Nov 22 2014

Está de regresso

Publicado por as 16:04 em Geral

Reportagem no XVI Congresso Nacional do PS.

Share

14 Resposta a “Está de regresso”

  1. ulisses diz:

    Dese tivesse metido os 20 milhoes na fundaçao da familia soares, nao teria sido preso

  2. Manelli diz:

    Onde é que andam os postadores habituais deste blog, que não dizem nada?
    Ou só o sabem fazer em relação a tudo o mexa ou que possa ser dirigido à gestão autárquica de J. R. da Câmara de Beja?
    Desculpem-me o desabafo.

  3. JR diz:

    Indiciado, arguido e culpado são as três fases processuais e ainda não julgado nos tribunais.

    Porém na opinião pública face ao mediatismo já está julgado e culpado, sem se saber ainda rigorosamente nada e nem sequer as medidas do juiz.

    É o país que temos …

  4. Adão diz:

    MANELI– não se esqueça que nas Camaras também existem muitas replicas de Socrates , independentemente da cor politica.

  5. Veneno diz:

    E é só em relação a J. Sócrates que tal acontece?
    JR, onde é que tu andavas quando aconteceu o mesmo com outros, alguns que nem sequer tiveram nada com a justiça?

  6. Maria vai com as outras diz:

    JR: Com que então agora no caso de José Sócrates já conta a ética e a cidadania.
    Ou seja, dois pesos e duas medidas, consoante aquilo que interessa.
    Viva a democracia e os democratas.
    E ainda houve neste país quem acreditasse que era possível construir aqui o socialismo.

  7. jaquim diz:

    A justiça Portuguesa é mesmo lenta…..

    Se isto tem acontecido à 10 anos, não estaríamos como hoje estamos.

    Era demasiado fumo, sem qualquer fogo, não acham?

    Licenciatura, freeport, monte branco, amiguinho Vara etc, etc…. era demais!

    E eis que eles estão de volta!

  8. Horacio diz:

    Pois é… o que temos.
    Uma cambada de mentirosos, ladrões e curruptos!
    Tem sido assim e assim vai continuar… infelizmente.

    É o país que temos…

  9. Veneno diz:

    “O candidato socialista a primeiro-ministro, António Costa, foi eleito secretário-geral do PS com cerca de 22700 votos, correspondentes a 96%, anunciou na noite de sábado o presidente da Comissão Organizadora do Congresso do PS.” sic

    Ao contrário do que aqui neste blog é dito e redito, pelos vistos não é só na Coreia do Norte ou em Cuba que os secretários-gerais dos partidos são eleitos com tão grande unanimidade e expressiva maioria.

  10. Luís T diz:

    Há dias foram uns fulanos de meia tigela detidos por irregularidades infundadas, ouro negro ao que se diz.
    Agora temos este fulano – no momento em que escrevo ainda não se sabe que medida de coação lhe será aplicada – que se diz que andou a branquear umas coisas.
    Há centenas de outros que – branqueando ou enlameando – deveria estar presos, mas nem indiciados foram. Usam e abusam dos cargos públicos em proveito próprio com um impudor desconcertante. A falta de período de nojo que revelam quando saem de cargos públicos é uma vergonha. É claro que o sistema está feito assim, propicia a atividade a estes saltitões.

  11. máfia vermelha diz:

    Mais vale tarde que nunca. Siga, toda a escumalha da direita á esquerda que roubou e rouba, PA DENTRO!

  12. ulises diz:

    Máfia vermelha : deves ser ortodoxo ou estalinista já o meu pai diz , estás começado mas não acabado filho. a que ter respeito por aqueles que fizeram alguma coisa por Portugal bem ou mal , se queres Pa dentro vai ás autarquias tem lá muitos.

  13. marta diz:

    Esse Mário soares foi hoje ver o eng? Sócrates á cadeia de , Évora ele e o filho e que deviam estarem presos á anos esses sim.

  14. Veneno diz:

    “O XX Congresso do PS terminou o primeiro dia de trabalhos com a votação por unanimidade da moção estratégica de António Costa.”

    Onde é que aqui andam os “democratas” e escribas deste blog que chamavam aos outros mesmo não sendo comunistas, Comunas, Cubanos, Coreia do Norte, Rebanho de ovelhas, etc, etc, etc, ….
    Porque é que se calaram agora subitamente?
    Sim, porquê?

    PS: Com o aval do J. Espinho, irei colocar este post mais à frente, para debate. Isto se houver, quem o queira fazer.