúde doente que o Expresso conta na edição deste fim de semana: uma pediatra esteve a ver 70 crianças entre as 8h e as 20h e acabou numa crise de choro por ter medo de errar as doses a administrar às crianças devido ao cansaço

Share

4 Resposta a “O estado da saúde em Portugal”

  1. Ricardo T. diz:

    Amigo João passou-te despercebida esta noticia do DA
    https://diariodoalentejo.pt/pt/noticias/8677/joao-guerreiro-e-mandatario-de-montenegro-por-beja.aspx

    Ai o PPD/PSD como anda…

  2. João Espinho diz:

    @ricardo – não passou; só comentei entre amigos. Já aqui o escrevi: o PSD no distrito de Beja é um partido irrelevante, não obstante existirem Carlos Moedas e Graça Carvalho.

  3. Ricardo T. diz:

    João, não achas que isto é importante?
    “Gonçalo Valente considerava “impensável” a perda do deputado por Beja: “Se já temos pouca expressão e uma voz diminuta, perdendo essa voz ficamos sem nada”.

    “[Se] a sua estratégia falhou, porque razão faltando à palavra dada não veio o presidente da distrital assumir a sua responsabilidade perante o partido e os eleitores?”, questiona João Guerreiro, apelando a uma “reflexão profunda” sobre o futuro do partido na região. “Não se trata de questões pessoais ou de grupo. Apenas reconhecemos a impreparação [de Gonçalo Valente] para conduzir e representar os interesses políticos dos social-democratas no Baixo Alentejo e de defender consequentemente o nosso distrito”, acrescenta o mandatário de Luís Montenegro, segundo o qual “é necessário e urgente voltar a unir o partido”.

    Tens medo de dar voz ao João Guerreiro?

  4. João Espinho diz:

    @ricardo – medo do quê? De quem? Não me façam rir. Essa guerra não é a minha, e só me meto em guerras quando quero e me apetece.

Deixe Uma Resposta