Abr 13 2017

Última hora

Publicado por as 19:29 em A minha cidade

aeroneo

Primeira grande empresa vai ser instalada no aeroporto de Beja

A Câmara Municipal de Beja divulga:

“A Câmara Municipal de Beja saúda a decisão de hoje do Conselho de Ministros, ao viabilizar a instalação da primeira grande empresa no aeroporto de Beja.
Após uma intensa atividade por parte deste Município, que encetou várias diligências junto de responsáveis, solicitando intervenção e exigindo decisões, e com o envolvimento direto com a AERONEO e o Governo, é com satisfação que vemos dar frutos os esforços que, em conjunto fizemos, pensando na região, no desenvolvimento económico e na criação de emprego.
Este é um passo muito importante, se a ele for associado o início do desbloqueamento e de decisões erradas, tomadas pelos sucessivos Governos ao longo de anos.
É uma decisão que tem o mérito de trazer, de novo, aos alentejanos, a capacidade de acreditar e, desta forma, desbloquear a vinda para Beja e para a região de mais empresas e atividades relacionadas com o aeroporto de Beja.
O Alentejo tem futuro e nós acreditamos nesse futuro.”

Share

10 Resposta a “Última hora”

  1. Américo diz:

    Até Outubro de certeza que vamos assistir a mais folhetins destes. À falta de programa a escrutínio vai ser o foguetório do costume.
    Nada mais se passa do que de intenções e vontades. Não é ser velho do Restelo, mas cheira-me a outra fábrica de pilhas…

  2. e agora ... diz:

    Foi aprovada uma Resolução do Conselho de Ministros que procede à desafetação do domínio público militar de terrenos da Base Aérea de Beja, assim como ao reconhecimento de interesse público de uma operação industrial para ali prevista.
    Esta decisão cria as condições para a concretização de um investimento empresarial, no valor de 35 000 000€, relacionado com a manutenção de aeronaves no Aeroporto de Beja e que vai criar cerca de 40 postos de trabalho diretos já em 2017.

  3. Alentejo dos pequenitos diz:

    Ainda a semana passada na reportagem sobre o aeroporto JR atacava o governo…Então afinal as acusações não tinham o mínimo fundamento e só revelam que ele está completamente a leste do que se passa…
    De qualquer forma são, finalmente, passados mais de 4 anos sobre o convite feito pelo anterior executivo a Jetlease,empresa mãe da Aeroneo, excelentes notícias para o futuro do projecto do aeroporto e para o Baixo Alentejo.

  4. atento diz:

    Portal de Beja :
    “No dia 17 de Dezembro de 2012, pelas 11h30, decorreu na ANA Aeroportos de Portugal, uma reunião de caráter técnico que permitiu debater questões inerentes ao projeto da Jetlease/Aeroneo para revalorização de aeronaves e gestão de peças, a ser implementado no Aeroporto de Beja.

    Nesta reunião estiveram presentes os investidores da JetLease e AeroNeo, a AICEP Portugal Global, o presidente da Câmara Municipal de Beja, Dr. Jorge Pulido Valente, o Diretor do Aeroporto de Beja, Dr. Pedro Beja Neves, o Dr. Luís Pádua Gonçalves e, da IrRADIARE, o Eng.º Marcos Nogueira e a Dr.ª Flávia Duarte. A reunião permitiu rever aspetos de licenciamento importantes para a implementação do projeto, bem como debater um calendário para a sua concretização. A Câmara Municipal de Beja transmitiu a sua total colaboração e disponibilidade para uma célere implementação deste projeto.”

    27/02/2013

  5. Piqueninos e assumem diz:

    JR disse, e muito bem, que no dia anterior o conselho de ministros podia ter decidido o que afinal decidiu hoje… Eu da minha parte agradeço ao executivo anterior, quer esse eventual convite, quer a inércia e o discurso que manteve… Proporcionou o regresso da CDU e esta dinâmica que vos assusta tanto. Cumprimentos

  6. dadinho diz:

    Muito bem trabalhado pelo João Rocha.

  7. Américo diz:

    CDU, Beja e dinâmica??? a sério? Isto para mim é a piada do mês. É que sinceramente são a antítese um do outro.
    Como já foi referido num post atrás, basta comparar algumas cidades que seriam +- equivalentes a Beja há uns anos atrás ( Santarém, Castelo Branco, Abrantes, Évora algumas que conheço razoavelmente, mas de certo haverá outras mais) e confirmar que Beja neste momento têm mais o estatuto de Vila do que capital de distrito.
    Ah e tal mas algumas dessas Câmaras foram\são CDU, é verdade mas ao contrário desta, sempre tiveram Presidentes que conheciam e se preocupavam com as suas cidades. Aqui? festas e foguetório.
    Aposto singelo contra dobrado que só a zona industrial de Évora movimenta o dobro das pessoas que as principais artérias de Beja.

  8. enxoe diz:

    Só vendo!!como S.Tomé e logo em 2017!

  9. viver Beja diz:

    O EXECUTIVO MUNICIPAL LEVOU QUASE 4 ANOS, NO MARASMO, E FESTAS AGORA ESTÃO TÃO DINÂMICOS! PORQUE SERÁ?

  10. Olha este diz:

    Lido nas redes sociais com autoria de Manuel David Masseno:

    Não tenho dúvidas que a ação do atual Governo tem sido muito positiva, em termos globais. Porém, a respetiva atitude para com o Baixo-Alentejo tem ficado marcada pela negligência, para dizer o menos.
    O que é incompreensível, e até chocante, ao ter sido o Círculo de Beja aquele onde os Partidos da Maioria Parlamentar obtiveram os melhores resultados em 2015, mais de 70%.
    Também não se vêem resultados efetivos da ação do Pedro Do Carmo desde a AR, ao ponto de este ter precisado de dar uma prova de vida publicado um panfleto justificando-se, nem do Hélder Guerreiro junto da Ana Catarina Mendes.
    Pelo que é necessário dar um sinal, muito forte, ao António Costa. De minha parte, não alcanço nenhum melhor que o de O PS NÃO TER LISTA PARA A CM DE BEJA ou, tendo-a, não ter votos. Pelo que o Paulo Arsénio prestaria um bom serviço, ao Concelho e à Região, retirando-se.

    Nota: o ter a CM de Beja um Presidente “apagado”, além de o Proto-Candidato do PSD/CDS também “não existir”, ainda piora as coisas.

Deixe Uma Resposta