Dez 19 2018

PS vai liquidar o Diário do Alentejo?

Publicado por as 19:50 em A minha cidade

Factos:
1 – Paulo Barriga termina o contrato, como Director do DA, no final de 2018;
2 – O Partido Socialista (PS) tem a maioria do Municípios que constituem a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL);
3 – A CIMBAL lançou um concurso para “Aquisição de Serviços para Direção do Jornal Diário do Alentejo”, publicado em Diário da República no dia 17/12/18 (ver aqui);
4 – O PS não controla editorialmente o Diário do Alentejo.

Deixo aqui, por isso, umas questões:
1 – Pretende o PS colocar na Direcção do DA um amigo socialista?
2 – O factor de ponderação (20%) na realização de vídeos, nos critérios de adjudicação, significa que já está escolhido o novo director?
3 – O PS pretende transformar o Da num pasquim, tal como o PCP o fez durante décadas?

Vamos estar atentos a esta, já tradicional, vontade do Partido Socialista em controlar os órgãos de comunicação social.

Share

12 Resposta a “PS vai liquidar o Diário do Alentejo?”

  1. Graça Divina diz:

    O anúncio do concurso tem assinatura do Pedro do Carmo, desculpem, do Fernando Romba. Confundo sempre os dois e porque será isto?

  2. Monteiro diz:

    Estou para ver se sera o Barnabe o novo Director do DA.

  3. João Espinho diz:

    @monteiro- não, tem que estar habituado a câmaras de video/filmar/tv e, de preferência, com ligações a Évora:-)

  4. João da Mota diz:

    Se como bem diz, J. Espinho. O Partido Socialista (PS) tem a maioria dos municípios que constituem a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL). E a CIMBAL controla o Jornal Diário do Alentejo.
    Pelo que é mais do que natural que à sua frente queiram colocar alguém da sua confiança politica. Aliás, foi sempre o que a CDU fez quando lá esteve em maioria.
    E julgo que Paulo Barriga, ao ganhar recentemente um prémio para uma bolsa de estudo para formação, não foi por mero acaso. Teve em principio que concorrer ao mesmo.
    Vêm aí eleições importantes, e o governo do PS nada tem feito por esta região. Logo o Diário do Alentejo é muito importante como instrumento politico para tudo o que aí vem.

  5. piri-lau diz:

    Desculpem, mas neste momento a CDU controla o Diario do Alentejo, basta ver os jornais de ha um para trás e os de agora.
    Agora é um ataque serrado as autarquias PS… mas é normal pois segundo consta no dias das eleiçoes autarquicas o PB e o JR até jantaram juntos, e todos conhecemos a cor politica do PB… Infelizmente é assim, porquereconheço no PB um grande profissional, masque se está a meter a jeito…
    Boas Festas

  6. Bomba DA diz:

    Querem ir buscar um director que não só é de Évora como ainda por cima é Maneta.

  7. Sol diz:

    É bom esclarecer e ter memória.
    O Paulo Barriga, entrou por concurso ou não para a direção do D.A. na 1a vez em que o PS liderou através do Jorge Pulido Valente, era o responsável máximo do órgão que gestão do órgão de informação e da autarquia de Beja ?
    Não é correcto levantar falsos testemunhos de realidades opostas quando os comunistas estiveram lá quase 40 anos e foi um pasquim tentáculo ideológico, na maior parte do seu tempo de vida.

  8. João Espinho diz:

    @sol – o que são falsos testemunhos? Que o PS está tentar meter um “amiguinho” na direcção do DA? 🙂

  9. Memória de ilfanti diz:

    Tudo normal, portanto.
    Para quem se esqueceu da definição do PS (segundo um seu dirigente): “quem se meter com o PS leva!”

    Calhou agora ao Paulo, já tinha calhado a outros.

  10. Sol diz:

    @ João Espinho

    Então vamos a factos indesmentíveis, via ” fonte ” do interior do próprio Diário do Alentejo:

    – Paulo Barriga foi contratado por períodos por Jorge Pulido Valente e por João Rocha, em nome da AMBAL e CIMBAL.

    – Termina contrato neste final de ano e foi sondado para passar ao quadro como Técnico Superior e negou a proposta.

    – Porquê ? Porque falar dos outros desfavorecidos é uma coisa e ser premiado com este vencimento é outra bem diferente.

    – É simples contratado ganhava quase de 3.000 € mensais e passando para o quadro não chegaria aos 2.000 € mensais.

    – Dois colegas do Diário do Alentejo, um fotografo e outro da redacção em contrato, aceitaram passar para o quadro sem polémicas.

    – Mais, o ainda actual director apresentou contra-proposta de aumento face ao que está a ganhar, daí a nega e o novo concurso.

    Afinal ” a montanha pariu um rato “, o problema não era de saneamento político mas sim de finanças pessoais de Paulo Barriga.

    Os falsos testemunhos estão respondidos, em relação ao concurso todos são livres de se inscreverem até terminar o prazo, conforme texto do DR, depois do aceite das candidaturas, analisar, entrevistar, avaliar e finalmente decidir.
    Ainda vai correr muita água debaixo das pontes até existirem decisões, tudo o resto é direito de opinião livre e intuições / palpites do futuro.

  11. Paulo Barriga diz:

    @Sol
    Para que uma mentira repetida várias vezes não se torne uma verdade fabricada, apenas quero esclarecer o seguinte:
    É falso que alguma vez me tenha sido proposto a integração na Címbal, seja para o mapa seja por qualquer tipo de contrato laboral.
    E quanto a rendimentos é também falso o valor apresentado uma vez que depois de impostos o meu ordenado ronda os 1500€ a recibos verdes e sem qualquer proteção social. Nunca apresentei qualquer proposta de aumento de ordenado ou de outra. Nem nunca fui contactado pela Cimbal nesse sentido.

  12. Luís Palminha diz:

    Muito gostava eu de saber quem é este ou esta anónima que usa esta casa sob a alcunha de SOL.

    Dar a cara que é bonito, continua a representar um problema.

    Ainda bem que o Paulo Barriga veio aqui desmentir alguma suposta informação privilegiada.

    Quero muito abordar o tema no beja.blog, mas irei aguardar pelo desfecho para lhe dedicar umas linhas.