Fev 24 2016

Deixa-me rir

Publicado por as 7:42 em A minha cidade

novo rumo

Nas palavras do presidente, Beja deixará de ser uma cidade e passará a ser uma rua. E deu-lhe nome: Rua da Lavoura. Quando não se tem uma ideia precisa do que se pretende para o futuro da cidade, vai-se ao baú e traz-se a primeira idiotice que aparece.
Finalmente vão dar uso à máquina de esfalto.
Beja merece!
(Ler aqui)

Share

13 Resposta a “Deixa-me rir”

  1. Américo diz:

    Nem o Maduro faz melhor.
    Depois de anos e anos o PSUV no poder, vêm anunciar que é preciso recuperar o tempo perdido, que é preciso começar de novo, reconstruir todo o tecido empresarial, económico, financeiro e social do pais. Como se não fossem eles que destruíram isso tudo e mais alguma coisa. Hipocrisia em todo o seu esplendor. Mas pronto, como é da esquerda, é bom, é justo, é correcto, é aceitável, é equitativo, é re-distributivo.

    Agora é que é.

    Tristes nós( alguns, obviamente) que vão acreditando. Enfim…

  2. Mike Fox diz:

    Realmente este galego que os comunistas arranjaram deixa muito a desejar.Pena é mesmo que a inteligência não parece abundar neste exemplar tardio do neandertal.
    Mas é assim que se vê a força do pc. Daqui a dois anos pode ser que o cabeça de lista venha a ser um hominídeo…
    Estou certo no entanto que a disciplina de voto dos camaradas lhes permitirá eleger nem que seja um borrego,isto enquanto os cidadãos de Beja não acordarem desta letargia em se mantém há 40 anos.

  3. CC diz:

    Beja merece ter este ” bocas ” na autarquia e a coligação CDU/PSD nas juntas de freguesia da cidade, é bom ter memória como toda esta gestão camarária tem estado a ser não realizada.

  4. bejense diz:

    Tristeza este homem e este discurso.
    Como bejense tenho vergonha de ter como presidente da câmara este homem. E não é por não ser do Minho ou de outro lado qualquer. É da sua nulidade como político que agora pensa que vai transformar Beja num paraíso, ele que nem sabe onde ficam os locais e as ruas de que fala. E tenho vergonha de ter um político autoritário e que só olha para o seu umbigo, secando tudo e todos à sua volta. Incluindo os fiéis seguidores do seu partido ao qual não liga nenhuma.
    Será que ainda o vamos aturar por mais 4 anos?

  5. enxoe diz:

    Merecemos…!

  6. atento diz:

    Mas o homem sabe lá o que está a dizer?
    Entrada na cidade pela Rua da Lavoura? Viaduto pela linha do comboio? Quanto custa isso tudo? E para onde vão os ciganos e as oficinas com os carros e camiões a entrarem por aí? E as confusões na rotunda da estação com o trânsito que vem da Rua Afonso III, Serpa, Neves, Bairro da Conceição, Quinta del Rei? Mas ninguém na câmara ou no PCP diz isso ao homem?

  7. BejaNaoMereceIsto diz:

    O que eu me ri/chorei com isto!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Nós não merecemos isto!
    Parece uma espécie de Trump cá do sítio.

  8. Patria diz:

    As pessoas nas ruas da cidade fartam-se de falar da sustentabilidade das (aguas).

    Sendo assim onde haja um cano na rua ja e motivo para as (aguas) pagarem a factura.

    Nos para apresentarmos candidatura a eleicoes, apresentamos as (aguas) ou a praca da Republica?

  9. João Espinho diz:

    @patria – importa-se de repetir?

  10. Bom sinal diz:

    Esta ode de comentários é “muuuito bom”. É um excelente sinal. Não tarda muito vamos ter de renovar a terapia dos Kompensan e Rennies. Ou então “sal grosso” neles, que também já esteve muito em moda.

  11. atento diz:

    É o sentimento da população meu caro! Não abram os olhos não…

  12. bejense diz:

    Começou a pré-campanha para 2017. Um presidente que quase ninguém dava por ele, que mandava os vereadores às reuniões e falar da câmara numa só semana vai a Trigaches e São Brissos, visita escolas, reúne com as juntas, assina uma empreitada do Emas, assina um protocolo para o Museu receber a enorme fortuna de 27 mil euros em anos. E ainda dá entrevistas a dizer que Beja vai tomar um novo rumo. Sim, porque desde o 25 de Abril até agora a cidade de Beja e as aldeias não mudaram nada, nenhum dos presidentes antes dele fizeram alguma coisa de jeito. Agora sim, Beja vai ser uma Serpa II. Em vez de alma criativa o slogan vai ser Beja Terra Forte versão 2.0.
    Não há pachorra para aturar este homem.

  13. Rochinhas e rochetes diz:

    Já agora qual é o novo rumo? Se fosse a continuidade do anterior, com nova dinâmica e resultados, já era bom!
    Lamentavelmente, o rumo é o retrocesso e declínio em quase todos os setores e de abrandamento do investimento no da agricultura!
    Até o apregoado novo envolvimento de todos no processo de parceria se esfumou em pouco tempo, apesar da cedência dos interesses públicos para garantir apoios privados como foi, por exemplo, o caso mais recente do negócio de entrega do Parque de Feiras a Acos, assumindo a CMB todas as despesas de funcionamento e gestão.
    O Cebal está moribundo, o IPB não existe na região, o potencial investimento no aeroporto está em perigo, a expansão do regadio está em dúvida, a ERTA deslocou o centro de decisão e as principais atividades para norte.
    Beja, a potencial capital do BA, desapareceu novamente do mapa e a cimbal até dá dó…
    Falta ano e meio para o final do mandato, é tempo de se começarem a apresentar resultados e se cumprirem as promessas feitas! Com ou sem novo rumo.
    Infelizmente, a pouca oposição que ainda era feita, extinguiu-se, vá se lá saber porquê?

Deixe Uma Resposta