Nov 17 2014

Beja é um pombal

Publicado por as 21:16 em Geral

pombos

Share

19 Resposta a “Beja é um pombal”

  1. JR diz:

    É urgente atitudes práticas e concretas para fazer decrescer esta triste e perigosa realidade, na cidade de Beja.

    Tem a palavra a gestão comunista da Câmara Municipal de Beja, esta é uma matéria de intervenção mais do que justificada em prol dos cidadãos !

  2. mike fox diz:

    Os pombos são em si uma praga,são portadores de inúmeras doenças, e, só fazem merda…

  3. Joana Amaral diz:

    Senhor JR você já mete nojo com essa sua conversa… fosca-ssssssssssssse!

  4. Vai lá vai diz:

    Até porque só há pombos em Beja desde esta gestão comunista.

  5. ulises diz:

    Deixem-se de brincadeiras uns com os outros , isto e um problema de saúde publica em tem que ser resolvido, não deem culpas a ninguém, ajudem-no sim a resolver se poderem.

  6. Veneno diz:

    Este que já foi um dos blogs de referencia da cidade, com estas lutas encarniçadas e o radicalismo de alguns está a perder qualidade. Tornando-se cada vez com menos interesse.
    E é pena, porque J. Espinho não o merecia.
    De um sitio de troca de ideias e opiniões, tornou-se num autentico campo de luta politica onde tudo vale.
    Em que os apoiantes de JPV estão constantemente ao ataque, disparando com tudo o que têm à mão e contra tudo o que mexe e que julguem não estar do seu lado, tentando a todo o custo que as suas verdades sejam as oficiais. E em que os principais visados, os apoiantes de JR e do atual elenco autárquico, respondem em contraponto com todo o sarcasmo do mundo.

    Não, não é desta forma que Beja e o seu concelho irão a algum lado. Decididamente.
    E o Veneno sou eu?

  7. João Espinho diz:

    Espero, brevemente, ter ultrapassado as barreiras que não me deixam continuar fazer do praça “um dos blogs de referencia da cidade” . Já gora, quais são os outros blogs de referência da cidade? ,

  8. ulises diz:

    Isto sim é um blog, pelo menos podemos dizer aquilo que queremos sem represálias, e se tu não gostas não escrevas que eu agradeço. Amigo continua sem medos estaremos sempre prontos pró combate. Este blog que eu saiba não e da câmara de beja não.

  9. CC diz:

    Quem resolve o problema desta praga que põe em causa a saúde pública e que cresce diariamente.

    Digam quem ???

  10. Teixeira diz:

    VENENO–você deve ser daquele conjunto de pessoas que aprovaram por unanimidade a resolução politica e eleição da Direcção de Organização Regional do PCP.Até ultrapassam a Coreia do Norte aonde as votações andam normalmente nos 99,8%.
    Um rebanho de ovelhas não faria melhor.

  11. Rato dos Pomares diz:

    O problema dos pombos nas cidades (aqui e por todo o lado) explica-se com facilidade. disponibilidade de alimento, disponibilidade de locais para a nidificação e segurança, ou seja, ausência de predadores. É assim durante a actual gestão comunista, foi assim durante a gestão do PS, e durante a gestão anterior, também. O pombo em questão é a forma doméstica do pombo das rochas, espécie que está praticamente extinta na sua forma pura (fenótipo original). O único local em Portugal onde existem pombos das rochas “puros” é a costa alentejana e vicentina. Porquê? Porque sempre que chega um pombo das rochas “formato doméstico” carregado de “genética doméstica” e que a voar parece um calhambeque, se comparado com os Ferraris residentes, um dos falcões preregrino que por lá vivem (será o local em Portugal com maior densidade de falcão peregrino), faz-lhe a folha. Simples. Onde o homem não intervem, a natureza encarrega-se de exigir excelência, aos que querem sobreviver. Na minha modesta opinião, um casal de falcão peregrino resolvia a questão. Existem locais adequados (torres) para a sua instalação e a experiência não seria inédita. Problema: A columbófilia. Estou capaz de apostar que o falcão prefere caçar um trôpego pombo das ruas quando este faz as sua incursão matinal ao comedouro, do que um musculado e com turbo, pombo de columbofilia. Porquê? Porque como ainda não existe Cáritas Diocesana nem Santa Casa da Misericórdia para os falcões, estes comem o que lhes dá menos trabalho a caçar. Se qualquer das formas também não meto as mãos no lume. Seguramente mais cedo ou mais tarde o tal borracho, filho de campeão e neto de campeã, vai voar pendurado. Nesse dia toda gente se vai esquecer que aquele falcão comeu 400 pombos num ano e vão querer crucificá-lo porque é a desgraça dos columbófilos. Já estou a ver a cara de alguns… “Este gajo é um lírico”. Envenena-se a bichesa e pronto. A estes sugiro que vejam os resultados das campanhas de controlo da população de gaivotas das Berlengas. Foi há 20 aos atrás e hoje existem 20 vezes mais. A reter: Comida, dormida e “casinha” com descanso para “fazer o amor” e para criar os frutos!

