Jul 27 2017

Gestão Unipessoal do Concelho de Beja

Publicado por as 0:05 em A minha cidade

Share

6 Resposta a “Gestão Unipessoal do Concelho de Beja”

  1. corocota diz:

    Obrigado Sr. J. Espinho por este momento de felicidade!!! Até o meu gato se riu…!!!!

  2. atento diz:

    Claro que é uma gestão unipessoal do concelho de Beja como já tinha sido anos demais em Serpa. O PCP está refém do homem e com medo de perder as eleições não teve coragem de avançar com outro nome. O PCP ignora todos os princípios éticos e políticos que apregoa para os outros partidos, mas enterra a cabeça na areia por cobardia dos seus responsáveis que são funcionários de fora de Beja com medo também de perder lugares.
    Os vereadores não levantam ondas porque senão acontece-lhes o mesmo que acontecia em Serpa. Eram varridos de 4 em 4 anos. Assim são submissos às ordens do chefe e quando alguma coisa corre mal lá vão eles dar a cara porque o homem esconde-se.
    E os militantes onde há muitos que discordam de muitas decisões e dos métodos do homem lá vão engolindo sapos atrás de sapos por fidelidade partidária apenas.
    E assim João Rocha gere a câmara de Beja como se fosse uma empresa unipessoal fazendo contratos e aquisições a quem ele muito bem quer sem passar cartão a ninguém.
    Está nas mãos dos bejenses acabar com esta podridão anti-democrática no dia 1 de outubro.

  3. Ecce homo diz:

    “Há porcos que repugnam a sua própria porcaria, mas se não afastam dela, por aquele mesmo extremo de um sentimento, pelo qual o apavorado se não afasta do perigo. Há porcos de destino, que se não afastam da banalidade quotidiana por essa mesma atracção da própria impotência. São aves fascinadas pela ausência de serpente; moscas que pairam nos troncos sem ver nada, até chegarem ao alcance viscoso da língua do camaleão”. \F. Pessoa

  4. Vitor diz:

    Em democracia o povo decide e estes post’s só servem para retirar esse “poder” ao povo (para diminuir a capacidade de decisão dos Bejenses)… o Povo nas ultimas eleições votou, por isso decidiu e está decidido! 4 anos passados e ainda existe tanta dor de cotovelo. Candidatem se, vão a eleições ou então critiquem positivamente. Um dos maiores problemas de Beja é a falta de oposição, que só critica e não faz consegue apresentar propostas crediveis.

  5. bejense diz:

    Nao Vitor…o problema de algumas pessoas de Beja é não perceberem que estamos em Democracia e podemos (e em algumas situações, devemos!) dizer o que quisermos sem ofender, de forma livre (ainda pela capa do anonimato, o que revela bem o ambiente “democrático” que se vive nesta cidade), independentemente dos resultados das eleições.

    Viver em Beja não é “abraçar” a lei da rolha…. ter capacidade de encaixe é muito importante! Desde quando é que não se pode criticar de forma construtiva e de forma factual o quer que seja? Era só o que faltava…
    Por fim, a credibilidade das propostas depende de muita coisa. O que para mim é credível, para o Vitor pode nao ser… é essa a beleza dos tempos democráticos que vivemos pelos dias de hoje (ou pelo menos deveríamos viver!)

  6. viver Beja diz:

    A cdu apoia maduro na Venezuela, mas como Beja ainda pertence a Portugal, vamos criticar o município de Beja que durante 4 anos, nada fez para resolver os problemas reais do concelho, aeroporto, auto estrada, comboios tem que ser uma associação de cidadãos como Beja merece + a ter iniciativa para a voz dos bejenses ser ouvida!

Deixe Uma Resposta