Ago 03 2016

Todos juntos acabamos com isto mais depressa…

Publicado por as 16:05 em Geral

garrafoes mg

“Quando há uns largos anos os autóctones olhavam para nós (turistas ou visitantes de curta duração) como um povo invasor, pensava, bem, isto um dia muda… Quando marcavam os lugares para as suas viaturas, com garrafões, cadeiras de esplanada, grades de minis (vazias) ou mais recentemente a bela da palete, pensava, bem, isto um dia muda…
Quando nos riscavam os carros ou esvaziavam os pneus, por algum equívoco, pensava, bem, isto um dia muda…
Quando numa aprazível esplanada esperava por um simpático funcionário/a e afinal quem tinha de se servir era o cliente, porque o dono estava sentado ao fundo do estabelecimento e não podia ser incomodado, pensava, bem, isto um dia muda…

paletes mg

carro mg

Quando mais recentemente a CM resolveu colocar parquímetros nos parques da praia, pensava, bem isto um dia muda, não devem ser muitos os frequentadores. ..
Não mudou além desses vieram mais, para as ruas da vila … mesmo que mais de metade estejam vazios.

Quando às 7h da manhã há gente a correr para as praias para marcar lugar num palmo de chão, com uma sombrinha vazia, porque entende que tem mais direito que qualquer um que quando lá chegue seja para ficar, mesmo numa praia com 20km de costa, estamos perante problemas mentais graves de uma sociedade … não podemos esperar grandes mudanças.
Talvez o melhor seja mesmo taxar o sol, ou pegar nos parquímetros e colocá-los junto de cada sombrinha vazia nas nossas praias, ou dos garrafões de água do luso que marcam estacionamentos. Isto com civismo, respeito e ética não vai lá, venham as taxas, TODOS JUNTOS, acabaremos mais depressa com o “TURISMO” …”

Luís Figueira no Facebook

Share

Deixe Uma Resposta