  12. Maria vai com as outras diz:

    J. Espinho, peço desculpa de me meter pelo meio, mas concordo com Veneno. E refiro entre outros por exemplo o Alvitrando.
    Pois embora o grupo afecto a JPV também o use para a sua guerrilha e propaganda, não é tão intensa como aqui. A ponto de quando aqui venho, a sensação que tenho é que a Praça da República se tornou no seu orgão oficial.
    Isto embora reconheça, que pouco ou nada poderás fazer para o evitar. Salientado contudo por vezes tu também colaboras um pouco nesse tipo de panfleterismo.
    Cito o caso do Profº Dr Vito Carioca, que aqui sofreu uma tentativa ignóbil de destruição pública e foi trocidado como nunca me lembro de mais ninguém, até à exaustão; tendo-se inclusivé posto em causa a sua competencia, carreira académica e vida pessoal. Apenas por um único motivo, deu-lhes uma nega, não alinhou e não vai alinhar nunca com o grupo de JPV.

    Teixeira: Também no seu caso, concordo com Veneno: Quem não estiver do seu lado, é comuna, Coreia do Norte, cubano, antidemocrático, JR, rebanho de ovelhas, etc, etc, etc…

    É pena que mais de um ano depois, pessoas como você ainda não tenham percebido porque perderam as eleições.
    Mas já agora eu explico-lhe mais uma vez. O PS por si só nunca as conseguirá ganhar.
    Pois tal como aconteceu há 5 anos, precisa de captar eleitores independentes ou do espaço politico que se encontra entre o PS e incluivé do PSD.
    E não é hostilizando-os desta forma e apelidando-os de comunas, que os conseguem atrair.
    Antes pelo contrário, e “JR e sus muchachos” agradecem.

  13. Palhaçada diz:

    Peço desculpa, mas vocês pretendem que isto seja um local de culto onde veem rezar um Pai Nosso e uma Avé Maria diariamente??

    Sendo este um espaço de opinião, respeitem a opinião uns dos outros e deixem que cada opine da forma que lhe apetece e segundo a leitura que faz de cada tema lançado a debate! Muito se condena que se fala daquilo que se passa na câmara e se fale de politica mas, já por aqui vi outros temas lançados a debate sem qualquer tipo de comentário! Então porque é que os indignados que aqui andam não aproveitam esses temas para comentar???

    Ora façam-me um favor! Melhor façam um favor a vós próprios e comentem calados que temos todos a ganhar com isso. De falsa modéstia está o mundo cheio.

    Sr. Espinho no dia em que pensar fazer do seu fantástico blog um local de censura, onde bloqueia acessos ou onde exclui opiniões garanto-lhe que será a morte anunciada do Praça, que já tanta informação útil deu a cada munícipe desta cidade, pena que a maior parte deles mais pareçam um rebanho de ovelhas do que munícipes com 5 dedos de testa.

  14. Teixeira diz:

    MARIA …. é absolutamente redutor tentar circunscrever o pensamento das pessoas ao JPV ao JR aos comunas do PSD , etc , etc.
    Existem muitas pessoas que não estão enquadradas nos movimentos politicos tradicionais.

  15. anonimo2 diz:

    Maria, deixe lá outros problemas e o Dr Vito para outras núpcias, que de virgem impoluta, nada tem, bem pelo contrário e discutamos as questões do momento, presentes. O que fazer com os pombos? Lembro que por diversas vezes foi feito um controle ao nº de aves, por diversas formas, com melhores ou piores resultados. Agora nada fazer…

  16. Maria vai com as outras diz:

    anonimo2: A questão que se estava a tratar, e porventura tão ou mais importante do que os pombos. Pois quanto a esses as autarquias têm ou deveriam pessoal pessoal técnico com formação para monotorizar e gerir esse problema. Nada tem a ver com o Dr Vito. Pessoa que eu até não conheço pessoalmente e até poderá ter todos os defeitos do mundo. Mas sim, com a ética e cidadania.

  17. Mário diz:

    Pelos vistos, até os pombos esticam para a politiqueirice citadina de Beja. Aliás tudo estica.
    Que mais irá acontecerrrr…

  18. anónimo diz:

    M V com as Outras, e nem sequer conhece a pessoa, fará se conhecesse! Sem dúvida que é um assunto importante, basta perguntar às dezenas de professores e funcionários despedidos sem sequer verem os seus direitos respeitados, enquanto outros foram, ao que parece, promovidos…Infelizmente, ou não os dois filhos que tenho, um está a estudar fora de Beja e o outro também não quer estudar em Beja, mesmo havendo curso na área que quer seguir. Mas deixemos as questões do Dr Vito para quem de direito. Uma coisa é certa, tem de se controlar os pombos e também outras aves. A autarquia e as autoridades de saúde pública têm de encontrar uma solução.

  19. Horacio diz:

    Quando eu era pequeno a minha mãe fazia uns pombos de cebolada….

    É o país que temos…