Mar 10 2017

Chegou-lhe agora a pressa?

Share

3 Resposta a “Chegou-lhe agora a pressa?”

  1. Sol diz:

    Durante mais de 3 anos nada fez ( se calhar até fes festas, foguetes e festarolas e mandou demolir se ouvir a opinão pública )e agora deseja apoio urgente para mostrar ” obra ” em final de mandato e a 6 meses de novo acto eleitoral.
    É mesmo preciso pachorra e descaramento João Rocha.

  2. aguadeiro diz:

    Leram o Diário do Alentejo de hoje? Tá lá o nome que a CDU propõe. Susana Sobral Ramalho. Como a senhora não tem lugar nas listas para a câmara primeiro vai para a Resialentejo e não vão as coisas correr mal nas eleições é propostas para as Águas do Alentejo. Tachos? Não, nem pensar. No PCP não há tachos só nos governos de direita do PS, PSD e CDS. No PCP guiam-se pelo livro do Álvaro Cunhal A superioridade moral dos comunistas. Percebem?

  3. corocota diz:

    Fazer agora em 6 meses aquilo que não se fez em 3 anos não é coisa que não estivesse prevista…mas algo me intriga…o atual Presidente da Câmara de Beja consegue falar com um Ministro e não consegue falar com os eleitos do seu próprio Município?
    É que pelo que me vão informando , a perguntas tão simples como ” que história é esta do Parque Fluvial do Guadiana?” o Sr. Presidente não abre boca , nas Assembleias Municipais não responde à oposição , não sabe explicar praticamente nada , não apresentou programa eleitoral e fala com um Ministro? Não terá levado alguém , na comitiva , que falasse por ele? é que eu em 3 anos de mandato nunca lhe ouvi uma ideia sobre o Concelho exposta de peito aberto ás balas , com franqueza no olhar , com conteúdo substantivo na fundamentação …nada…absolutamente nada…só encontro paralelo num político conhecido que lançou um livro no Porto que teve 50 pessoas na sessão de apresentação: Cavaco Silva , o responsável pelo relativo atraso civilizacional que Portugal ainda apresenta , tendo destruído enquanto primeiro-ministro à época o aparelho produtivo nacional e desbaratado milhares de milhões de euros com as suas políticas conservadoras . Aqui em Beja é com entretenimento…
    De Cavaco não se conhece até hoje uma ideia de desenvolvimento…um rumo…uma visão de futuro politicamente sustentada ou sustentável…deste executivo não se conheceu programa eleitoral, não se conhece o pensar do Presidente , que lidera obviamente um executivo, não se sabe o que pensa do olival “extensivo” e “intensivo” ( não é um paradoxo) da descida de ranking de Beja na qualidade de vida , das questões do Urbanismo , da Cultura e tantas outras…
    Temo que , se o Ministro Eduardo Cabrita tivesse perguntado no decorrer da audiência ao nosso presidente : ” Ó Sr. Presidente , mas afinal o que é que V.Exª deseja para o concelho de Beja?” a resposta tivesse sido : “Quero que exista debaixo do derrubado depósito de água da cidade um Templo Romano inteiro, monumental e reconstruível em 6 meses , Sr. Ministro!”

Deixe Uma Resposta