Mai 18 2019

Os algoritmos do PS

Publicado por as 13:38 em A minha cidade

Não tenho tido muita disponibilidade para comentar a movida política bejense. A coisa tem estado animada e divide-se em várias frentes.
Vamos lá ver se consigo “descascar” a coisa.

1 – O PCP (os eleitos da CDU na Freguesia Santiago/S.João) comemorou o 1º de Maio emitindo um comunicado, publicado na rede Facebook, com o título “Abandono e sujidade: segundo o Presidente da Junta, a responsabilidade é da Câmara Municipal“. A coisa foi ilustrada com mais de uma dezena de fotografias onde se pode constatar que as ruas de Beja foram invadidas por um vasto manto de ervas, denotando desleixo na limpeza das mesmas. Aqui o algoritmo comunista funcionou sem mentiras. Não sei se o algoritmo de Paulo Arsénio reagiu, mas a corte socialista não perdeu tempo e culpou os os moradores por não tratarem dos espaços em frente às portas das suas casas. Eu dei o meu contributo para a limpeza (aqui), não sei se algoritmo do blog é considerado venenoso, mas tenho a certeza que as ervas não voltaram a nascer.
2 – O algoritmo das papoilas que invadiram o Forum romano de Beja deu muito que falar. O artigo de Carlos Dias publicado no Público a 29 de Abril era bem claro: “Os alicerces do templo que obrigou a reconfigurar a história de Beja estão abandonados. Desde a sua redescoberta em 2008 sofreu mais estragos que nos 2000 anos anteriores”.
O algoritmo do Público seria falso? Para o CDS, a coisa teve eco em 15 de Maio. É um algoritmo lento, adormecido, inconsequente. É o algoritmo das eleições. Será um algoritmo de desinformação? Também os vereadores da CDU, sobre este mesmo assunto, colocaram questões pertinentes ao edil presidente. Não sei se as questões foram feitas de viva-voz, o que lhes daria um algoritmo mais credível, mas sei que também o Diário do Alentejo, em papel, para evitar os algoritmos falaciosos das redes sociais, não poupou Paulo Arsénio, lançando uma farpa envenenada quando escreve: “o Diário do Alentejo enviou ao Presidente da Câmara de Beja, no passado dia 8, um conjunto de perguntas relativas ao assunto, (…) não obtendo qualquer resposta”. Qualquer cidadão atento percebe que aqui há gato.
Obviamente que Paulo Arsénio, não o presidente mas o chefe do Gabinete de Informação (já aqui escrevi que é um enormíssimo erro Arsénio ser o “cabo” do grupo, da panóplia de indefectíveis, esvaziando de competências um gabinete de informação/comunicação da CMB), obviamente, dizia eu, Arsénio não se poupou em caracteres e cifras para, utilizando o algoritmo do Facebook, dizer que é tudo falso e que a culpa é dos comunistas que o antecederam, é dos arqueólogos que almoçam e não trabalham, etc, etc…
3 – Para terminar, que a prosa vai longa, destaco o editorial de Luís Maneta, director do Diário do Alentejo. O título “alvitres” encerra um ataque às redes sociais, blogues, sites na Internet, tudo o que funcione com base em algoritmos, tudo que não seja comunicação social credível, seja lá isso o que for. Diz o Director do DA que devemos distinguir ” o que são órgãos de comunicação social, regidos por regras deontológicas, e páginas de Internet movidas por interesses políticos e ideológicos ou por vaidades pessoais”. Brilhante! Deixo uma questão a Luís Maneta: a sua chegada ao DA não teve como base interesses políticos e ideológicos e a vaidade pessoal de alguns dos algoritmos socialistas?

Share

4 Resposta a “Os algoritmos do PS”

  1. Maria Flores diz:

    Que terrível falta de imaginação tiveram os tubarões do PS do Baixo-Alentejo de irem buscar um novo Director do DA ao Alto-Alentejo. Não existiria na nossa terra um Jornalista com capacidade e competência para pegar no DA ?
    Através dos números do DA publicados sobre a direção do Sr. Maneta já se constatou a sua incompetência e sectarismo politico.Os barões do PS já estarão felizes ? O Sr Pedro do Carmo finalmente já consegue meter a “pata” no que o jornal deve ou não publicar ?

  2. Benfas diz:

    Falta aqui o 4° algoritmo, ainda mais surreal. O presidente da câmara a vitimizar-se no Facebook por ter sido acusado de impedir os carros no bandeirante, na festa do 37 e da reconquista. É caso para dizer, quem usa e abusa do face arrisca-se a isso e a muito mais. Vira-se contra ele tanto post por tudo e por nada. Esquece que há muitos eleitores que nem Internet têm.

  3. Benfiquista diz:

    Surreal é a facilidade com que se escreve sobre algo sem ler bem o que se escreveu.

    Pelos vistos está tudo muito atento aos faces uns dos outros, depois há os que tem algo para dizer e os que estão à espera para criticar.
    Até ai tudo certo.

    O que não percebi é o raciocínio de que depois de ser vitima de uma mentira, em que haviam pessoas a jurar a pés juntos que de fontes seguras tinha sido o presidente da câmara a dar a ordem do fecho da avenida para os carros, o mesmo presidente ao denunciar essa mentira está a fazer-se de vitima.

    ??????

    Gostava de ver se quem pensa assim, no dia em que surja uma mentira sobre os mesmos no face ou noutro lado qualquer, vão ficar caladinhos para não se vitimarem.

    Os algoritmos estão ai, mas foram tomados pelas mentiras.

  4. João Espinho diz:

    @quista- escrevi uma longa prosa e só lhe ocorre responder a um comentário? Vá, esforce-se, você chega lá.