Mar 11 2016

Câmara de Beja – um erro de comunicação?

Publicado por as 11:37 em A minha cidade

basta

Um “erro de comunicação” da Câmara de Beja poderá obrigar os empresários do concelho com um volume de negócios anual abaixo dos 150 mil euros a terem de pagar Derrama.
A situação é denuciada pelo PS de Beja, que revela que a decisão de isentar estes empresários, aprovada na sessão ordinária da Assembleia Municipal a 25 de Novembro, não foi comunicada pela Câmara Municipal à Autoridade Tributária (AT).
Tal fará com que em Maio, quando tiverem de entregar a declaração Modelo 22 de IRC, “os micro-empresários sedeados no concelho de Beja não terão direito à isenção aprovada pela Assembleia Municipal”. (leia aqui)

Share

10 Resposta a “Câmara de Beja – um erro de comunicação?”

  1. CC diz:

    Mais um exemplo do descalabro da gestão de João Rocha na autarquia bejense.

  2. atento diz:

    Erro de comunicação? Chamem-lhe antes desleixo e incompetência. E já vão no segundo. O primeiro foi com o IMI. Não fizeram o que tinham a fazer e este ano as taxas em vez de baixarem ainda vão aumentar. Qual será o próximo erro?

  3. bejense diz:

    Porque será que quando a coisa corre mal e dá para o torto o João Rocha não fala a dar a cara? Aguenta Picado.

  4. Américo diz:

    Alguém têm que pagar os camelos e as túnicas.

  5. sentinela diz:

    Os tios e tias do PSD no Baixo Alentejo estão incrédulos, com o seu aliado messias, ajudaram-no sub-repticiamente a chegar à presidência da CMB. Agora revelou-se uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma.
    Um benfiquista onde a soberba é o seu modo de estar na vida e na politica…

  6. Independente diz:

    O site das finanças mostra que é precisamente o contrário.
    Não pode valer tudo. andará o PS sem saber o que dizer ?

  7. João Espinho diz:

    @indepente- foi isso que o vereador Picado disse?

  8. atento diz:

    Independente, tá a falar disto? http://info.portaldasfinancas.gov.pt/NR/rdonlyres/3945930A-18C1-4B01-BD2F-508B8ADF33F2/0/Of_Circ_20186_2016.pdf . Onde diz Beja, está Não na coluna da isenção.

  9. Manel de Trigaches diz:

    Sigam a seguinte sequência: “Portal das Finanças > Serviços Tributários > Consultar > Derrama IRC Municípios > Selecionar Ano 2015 > Consultar.”
    Procurar na Lista “Beja” e clicar em “+info”, no lado direito da grelha.
    Onde consta “Isenção de Derrama – Art.º 12 da Lei das Finanças Locais”, deveria ter sido comunicado um “Sim”.
    Mas alguém comunicou… “Não”!
    Até está lá a data e a hora em que foi feita a comunicação por parte da CM Beja.
    E agora “Independente” convencido da borrada grande da Câmara?
    Sabe, ainda bem que o PS reparou na situação.
    Porque na CM Beja mesmo passados 4 meses sobre a comunicação, ninguém deu pelo erro.
    João Rocha devia ir beijar a mão a Filipe Pombeiro ao NERBE, assumir o erro (“lapso” na versão da Câmara) e pedir desculpa por quase, quase obrigar as microempresas de Beja a pagarem um imposto que não era devido.
    Não fosse mais um intervenção oportuna do PS.

  10. João Espinho diz:

    @indepente – percebeu?

Deixe Uma Resposta