Jul 10 2014

Descubra as diferenças

Publicado por as 4:00 em A minha cidade

rua_cheia_2014

Compare as programações das noites de Verão em Serpa e em Beja. Descobriu as diferenças? Não? pois claro…

noites ao fresco

Programação em Beja (aqui)

Programa em Serpa (aqui)

Share

17 Resposta a “Descubra as diferenças”

  1. Maria vai com as outras diz:

    Se as noites da Nora em Serpa são um marco no panorama cultural na região durante o verão, que mal fará a quem teve a ideia de as fazer, agora que está em Beja as replicar aqui?
    Deveria era haver um acerto de datas entre as duas autarquias, para que os espectáculos não colidam uns com os outros.

    Esperemos é que os exemplos de Serpa não fiquem só pelos espectáculos, e que o centro histórico de Beja algum dia esteja também como está o de Serpa.

  2. João Espinho diz:

    @maria – não leu o que eu escrevi. Compare as “Noites ao Fresco” com as “Noites de Rua Cheia”. As Noites da Nora pertencem a outro campeonato.

  3. JR diz:

    Mais umas ” bicadas ” no orçamento camarário sem concursos e toca a andar para pagar favores da campanha do ano anterior …

    Onde anda o presidente que ninguém o vê ? Já está em férias e de banhos ou não sai da cervejaria na Praça da República ?

  4. nn diz:

    Ó homem (jr)você já chateia,meta na cabeça que perdeu as eleições.
    Daqui a 3 anos,se a malta não gostar do trabalho feito,ou não feito….RUA
    Agora pare de fazer Beja vitima do JR,porque com o PV a merda foi a mesma ou pior.
    O ps teve a oportunidade e não aproveitou,agora como dizia o outro,PORQUE NÃO TE CALLAS….

  5. Atarantado diz:

    @nn… o pior é que o antigo teve oportunidade de fazer melhor e de facto fez… foi graças à vergonhosa coligação PSD/PCP que conseguiram novamente ganhar a CMB (entre várias outras coisas…), por isso creio que essa tao afamada frase seja melhor dirigida a si e a tantos que pensam como o senhor, existem mais cores no mundo para além do vermelho.

  6. Alter Ego diz:

    E…?

  7. Topas diz:

    Os defensores de JPV & Cia, ainda acabam por valorizar JR & Cia, com este tipo de oposição cerrada e recalcitrante.
    Já não há pachorra para os seus comentários sempre iguais e rebuscadamente à procura de uma ponta qualquer por onde pegar.
    Se porventura fizessem uma oposição mais inteligente e sobretudo mais decente, será que não iriam conquistar outras pessoas para o seu lado, que não apenas eles próprios?

  8. Alter Ego diz:

    @JR ou JPV,
    Você deve estar com umas saudades do João Rocha que só visto!. Está farto de implorar para ver o homem, isso deve ter algo de patológico. Marque consulta com o Dr Barriga que ele já tem o diagnóstico feito, é só ir aviar a receita, que para não variar, são pastilhas Rennie. Muitas pastilhas Rennie.

  9. nn diz:

    Atarantado o nome está bem metido,tal não é a confusão nessa cabecinha.
    Deve ser mania de perseguição,ou então alguma fobia ao vermelho.De facto
    vermelho mas do GLORIOSO,essa vossa mania de que, quem discorda de vocês
    terá obrigatoriamente de ser vermelho,só já pode ser doença.
    Viver em democracia,é saber respeitar a diferença na opinião,e não rotular as
    pessoas porque pensam de maneira diferente.De uma vez por todas deixem o
    homem trabalhar,vai no 1º ano;se nos outros 3 que faltam se não deixar obra feita,
    cá estão os vermelhos como me apelida,para o porem na rua,leu bem na RUA.
    Até lá engula o sapinho,deixe estas supostas alianças,porque quando o P.V. ganhou
    o discurso era precisamente o contrario(aliança ps/psd) eu bejense de alma e coração
    não vou atraz de alianças nenhumas,e pelo visto não só eu como felizmente neste caso
    a maioria dos bejenses.
    Daqui a 3 anos há mais não se chateie,outros artistas subirão ao palco e nós cá estaremos
    para os julgarmos em consciência,pelo menos no meu caso;e não embarcar em cores politicas
    que obviamente é o caso do amigo atarantado.

