Fev 08 2017

Beja – Município cada vez menos transparente

Publicado por as 18:39 em A minha cidade

O Índice de Transparência Municipal (ITM) mede o grau de transparência das Câmaras Municipais através de uma análise da informação disponibilizada aos cidadãos nos seus web sites. O ITM é composto por 76 indicadores agrupados em sete dimensões: 1) Informação sobre a Organização, Composição Social e Funcionamento do Município; 2) Planos e Relatórios; 3) Impostos, Taxas, Tarifas, Preços e Regulamentos; 4) Relação com a Sociedade; 5) Contratação Pública; 6) Transparência Económico-Financeira; 7) Transparência na área do Urbanismo.

Ranking do Índice de Transparência Municipal :

2014 – 66º
2015 – 162º
2016 – 174º

Consulte mais dados aqui

Share

13 Resposta a “Beja – Município cada vez menos transparente”

  1. Maria diz:

    Então o Sr.Rocha demitiu-se?
    A notícia da falta de transparência não me suprpreendeu, agora o nome do presidente …

  2. Manel da Serra diz:

    E até estamos bem… Serpa está em 294º.
    Ou seja, ainda temos muito caminho a percorrer até chegar ao nível da antiga autarquia do Sr. Rocha!
    Viva ao Comunismo!

  3. bejense diz:

    Se fosse como no futebol Serpa estava na 2ª B, quase a descer aos distritais. Quanto a Beja, está na 2ª metade da tabela. tem 173 acima e 134 abaixo. Pelo andar da carruagem qualquer dia apanha Serpa. Nada mal para um concelho de excelência.

  4. Olha,olha! diz:

    Mesmo assim ainda é um dos melhores classificados do distrito. Experimentem ver a classificação de Mértola, Ourique, Aljustrel, Almodôvar.

  5. João Espinho diz:

    @olha olha andava desaparecido. Esqueceu-se de referir Vidigueira, Moura, Barrancos. Não interessou?

  6. bejense diz:

    @ Olha, olha, seja sério, não compare Beja com Mértola, Ourique, Aljustrel ou Almodôvar. Ser capital de distrito dá-lhe uma responsabilidade que não se pode exigir aos restantes 13 concelhos. Ou a excelência só conta quando interessa, mesmo que seja a troco de uma quota anual a quem a atribui?

  7. Viriato diz:

    Nada disto tem importância alguma, prestes que está o assalto à câmara de beja pelo PS. Logo terão oportunidade de fazer muito melhor. Upsss…..falta um detalhezinho que se chama ganhar

  8. Maria diz:

    Acho que o olha olha perdeu uma boa oportunidade de continuar quieto…

  9. Bejense diz:

    Claro…como há municípios piores, então vamos ficar contentes por estarmos como estamos….

    Esses resultados não me espantam. São reflexo do (des)governo que se faz na Câmara Municipal e restantes entidades onde JR tem uma mãozinha.
    Está tudo pela hora da morte, sem dinheiro, sem trabalho, sem objectivos, sem rumo…uma miséria franciscana.

    “Pior é melhor” é o lema deste executivo.

  10. Maria Dores diz:

    O bejense está completamente errado quando diz que ser capital de distrito dá uma responsabilidade que não se pode exigir aos 13 concelhos. A exigência é precisamente a mesma. A si é que pode não dar jeito comparar com outros municípios, mas que as exigências são as mesmos não tenha dúvidas.
    O Olha, olha esqueceu-se de referir Vidigueira, Moura, Barrancos e o Espinho só se interessou por Beja. Os outros não interessam?

  11. João Espinho diz:

    @Dores:
    1 – Sim, o meu foco é Beja. Não costumo ir comer as galinhas da minha vizinha. As minhas terão que ser sempre melhores;
    2 – Não é em Beja que está o Dinossauro Excelentíssimo do poder local? Transparente e democrata? É isso.

  12. Bejense diz:

    É há ainda outro pormenor. A média de Beja está abaixo da média nacional que é 52.

  13. corocota diz:

    🙂 estamos muito longe da CDU que conhecemos há muitos anos…era previsível…aguardemos o início do “esburacar” da cidade para as habituais obras eleitorais de tapar os olhos ao eleitorado…a nova assessora do Presidente tem pintarola…muitos mestrados e cursos…parece que já começou a mexer nos horários da biblioteca e coisas assim…deve ser o “Trunfo” para as próximas eleições autárquicas…querem apostar?

Deixe Uma Resposta