Out 16 2019

A minha cidade

Publicado por as 11:47 em A minha cidade

É inútil endossar culpas a só uma das partes.
Basta um pequeno esforço de memória para nos recordarmos que, há 4 anos, os argumentos eram precisamente iguais aos de hoje. De um lado (os do regime) dizia-se que a culpa era dos incivilizados munícipes. Do outro (opositores ao regime) dizia-se que a culpa era da autarquia , que não cuidava da limpeza da cidade.
Hoje há um facto que não precisa de argumentos: a cidade está cada vez mais suja. E contra factos não há argumentos.

foto: do facebook

Share

11 Resposta a “A minha cidade”

  1. Ecce homo diz:

    Este problema não é circunstancial ou meramente político. É mais endémico e cultural do que outra coisa! Não adianta este discurso de empurrar responsabilidades para a gestão A ou B, porquanto o problema é de todos nós ao mesmo tempo.
    Nesta foto apresentada, e que se presume servir de pedra de toque, vê-se um Molok de lixo indiferenciado (ou orgânico se se quiser) com resíduos de cartão ao lado. Uma pergunta se impõe- há Ecopontos no local, destinados a resíduos recicláveis (papel, cartão, plásticos, vidro, etc.) ou não?…É que se existem, trata-se apenas de preguiça e javardice pura! Se não existem, não será certamente sítio para depositar lixo (ao menos no contentor, que o esforço não será sobre-humano). Até pode acontecer que a cidade ande mais conspurcada, ou produza hoje mais lixo do que alguns anos (coisa até natural), mas seria importante perceber como é que funciona a recolha camarária, para se aferir da eficácia do serviço. Eu pessoalmente, não consigo tirar as devidas ilações, sem essa informação, porque não quero correr o risco de contribuir para a desinformação ou alimentar polémicas estéreis.
    É necessário entender em primeiro lugar o que se passa!

  2. Lélia Pestana diz:

    É verdade que não se pode deixar também de culpar os munícipes.
    Quantas vezes os contentores ainda estão a metade da sua capacidade de lixo e vemos o lixo no chão.
    Nessa foto parece-me tratar-se mais de papelão e esse não é o contentor próprio para ele.
    Mas, passando à cidade suja e que é uma realidade que já todos comentam não só referindo-se as zonas dos contentores.
    Trata-se de tudo.
    A limpeza tem estado fora das preocupações desta governação camarária.
    Já  não sei se é por falta de funcionarios ou pela má distribuição dos serviços.
    Ainda ontem uma senhora cortava com uma máquina as ervas numa determinada zona.
    Hoje fiz o mesmo caminho e sim, é verdade as ervas foram cortadas mas ficaram à espera que sequem porque quem as cortou não as apanhou, ficaram onde foram parar com o impulso que a máquina provoca no corte.
    Mas voltando aos contentores, pelo menos na minha zona, uma zona “nobre” da cidade mantém-se imundos.
    Houve há muitos meses, muitos até, que alguém da Câmara respondia a um comentário meu sobre a falta de limpeza dos contentores :  ” sabe é que a máquina de limpeza foi a arranjar em maio “.
    Respondi-lhe que se tinha ido em Maio então devia ser de um Maio de um outro qualquer ano porque durante este mandato eu ainda não a vi em serviço não só  na minha zona nem em alguma das outras por onde passo.
    Felizmente as chuvas não tratarão e, no que toca a limpeza exterior dos contentores, o problema ficará em parte resolvido.

  3. valentim diz:

    Confesso que esta coisa do lixo ao pé dos contentores me causa náusea e repugnância! se fosse merda de cão (apesar de igualmente imunda) ainda tolerava, agora esta manifestação de abandalhamento cívico é que é bem mais preocupante!
    Apetece-me invocar Pessoa: “Há muitos em quem o desasseio não é uma disposição da vontade, mas um encolher de ombros da inteligência…Há porcos que repugnam a sua própria porcaria, mas se não afastam dela, por aquele mesmo extremo de um sentimento, pelo qual o apavorado se não afasta do perigo”.
    Porra.

  4. hpalma diz:

    Acho caricato esta atitude de alguém sair de casa e se deslocar aos contentores com o lixo para o depositar… no chão! Essa cena de desmontar caixas de cartão e enfia-las na ranhura é uma tarefa de engenharia para essas cabeças rudimentares. Sugiro que as comecem a deixar logo à porta de saída de suas casas, que dá menos trabalho assim, para que pelo menos possamos identificar os meritíssimo cidadãos. (que devem ser o mesmos que passam a vida a reclamar de tudo)

  5. João da Mota diz:

    Valentim, como diz “…;se fosse merda de cão (apesar de igualmente imunda) ainda tolerava…” sic… Aconselhava-o a ir dar uma vista de olhos, onde hoje por mero acaso tive que passar. Nas traseiras do Centro de Saúde de Beja que fica junto à Segurança Social.
    Vá lá, e depois diga se ainda mantem a mesma afirmação.

  6. João Espinho diz:

    @mota – faça aqui um resumo, sff.

  7. Anselmo diz:

    resumindo e concluindo :
    falta de civismo
    falta de capacidade da CMB na limpeza
    falta de vergonha dos donos dos caezinhos que cagam em tudo o que e sitio

  8. Mike Fox diz:

    FALTA DE EDUCAÇÃO dos munícipes,falta de organização das equipas de limpeza da Câmara que não funcionam em quantidade e qualidade necessária.

  9. João da Mota diz:

    J. Espinho: já que se trata de um fotografo de qualidade, e uma imagem vale mais que mil palabras, aconselhava-o se pudesse a se deslocar ao local.
    Trata-se de dois canteiros num terreno em declive do que já foi um pequeno jardim relvado, mas que agora na sua quase extensão está em terra batida. Que como disse, se encontram nas traseiras do Centro de Saúde de Beja, junto à Segurança Social.
    Pelo que quando se passa pela pequena estrada que os ladeira e que vai dar ao parque de estacionamento da Segurança Social, deparamo-nos com uma visão brutal dos dois canteiros completamente repletos de dejectos caninos.
    Ou seja, devem ser o “cagadouro” daquela zona da cidade.

  10. Ressabiado diz:

    Se quiserem ver uma cidade limpa e branca venham a Serpa! Aqui sim… o executivo é cdu e a organização das equipas de limpeza (que funcionam em qualidade e quantidade) é excelente. Nada de lixo, de cocós de cão, de cheiros, de ervas por tudo quanto é sítio. Uma belezura!

  11. hpalma diz:

    Para quem tiver interesse..

    https://www.terra.com.br/diversao/arte-e-cultura/o-que-o-japao-tem-a-nos-ensinar-sobre-limpeza,064621c72ad22977621fe30d6c53aecdayh2vq7z.html?fbclid=IwAR3wKoAjgsGeaHvF2Dl7XimDXK_05DBWoqxjqoUVQK4GDuCnawVpLHbLtyQ