Set 05 2015

o Verão quente de 1975

Publicado por as 19:34 em Geral

Alameda prec

Colar cartazes, perder-se nos cafés, conspirar nos bares, acabar a noite no cacau da Ribeira. Para além dos plenários e ocupações. Os portugueses, esses acabaram por preferir a alienação capitalista.

1 – Colar cartazes, pintar paredes
2 – Dos comícios às ocupações
3 – Uma tourada e uma Alameda
4- A visita de Sartre e uma história de torturas
5 -A revolução não se embaraçava com legalismos
6 – Cumprir ordens? Só as votadas pelos soldados
7 – Quando era a 5ª Divisão quem mandava
8 – Cercos e chaimites
9 – Lembram-se do cinema Universal?
10 – Antes o Trinitá que o Garganta Funda
11 – O roteiro dos cafés, cada um com a sua tribo
12 – A diferença entre a boîte e a discoteca
13 – Do Botequim ao Procópio
14 – E que tal nacionalizar o teatro também?
15 – Televisão? Dois canais, seis horas por dia
16 – A cantiga é uma arma e eu não sabia…
17 – Os Genesis e a alienação capitalista

Leia o artigo Quando a noite caía o PREC renascia

Share

Deixe Uma Resposta