Dez 04 2018

ULSBA – o que se passa?

Publicado por as 21:07 em A minha cidade

Consta que o Conselho de Administração da ULSBA, entre demissões e baixas, está reduzido a 3 elementos. Alguém sabe o que se passa? E a comunicação social local está silenciada?

Share

8 Resposta a “ULSBA – o que se passa?”

  1. João da Mota diz:

    J. Espinho, não é preciso pensar muito para perceber porque é que as pessoas estão saindo. Aliás, todos nós os que estamos conscientes do que se passa na nossa cidade e na nossa região, já sabemos de antemão que também terá repercussões no futuro do hospital e dos serviços de saúde na região.

  2. PL diz:

    E sobre a água que sai das nossas torneiras?? Alguém sabe o que se passa?

  3. João Espinho diz:

    @pl – teremos que consultar os resultados das análises.

  4. Jorge Vicente diz:

    A água que é servida em garrafas de vidro com design de autor, na Cimbal, é da torneira!…Ao que alguns dizem é de qualidade, e própria para consumo. A origem é sempre a mesma. Ou é de qualidade ou não?…as análises são com certeza favoráveis (até se adivinha), portanto ou nos andam a enganar, ou andamos com as papilas gustativas alteradas!

  5. João Espinho diz:

    @vicente – na minha casa a água da torneira é intragável. Como é no Centro Histórico tem … como posso dizer … mau sabor.

  6. Virgulino diz:

    Metam água no assunto, mais uma vez…

  7. João da Mota diz:

    Também eu não consigo beber a água da torneira de Beja. Certamente não devido à sua qualidade organolética, que não ponho em causa. Mas sim, a seu sabor, que não consigo suportar.
    Pelo que tomei a drástica decisão de deixar de beber cafés fora de casa, para que com o que aí poupo, beber água engarrafada do Lidl.
    Como agora se diz. Temos pena … dos donos dos cafés.
    É a vida…

  8. PL diz:

    @ espinho – basta ir ao site da EMAS e consultar. depois tire as suas conclusões.