Mar 19 2018

Então? Vamos assinar a petição?

Publicado por as 19:20 em A minha cidade

Clica aqui assina e depois valida com o link que vais receber por mail. Basta-te 1 minuto para seres diferente e melhor do que aqueles quer ignoram o nosso Distrito.
Aceitas o desafio?

Share

5 Resposta a “Então? Vamos assinar a petição?”

  1. Carlos d'Almeida diz:

    Já há umas cadeiras.
    Ali no reino das certezas.
    Bastante incomodadas com a tendência “viral” que este movimento está a gerar.
    Os traseiros remexem-se.
    Há desconforto, há vozes por detrás das portas fechadas.
    Gargantas apertadas, olhos que se escondem, mas que para lá das cortinas estão espectantes.
    Boas notícias.
    Tudo boas notícias.
    Alías, o poeta imortalizou que o importante é o desassossego de estar vivo.
    Só as estátuas é que conseguem imortalizar um instante para a eternidade.
    Tudo Passado, sem futuro: morto!
    O Beja merece + já deixou de causar risinhos cínicos.
    O Beja merece + saltou por cima dos ombros dos homens de bota alta.
    Saltou por cima dos gravatistas, dos perfumistas, dos bem falantes, dos malabaristas.
    Beja merece + está muito acima.
    Isso incomoda, escapa ao controlo, escapa ao formato, está “out of the box”.
    O imenso Sul do Alentejo não se reduz a um subúrbio.
    Não precisa de migalhas nem de esmolas de Lisboa.
    Tem direitos por mérito próprio, e não se vende.

  2. Odete Maria Horta inverno diz:

    Vamos lutar por aquilo que temos direito.

    Vamos lutar por aquilo que temos direito.

    Vamos lutar por aquilo que temos direito.

    Vamos lutar por aquilo que temos direito.

    Vamos lutar por aquilo que temos direito.

    Vamos lutar por aquilo que temos direito.

    Vamos lutar por aquilo que temos direito.

    Vamos lutar por aquilo que temos direito.

  3. Odete Maria Horta inverno diz:

    Vamos lutar todos pelo que temos direito.

  4. Joana Amaral diz:

    Falta quem dê um empurrãozinho, que bem podia ser Carlos Moedas. Vejam o que se passa em Évora e o impacto que tem Capoulas Santos, um lobbysta profissional.

  5. João Espinho diz:

    A Maria da Graça Carvalho também podia dar um empurrãozinho.