Nov 01 2018

A virilidade do Pauzinho

Publicado por as 16:42 em A minha cidade

Parece que andou por Viseu, Portalegre e Évora. Há poucos meses aterrou em Beja, para tentar limpar o trabalho da DORBE/PCP e recuperar os eleitores perdidos. Como cartão de visita, em vez de limpar, mandou sujar. Poderia ter sido em Serpa, Alvito ou Vidigueira. Não! Tinha de ser em Beja, pois a derrota de 1 de Outubro de 2017 ainda está viva e não há forma de ser digerida. Poderia ter sido o rosto do João Rocha ou de outro camarada da Rua Ancha, mas não, optou por mandar uns jovens pintar as barbas do Marx que, como se sabe, é uma figura muito querida dos regimes democráticos.Pauzinho mostrou, assim, ao que vinha.
Como estas coisas de pintar muros não é para todos – veja-se a foto e avalie-se a “arte”, os comunistas decidiram “sujar” uma parede que tinha sido recuperada nos tempos do camarada Chico Santos.
O actual executivo, socialista, não gostou da cagada e mandou limpar a coisa.
Pauzinho, cujo nome em si já transporta alguma virilidade, não gostou e, em entrevista ao Diário do Alentejo, adianta que vai levar a coisa para os tribunais (agir judicialmente).
Num tempo em que o #MetToo aparece em cada esquina, em que o Ronaldo está enleado por um alegado excesso de virilidade, aconselhava o Pauzinho a moderar-se e a não mostrar tanto vigor, tanta potência, enfim, tanto tesão, contra o actual executivo. É que as próximas autárquicas são só em 2021, e não há homem que aguente tanto tempo com tanta força.

(pode ler a entrevista no Facebook aqui )

Share

6 Resposta a “A virilidade do Pauzinho”

  1. Sol diz:

    A letra da canção era do Zeca Afonso e só em parte aqui se aplica, face à necessidade de mostrar trabalho e fazer ” ruído ” noticioso.

    ” ELES COMEM TUDO E NÃO DEIXAM NADA “, cantava ele em relação à ditadura e pelos exemplos da ex-União Soviética …

    Este cavalheiro e alguns poucos dos seus pares comunistas escondem-se atrás da adolescência com pleno direito de opções ideológicas, para neles incutir um poder de iniciativa que eles cobardamente não têm coragem de assumir publicamente e serem eles a executá-lo.

    Que tal dar ideias de fazer diferente e fazer melhor ?

    Não conseguem e em virtude disso e apenas com 1 ano de exercício na autarquia PS, já andam loucos, não quero sequer pensar que estão envolvidos nos últimos actos de vandalismo, que estranhamente têm ocorrido de uma forma anormal pela cidade de Beja e que a PSP, consiga investigar e chegar a conclusões e as torne públicas, para o cidadão comum fazer a sua avaliação.

  2. Atento diz:

    Tem que mostrar serviço aos “chefes”, só as pazadas (leia-se vozes) não chegam ao céu.

  3. matriz diz:

    A Brigada Brejenev regressa a Beja com o Pauzinho. Este Pauzinho deve-se esquecer que estamos em 2018 e nunca em 1974/1975.Regressa a tua terra que nao es benvindo a Beja.

  4. Viriato diz:

    Depois de ler a entrevista no DA parece-me que não devemos começar já a jogar o Sr Pauzinho abaixo.
    Primeiro porque ele diz uma verdade simples, que é o facto de sem pessoas não haver futuro. Nesse aspecto até mostra abertura aos privados, quando fala na criação de emprego, quer por iniciativas publicas ou privadas.
    Seria interessante saber se a CMB fosse PC qual seria a disponibilidade na implementação de uma unidade hospitalar privada em Beja! Refiro isto numa alusão a uma opinião do nosso deputado João Dias, via redes sociais, em que mostrou o seu desagrado com tal iniciativa.
    Um tema à parte, que me chamou a atenção na ultima edição do DA, foi o editorial sobre a posição da FAP na vontade de implementar um curso de pilotos em Beja. Do pouco que conheço da FAP não me parece que tomem decisões com leviandade, deve ser uma posição que dependerá da localização do futuro aeroporto de Lisboa.
    Devo no entanto confessar que me custa ouvir criticas à FAP quando esta tem sido desde à muitos e saudosos anos um dos principais motores do desenvolvimento da cidade.
    Quanto à posição do Sr Pauzinho, no que diz respeito à vandalização de um bem publico, é tão ridícula que não acredito que algum advogado lhe jogue a mão….à queixa…não ao queixoso!

  5. E esta em... diz:

    Vem o homem de longe para por a casa em ordem (DORBE/PCP) e borra a pata logo à chegada!

    Deve ter pensado, vamos voltar ao tempo do “PREC” (ao tempo em que o PCP ganhava, só porque era uma espécie de tradição), pintamos uns murais, ameaçamos com acção judicial e se for preciso dá-se umas “pázadas”.

    Os camaradas cá do burgo induziram o Sr. Pauzinho em erro. Um concorda com os privados, numa perspectiva de desenvolvimento, depois vem o Sr. Deputado não concordar com o Sr. Pauzinho.

    Ai Sr Pauzinho, se continua assim… não chega a cacete!

  6. Antigo comunista diz:

    Este Pauzinho deve ser para queimar nas lareiras de Natal cá na DORBE do PCP, em Beja, por algum elemento local já em rampa de lançamento.
    Não acredito que no maior distrito de Portugal que é Beja, não exista um militante do Partido Comunista Português, com características e saber para desempenhar tais funções.
    Então o líder da oposição da C M Beja um tal de Victor Picado ( já que o João Rocha a maior parte das vezes não fala e falta muitas vezes às reuniões ), tão activo é nas redes sociais para fazer crítica destrutiva, não poderia desempenhar esse cargo ?
    É difícil engolir esse enorme sapo vindo do exterior e é o mesmo que desqualificar todos os que por cá andam a dar ao cabedal à bué anos e só servem para ser comandados por ordem lá do comité central e para lugares inferiores.