Arquivo de Janeiro de 2019

Expliquem-me lá…

18 de Janeiro de 2019


Então eu estou a financiar uma obra? Os munícipes estão a pagar por uma coisa que não existe? Sim, a EMAS cobra aos munícipes para financiar obras… onde é que isto vai parar?

Share

Antes de o ser já o era

14 de Janeiro de 2019


De acordo com notícia da RPax, Luís Maneta será, a partir de 1 de Fevereiro, o novo director do Diário do Alentejo.
O blog Praça da República sabe, de fonte pouco segura, que um dos primeiros trabalhos de LM no DA, será um documentário em vídeo com as conversas tidas entre o próprio e quem o convidou para substituir Paulo Barriga.
É caso para dizer que o DA vai ser um sucesso junto dos apaniguados do PS. Ou estarei enganado?

PS: aproveito para dar os parabéns ao Luís Maneta e desejar-lhe sucesso e capacidade para não transformar o DA num boletim municipal.

Share

Terras sem Sombra 2019

14 de Janeiro de 2019

O Terras sem Sombra une, de forma inédita, a música ao património e à biodiversidade, e caracteriza-se por associar, à exigência da qualidade, uma programação de cariz internacional. Tem por palco o Alentejo, uma das regiões onde mais se faz sentir o peso da identidade, e o evento não se limita a trazer o mundo ao seu território leva também o Alentejo ao mundo.

A edição de 2019 tem, como país convidado, os Estados Unidos, e traz a Portugal destacados intérpretes do outro lado do Atlântico, assim como uma programação, que faz uma radiografia da música norte-americana, do século XIX à criação mais recente. Estão previstas estreias, integrais ou europeias, de alguns dos mais importantes compositores americanos da actualidade.

O Terras sem Sombra começa a 26 de Janeiro na Vidigueira e conta com quase 50 actividades, entre concertos, conferências, visitas ao património e acções de salvaguarda da biodiversidade, em 13 cidades: Vidigueira, Serpa, Monsaraz, Valência de Alcântara, Olivença, Beja, Elvas, Cuba, Ferreira do Alentejo, Odemira, Barrancos, Santiago do Cacém e Sines.

Share

Movimentado

14 de Janeiro de 2019

Normalmente, este assédio, só se dá nas vésperas de autárquicas.
Aproveito para informar que, durante este ano, vou levar a cabo algumas actividades para “festejar” os 16 anos de blog.

Share

Correio Alentejo

13 de Janeiro de 2019

Share

Diário do Alentejo

12 de Janeiro de 2019

Share

Bom fim de semana

11 de Janeiro de 2019


foto: stefan beutler

Share

Está mal

11 de Janeiro de 2019

Num dos seus recentes posts no facebook, a propósito de investimentos contemplados no PNI 2030, Paulo Arsénio puxa para si ( e seu executivo) a exclusividade dos louros desta conquista (ainda sujeita a aprovação na AR).
Tenho vindo a notar que o Presidente da CMB vive numa bolha de felicidade, anunciando diariamente uma quantidade de obras e arranjos, dourando um panorama que, só não vê quem não quer, está longe, muito longe, de ser famoso.
Neste caso Paulo Arsénio é, deliberadamente, injusto. Ignorou, de propósito, todo o trabalho feito por cidadãos anónimos, em torno do Beja Merece+. Paulo Arsénio deixou de ouvir os bejenses, refugiando-se num círculo de aplausos – a tal bolha de felicidade – que o transporta para uma cidade imaginária. Já não faltam muitos anos para acertar as contas eleitorais. Lá estaremos todos para recordar a PA que a falta de humildade é julgada nas urnas.

Está mal, Paulo Arsénio. Muito mal!

Share

Ainda sobre o Diário do Alentejo

8 de Janeiro de 2019

Sindicato dos Jornalistas pede audiência à CIMBAL
Em comunicado, o SJ refere que em causa está a forma como decorreu o concurso para diretor do único jornal com financiamento público do país.

Destaco:

“Por outro lado, e mais grave, o júri do concurso (três pessoas) foi constituído exclusivamente por militantes do Partido Socialista – o que é público e passível de ser confirmado nas páginas oficiais das Câmaras Municipais.
O SJ está, como é evidente, a favor da realização de um concurso público para escolher o diretor do jornal Diário do Alentejo – prática que foi utilizada para contratar o diretor cessante, Paulo Barriga –, mas de um concurso público que o seja efetivamente e que tenha como fim último concretizar uma informação independente do poder político, tenha ele a cor que tiver.”
Pode ler aqui o comunicado na íntegra.

Share

Um apelo de leitor

7 de Janeiro de 2019

Um leitor deixou o seguinte comentário, que destaco:

“J. Espinho, peço licença para usar o teu blog, para que de forma pedagógica faça sentir às pessoas que andam a passear os seus canídeos na zona das piscinas descobertas. Que ao menos, e já que não recolhem os seus dejectos, evitem que eles os façam mesmo no meio das passadeiras vermelhas recém-construídas.
Não é necessário dar tanta visibilidade a tamanhas “obras de arte”. Que não só não valorizam os referidos passeios, como contribuem para o estado deprimente em que se encontram as ruas e a própria cidade.
Seria bom, já que as autoridades locais nada fazem nesse sentido, que os militantes ou simpatizantes do P.A.N. na região e sobretudo o seu “braço armado” o I.R.A. se interessassem pelo assunto.”

Share

Fotografia

7 de Janeiro de 2019


foto: joão espinho

Share

Cinzeiro

6 de Janeiro de 2019


foto: joão espinho

Share