Ago 09 2018

Santana Lopes

Publicado por as 13:26 em Geral

Recordam-se das últimas directas, em que PSL foi derrotado? Recordam-se da mão que lhe foi dada, para não o deixar à solta? Lembram-se do que os seus indefectíveis diziam dele? Que estava mais maduro, mais responsável, mais estável, enfim, que se tinha feito um homenzinho?
Pois bem. PSL pode enganar-se a si próprio, pode enganar os rafeirinhos que têm, desde sempre, andado a lamber-lhe as partes íntimas, mas não engana os portugueses.
Não comento a sua saída do PSD. É um dos direitos que assiste a quem milita num partido onde não se sente bem.
Mas estou ansioso por ver a criação do novo Partido (PSL?) e os resultados que vai ter quando se sujeitar a sufrágio. Não será o fim de PSL, mas andará muito perto de o ser. Aguardemos.

Share

4 Resposta a “Santana Lopes”

  1. Monchique sem fogos - Cinco anos de garantia diz:

    A primeira vez que se sujeitar a sufrágio (se se chegar a sujeitar) e se Rui Rio ainda for Presidente, o PSL (Puro Sangue Lusitano -Partido Luso) vai “subtrair” 18 a 22% dos eleitores ao PPD. E ficamos por aí. O eleitorado do PSL vai corresponder a 1/5 dos eleitores habituais do PPD. Mas se o discurso for arrojado, talvez possa vir a ser 1/4 e talvez até mais uns pozinhos, arregimentados por aqui e por ali. Siga para bingo, que estamos curiosos acerca dos conteúdos.

  2. Américo diz:

    Este Senhor disse tudo:
    http://www.tvi24.iol.pt/videos/opiniao/psd-um-grupo-de-gatos-assanhados-a-arranharem-se-uns-aos-outros/5b68ae640cf282952f0379c8

  3. João Espinho diz:

    @Américo- sempre assim foi.

  4. Américo diz:

    A politica não só a nível nacional como a nível internacional está a mudar( e é bom sinal, sinal de vitalidade), cada vez menos faz sentido falar em esquerdas\direitas.

    Em relação ao PSD, temo que infelizmente o destino está traçado. O Rui Rio sempre disse o mesmo dele há muito tempo, não dúvido das suas capacidades, da honestidade, mas ao mesmo tempo da falta de carisma, da capacidade de convencer eleitorado. Vulgo o “pãozinho sem sal”.

    Olhe o Costa, um inábil na governação, sempre com aquele riso cínico, mas altamente perspicaz e com um killer instict notável.