Out 06 2016

As contas da ponte entre Beja e Vila do Conde

Publicado por as 16:11 em A minha cidade

npimenta

Tem causado alguma apreensão os contratos assinados entre o Município de Beja e uma empresa de Vila do Conde.
Vamos então ver como tem sido:

A empresa NPimenta tem tido como melhores clientes (últimos contratos):

Município de Beja: 4 contratos
Turismo do Alentejo, E. R. T.: 4
Município de Ponte de Lima: 3
Câmara Municipal de Serpa: 3
Escola Prof. de Agr.Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima: 2

Pode ver aqui (e fazer as contas) alguns contratos.

Pode ainda ver mais detalhes aqui.

NOTA: Não está em causa a legalidade. Porém, continuo a achar estranha esta ponte entre o Sr. Rocha e a firma de Vila do Conde. Haverá alguém que consiga fazer luz ou tirar o manto diáfano que cobre esta relação?
Beja agradece.

Share

3 Resposta a “As contas da ponte entre Beja e Vila do Conde”

  1. XXL diz:

    Que se saiba sem concursos públicos na Câmara Mun. de Beja ( principal cliente ) e tudo por ajuste directo entre as respectivas partes.
    Limpo, limpinho … Na propriedade / coutada do sr. João Rocha, com o dinheirinho de todos nós. E como é que o PCP papa disto ?

  2. patria diz:

    Meninos e meninas por mais que tenham razão voçês estão-se a distrair também por festarolas e farras .

    E a questão da máquina do asfalto mais ninguém tem nada a dizer ? Concretamente!?

    Temos que ir por partes…

  3. hpalma diz:

    Só para alimentar o debate de ideias, vou apresentar um outro ponto de vista ;

    Se eu fosse Presidente do Municipio, ao organizar um evento destes, não iria querer que as coisas corressem mal e que a organização falhasse. Iria ter “clientes” insatisfeitos com o evento juntando às criticas ao dinheiro gasto.
    Tendo em conta estes aspetos, na hora de organizar, não iria entregar o trabalho a qualquer um que fosse a concurso apresentar baixo preço, sem saber o dali viria. Teria que escolher um empresa que de alguma forma me desse garantia de exemplar execução do trabalho.

    Naturalmente não faço ideia do porquê de esta empresa estar especialmente envolvida nos eventos do atual executivo. Também não faço ideia se esta empresa é a mais barata na relação preço/qualidade em Portugal, mas alguma coisa ela terá(!?). O Municipio também não esclarece as razões, que por uma questão de transparencia não lhes ficava nada mal evitando que fossem criados rumores acerca do envolvimento do Presidente com a dita empresa, se é que ele não existe..

Deixe Uma Resposta