Jun 27 2019

Paulo Arsénio prova a primeira derrota

Publicado por as 15:11 em A minha cidade

A Empresa que Paulo Arsénio pretendia criar, conjuntamente com outros camaradas autarcas socialistas, foi ontem chumbada na Assembleia Municipal de Beja. Isto é, a tal gestão integrada, que poria fim ao actual modelo de gestão da água, foi por água abaixo. Não sei se a ideia foi parar aos esgotos, mas agora é tempo de ouvir as lamúrias de quem tem vivido numa “bolha de felicidade” e, de repente, alguém lhe espeta com um alfinete. É a vida democrática e Paulo Arsénio está habituado a ela.
Porém, espero que Arsénio aprenda a lição e comece a ouvir as pessoas, e não copiar o seu antecessor no que este teve de mau.
Ainda não estamos a meio do mandato mas há já sinais evidentes de qual é a opinião das pessoas sobre o actual executivo. Basta ouvi-las (não, não são as lambidelas no Facebook).

(leia aqui a notícia)

Share

14 Resposta a “Paulo Arsénio prova a primeira derrota”

  1. PI-RI-LAU diz:

    Quem provou a derrota foram os Bejenses e principalmente os trabalhadores do EMAS. Ainda recentemente foi realizado um emprestimo de 2 milhoes para suportar as necessidades da EMAS e é publica a divida às Aguas de Portugal… se infelizmente esta empresa vier a ser extinta ou a ter que fazer cortes em pessoal será bem pior. Cá estaremos para ver.

  2. João Espinho diz:

    @piri – Paulo Arsénio confirmou: ” A EMAS será extinta” (sem despedimentos e que os trabalhadores regressariam ao município ou seriam integrados na nova estrutura empresarial”. Isto era no caso de haver a tal nova empresa. Há sempre uma solução, segundo PA. Mas a situação financeira da EMAS está assim tão mal? Não parece.

  3. Maria Flores diz:

    Derrota politica clara de PA e do seu Partido , por clara incompetência politica e arrogância. PA e seus muchachos não tiveram a inteligência de negociar com a oposição de forma a conseguirem fazer passar em AM o pretendido.o PSD mais uma vez completou o ridiculo ao abster-se porque estava cheio de pena dos funcionarios do PCP/EMAS.
    Ainda mais ridiculo são as intervenções de PA via Facebook.

  4. Ecce homo diz:

    Cara Maria Flores:

    Mais do que uma derrota do PA (que não foi), o resultado da votação em AM, não deve surpreender ninguém!….
    O PSD já se sabia a posição que iria tomar, o PS tb pela iniciativa do assunto em discussão, o PCP como era sabido, iria votar contra, porque já tinha expressado essa posição nos diversos canais de comunicação, em tempo oportuno! A isto chama-se democracia, à falta de outros predicados, quer se goste ou não! E ainda bem que assim é.

  5. João Espinho diz:

    @ecce- duas questões:
    A posição do PSD era conhecida? Através de que canais foi antecipadamente divulgado o sentido de voto do deputado do PSD?
    É, obviamente, uma derrota do PS de Beja, presidido por…Paulo Arsénio. Quando não se tem capacidade de diálogo, acontecem estes contratempos. Outros se seguirão.
    Bem, mas hoje começa o Festival e não há tempo para carpir mágoas.

  6. Maria Flores diz:

    @ecce- fico estupefato com o seu post. O que seria então uma derrota de PA ? Levar uma sova dos seus camaradas de Partido em plena AM ? Digo mais , foi uma derrota clara de PA e do PS em todo o Distrito.
    Essa do sentido de voto do PSD ser antecipadamente conhecido !!!! Mais uma fake

  7. Mike fox diz:

    Devo dizer em abono da verdade que se alguém conhecia o sentido de voto do PSD,eram os companheiros de partido que estiveram na reunião da comissão politica da secção que se reuniu na noite anterior para discutir e decidir o sentido do voto do PSD.Isto porque as tomadas de posição na Assembleia Municipal não podem ser unilaterais dos deputados,mas decisões discutidas e decididas no partido.
    Mais,o PSD lançou na assembleia o desafio para que fosse referendada a pretensão,dando assim a voz aos cidadãos.
    Aqueles que tanto falam,e nada fazem tem aqui uma possibilidade de se exprimir,unam as vozes exigindo que seja feitio um referendo
    https://www.radiopax.com/psd-beja-quer-refendo-local-sobre-adesao-a-aguas-do-baixo-alentejo/

  8. João Espinho diz:

    @mike- onde escreveste exigindo devias escrever sugerindo, ou propondo. O PSD em Beja tem legitimidade mas não tem força para exigir. Fico a aguardar a evolução dessa proposta. E os esclarecimentos sobre a posição do PSD nesse referendo. A abstenção não esclarece nada. Abraço.

  9. belo diz:

    Carrega Festival B : http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/709411 . 209 mil euros.

  10. João Espinho diz:

    @belo – só? Esta será só uma parte da teta da freira. Digo eu.

  11. mike fox diz:

    São todos os cidadãos que tem o direito de exigir que seja feito um referendo.O PSD sugeriu isso na assembleia,pela voz do deputado presente,e na comunicação social pela voz do Presidente da Comissão Politica de Secção de Beja.Cabe agora a quem de direito de ter a coragem de avançar com a consulta publica.
    Uma questão como esta que é estruturante para o fornecimento de um bem básico tão importante como é o da égua deve ser bem debatida e para tal a informação tem de chegar atempadamente às pessoas; aos munícipes a quem devem ser devidamente explicadas todas as alterações futuras(incluindo os custos) e aos eleitos que irão votar a proposta.Sem isso não é possível em consciência tomar uma posição.No PSD Beja isso foi discutido em reunião no dia antes da Assembleia Municipal e foi tomada a decisão de nos abstermos.

  12. Cravo diz:

    @Belo — mais 209 mil mocas para a empresa Barnabe ?????
    Grande Soror Mariana que consegues distribuir uns duros pela maquina montada.

  13. Rosário diz:

    Daquilo que já se sabe sobre o Festival B é de ter em conta mais 33 mil euros para som e 21 300,48 euros para segurança e vigilância. As despesas estão a sair fraccionadas para iludir os mais desatentos. Talvez o presidente da autarquia utilize o Facebook, como de costume, para apresentar as contas detalhadas. Não deixaria de ser curioso perceber quanto ganham os artistas e quanto fica para o… B.

  14. HZ diz:

    Expliquem como organizam eventos culturais sem gastar dinheiro!
    Ou funciona tudo à base de candidaturas para festinhas medíocres de artistas de esquerda que ninguém conhece?!!