Out 09 2017

Imutável

Publicado por as 7:32 em Autárquicas 2017

A DORBE DO PCP garante que não se deixará condicionar por pressões ou por resultados eleitorais, sejam eles quais forem, não se desviará do seu compromisso com os trabalhadores e o povo e que só quem não conhece este Partido, a sua história e a sua coerência, pode alimentar essa ilusão. (ler aqui)

Share

8 Resposta a “Imutável”

  1. Sol diz:

    Lá, laralá …
    Daaaaaaa as…

  2. bejense diz:

    O PCP enterra mais uma vez a cabeça na areia e não quer ver o que toda a gente vê. A RuralBeja custou por enquanto 432300 euros mais iva ou seja 531729 euros, adjudicados na maioria ao Pimenta de Ponte de Lima e às duas empresas gémeas da Cocas produções que também organizaram as Noites ao Fresco e a Beja Acontece. A Big Moment e a Enthusiatic Planet quase só trabalham para a câmara de Beja.
    E a Ruralbeja é mesmo financiada pos fundos comunitários? Uma boa pergunta que era bom alguém responder.
    E a cereja no topo do bolo foi quinze dias antes das eleições a CMB adjudicar um novo site autárquico a uma empresa de Serpa. Sem comentários.
    Querem saber mais? Está tudo ou quase tudo aqui : http://www.base.gov.pt/Base/pt/ResultadosPesquisa?type=contratos&query=adjudicanteid%3D1342

  3. Sherlok diz:

    E o campeonato de Horse ball? How much?

  4. Ecce homo diz:

    “Convicções profundas, só as têm as criaturas superficiais. Os que não reparam para as coisas quase que as vêem apenas para não esbarrar com elas, esses são sempre da mesma opinião, são os íntegros e os coerentes. A política e a religião gastam dessa lenha, e é por isso que ardem tão mal ante a Verdade e a Vida.” \Fernando Pessoa

  5. Sócio cooperante diz:

    @ bejense

    Estive a ver e é muita massa em €€€.€€€ envolvidos e quem vai pagar o novo executivo ???

    Pela consulta nada se sabe onde entram as comparticipações comunitárias e todas as outras festas e festarolas onde entram nas despesas ???

  6. atento diz:

    Leram o Público de ontem? O património é destruído , a Câmara foi avisada, mas fez o quê? Nada, nem uma palavra. Já quando o mesmo aconteceu em Pisões foi o mesmo silêncio, para não chatear a universidade de Évora. E eram estes os defensores do património? Só quando derrubaram o depósito mas também por isso foram penalizados no dia 1.

  7. João Espinho diz:

    @ATENTO – só li o título via Facebook. Não há por aí um link do Público?

  8. atento diz:

    ” Ao mesmo tempo, foi dado conhecimento à autarquia e ao Ministério Público de Beja para que fossem “suspensos de imediato os trabalhos em curso” https://www.publico.pt/2017/10/09/local/noticia/beja-ponte-romana-e-sitios-arqueologicos-foram-destruidos-para-plantar-amendoal-1787981