Jul 27 2016

Beja – Autárquicas 2017- Sondagem – PS

Publicado por as 12:21 em A minha cidade,Autárquicas 2017

online survey

online survey

Share

16 Resposta a “Beja – Autárquicas 2017- Sondagem – PS”

  1. Paulo Nascimento diz:

    Ana Horta

  2. Luís das Moças diz:

    Duas coisas.
    Toda a gente sabe que o PS não vai ganhar a Câmara em 2017. Não há nas ruas aquela vontade de mudar como em 2009.
    O Rui Marreiros é um indivíduo inteligente e calculista. Nunca irá aceitar ser candidato para ser derrotado.
    Pelo que a conclusão é… Paulo Arsénio, porque o capitão é o último (ou deverá ser) a abandonar o barco.

  3. João Espinho diz:

    Quem é Ana Horta?

  4. Anonimo diz:

    Ó zé das moças quem é que lhe disse a si que não há vontade de mudar, você deve de estar a brincar ou então não vive na mesma cidade que eu.
    Pois fique sabendo meu amigo que há muita vontade de mudar, assim o PS apresente um bom candidato.
    Lembra-se o que sucedeu quando o Pulido Valente concorreu, ganhou, só não continuou porque não fez um trabalho bem feito, quem lá o colocou depressa o retirou.
    Experimentem a apostar num Rui Marreiros ou num Aníbal Costa e vão ver a volta que isto dá novamente.

  5. Alentejano de Beja diz:

    Pedro do Carmo… Mais do que certo

  6. MARIA FLORES diz:

    a derrota de Pulido Valente deverá em 1º lugar ser assacada ao PS de Beja ,o qual não teve o empenho e a solidariedade necessária para levar JPV á vitória. Quando as ” Primas Donnas ” do PS de Beja optam por ir boicotando a candidatura de JPV o seu destino estava traçado.
    A vitória de João Rocha verificou-se unicamente por demérito do PS de Beja e não por mérito próprio.

  7. Anonimo diz:

    Também serve

  8. J.J. diz:

    Tudo serve, aliás.
    Já tem é de antemão a derrota garantida.
    Vamos lá ver é quem se deixa enrolar e vai lá fazer figura de parvo.

  9. Blue Eagle diz:

    @ J.J –
    Figura de Parvo?
    Bom, se preferir JR pode sempre concorrer sozinho. Na ex-URSS não consta que as oposições tivessem muitas possibilidades de ir a votos… Era assim a bem dizer “uma democracia musculada”.

  10. Marquinhos diz:

    Red Eagle: Não tenho nenhuma procuração, mas parece-me que não compreendeu a “provocação”.

    P.S.: troquei-lhe a cor por uma cá mais do meu agrado.

  11. Zé do Telhado diz:

    @Maria Flores – Que “Prima Donnas” do PS/Beja é que boicotaram a candidatura de JPV? Se sabe, diga! Nomes.
    Quem são esses “barões” ou “baronesas” do PS, afinal tão influentes e tão conhecidos junto do eleitorado do Concelho a ponto de provocaram a derrota de JPV?
    Minha cara MF, permita-me dizer-lhe que as estruturas (Federação e Concelhia) que estavam em funções trabalharam muito para a candidatura e a dotaram de todas, mas todas, as condições para que pudesse ser bem sucedida.

  12. Zé do Telhado diz:

    @Maria Flores –
    Mas que “Prima Donnas” foram essas do PS/Beja com tanta influência junto do eleitorado do Concelho a ponto de provocarem a derrota de JPV?
    Quem foram essas pessoas “importantes” das estruturas que boicotaram tanto a candidatura? Se sabe, diga os nomes.
    Permita-lhe que lhe diga: Raramente (ou nunca) uma candidatura autárquica do PS no distrito de Beja teve tanto apoio da Federação e da Concelhia como a última de JPV.

  13. Zé do Telhado diz:

    Peço desculpa ao João e à “Maria Flores”: os últimos dois comentários ficaram praticamente repetidos porque me pareceu que o 1.º (das 20.55h.) não tinha sido enviado com sucesso e daí ter repetido o envio uns minutos depois.

  14. Mike Fox diz:

    Nem presidentes de Câmara de outros concelhos nem ex-vereadores,ou ex-deputados.
    Deve ser alguém “virgem” para a política ,sem os maus hábitos,que a convivência com o “poder” em muitos casos contagia.
    Não vislumbro no horizonte ninguém na esfera partidária, Alentejano de Beja,com condições para presidir à Câmara Municipal de Beja.
    Os paraquedistas, que por aí andam ,alguns já há décadas,é mais do que altura de rumarem para os locais de origem e tentarem lá a sua sorte.
    Tem de vir do povo e entre o povo uma solução governativa que possa dar a Beja o que Beja realmente merece.Criar condições para a fixação de empresas que gerem postos de trabalho e possam renovar Beja.
    O Status Quo instalado em Beja há 4 décadas não tem interesse em que a cidade cresça.Pequena amordaçada é mais fácil de controlar.A teia de interesses estende-se até que pode.Tem de ser cerceada.

  15. alberto diz:

    será melhor encomendarem um candidato em Beringel ou nas Caldas.

  16. serpense diz:

    Já basta o que foi encomendado a Viana do Castelo e que depois da m… que fez em Serpa já está a produzir bosta em Beja.

Deixe Uma Resposta