Nov 18 2017

Beja merece o Facebook que tem

Publicado por as 12:21 em A minha cidade

É uma absoluta perda de tempo ler os comentários da página do Beja Merece+ no Facebook.
Ontem estive quase duas horas nesse exercício de perda de tempo. “Aquilo” é um verdadeiro espelho da cidade e da região. Centrada numa guerra (estúpida) entre Beja e Évora, onde postais da Associação de Defesa do Património de Beja servem para humilhar pessoas, onde se põe em causa o carácter de outras, sem que se faça uma discussão séria sobre os passos que se devem dar a seguir (já!), aquela página é “Beja no seu melhor”. Faz amanhã uma semana que estávamos em festa. Estavam contentes (muitos), estávamos desiludidos (poucos), mas era previsível o que aconteceu. A página do Facebook do BM+ é uma mesa de café onde se vomitam ódios, enquanto se bebe uma bica e se come uma queijada impregnada de veneno. O Bruno Ferreira desistiu de frequentar aquela mesa, outros se seguirão. Os administradores da página têm as suas vidas e não têm tempo para pôr termo às verborreias que por lá vão aparecendo. Os frequentadores, com motivações diversas, não conseguem travar os seus impulsos, carecendo de bom senso quando desatam a teclar sobre tudo e sobre nada.
Parece-me, pois, se quisermos que o BM+ continue a sua luta, que se deve repensar muito séria e urgentemente sobre a forma de comunicação daquele movimento cívico. Parar, reformular e depois seguir em frente.
Assim, como está, aquilo não é nada. Vale zero!
Tenho dito.

Share

Não são permitidos comentários.