Set 12 2017

O momento-chave do debate

Publicado por as 18:16 em Autárquicas 2017

Depois de visto e revisto o debate (terá sido mais uma entrevista a 5 do que um verdadeiro debate), escolho este momento como o mais significativo.
Onde ficamos a conhecer que o PCP tem duas caras. Quando o governo dá umas folgas no garrote imposto pela troika, reposição de salários, regresso de feriados, fim disto e mais aquilo, o PCP vem para a rua e clama que as conquistas foram obtidas devido à colaboração/pressão/exigência dos comunistas.
Quando a coisa corre mal, como se pôde ver ontem na RTP3, sacode-se a água do capote, a culpa é do PS, é do governo, é do Passos Coelho, é da Virgem Maria ou dos EUA. Sim, porque os comunistas são santos e não têm ninguém no governo. Ao PCP cai-lhe a máscara com facilidade. Basta fazerem mais uma ou duas entrevistas ao Sr. Rocha. Avante!

(Pode ver aqui o debate)

Share

5 Resposta a “O momento-chave do debate”

  1. Joaquim diz:

    Não seja intelectualmente desonesto. Eu percebo que para si é muito chato ver os pobres com mais rendimentos.

  2. João Espinho diz:

    @joaquim – não deve ter percebido o que escrevi.

  3. Sol diz:

    Uma tristeza de incapacidade deste autarca / gestor de Beja e de argumentação utilizada de João Rocha.

  4. Lufada diz:

    Eu acho que existe gente que ainda não percebeu que o homem é um autêntico ixxxxx. Também há gente que não quer perceber. A percentagem dessas duas franjas ainda tá por apurar. Ainda por cima é fingido, já que é tão comunista como eu que sou de direita. Mais, o homem nem sabe a história do comunismo. Eu até acredito que ele nem sabe quem foi Karl Marx. Querem uma aposta ? Perguntem-lhe.

  5. EassimVaiBeja diz:

    tanta vergonha alheia….