  10. Chato diz:

    Eu acho muito bem que copiem o que de melhor se faz noutros lados, para ver se em Beja também pega. O que não acho bem é a forma como as coisas estão a ser feitas.. será que os fins justificam os meios? Será que para isso temos de atropelar as pessoas?

    Já agora, eles que copiem a cultura de Serpa (até parece que Beja não tem ponta por onde se lhe pegue, por forma a ser original…), mas por favor não copiem o “brutal enorme” buraco nas contas da câmara que Serpa tem!
    Ah! E já agora, façam-no de forma legal.. afinal é com o meu (nosso) dinheiro que estão a fazer estas coisas ok? O pessoal agradece!

  11. máfia vermelha diz:

    O que não se fala são dos custos….. Festa e copos para o povo esquecer a crise das Autarquias.
    A CM Serpa na sua ultima Assembleia aprovou um empréstimo de 4 milhões para pagar divida de curto prazo, com apoio do PS!
    Não renegociou a divida como o PCP proclama…. e o incrível ocorre nos números que apresenta: diz o Boy Pires que se deve a investimentos nos últimos 7 anos…. ora se assim fosse a Câmara teriam sido investidos no concelho mais de 120 milhões, pois tem apoio em cerca de 85%. Em Serpa nos últimos 3 anos gastou~se mais de 3 milhões em Festas, uma aposta para amigos.
    Aqui está a acontecer o mesmo, oposição fraca, números escondidos, faz-se tudo. Veja os arquitectos destas almas, noites…. dar trabalho/dinheiro à malta que colabora e que tem empresas na área, parece a máxima que se está a aplicar em Beja. O Rocha sabe criar oportunidades aos oportunistas.

  12. Atarantado diz:

    @nn… pois bem, bejense como é… então tente explicar-me de que forma uma pessoa que nem sabe sequer onde são as freguesias da cidade, que deixa uma terra como Serpa (onde nao vejo potencial para tamanho investimento económico) lhe deixa uma divida na ordem da dezena de milhõoes de €, que é conhecida pela sua pouca honestidade enquanto dirigente consegue ser eleita para presidente da CMB por “bejenses” como você… Em relação às “supostas” alianças, só com palas nos olhos é que não vê que elas existem e não como no anterior executivo, pois para além de serem mais e mais acentuadas, uma aliança entre partidos centristas é relativamente comum e não uma aliança de direita com extrema esquerda. Visto isto não creio que se trate de engolir sapinhos mas sim de defender os meus ideais políticos e morais, não querendo já enredar pelo caminho do caricato episódio que se passou nos Mega Agrupamentos.
    A cor vermelha no nosso Alentejo, pelo menos a associada à foice e ao martelo, será sempre manchada de tristeza, injustiça e sofrimento, por isso não me venha falar em fobia pois se tivesse sofrido o que muita gente sofreu às mãos do Comunismo, acho que nem se atreveria a falar em doença, pois só fala assim quem não sabe, quem se esqueceu (que aparentemente vai afectando muitos no nosso distrito) ou quem de facto lucrou alguma coisa com isso.
    Como bejense que sou, é de esperer que me chateie com o estado deteriorado em que já vai ficando a minha Cidade e apesar de os partido serem feitos de pessoas, o partido vermelho já há aguns anos que demonstra o tipo de pessoas que o compõe.
    Quanto à sua afecção futebolística, partilho.

  13. Alto lá diz:

    Alter Ego!Já há algum tempo que não o “via”! quando não há argumentos passa-se para a desconversa não é? guarde lá as rennies e tome antes omeprazol que já deve estar enjoado dessa história!

  14. Capice diz:

    @Topas, diga-me por favor, o que é uma oposição decente? a mesma que foi feita pelo bloco da CDU?

  15. facal diz:

    Falam falam mas todos têm os seus telhados de vidro. Vejam lá em Almodovar que o PS ganhou nas últimas eleições. Para organizar os espectáculos da Facal contratou por 55 mil euros mais iva uma empresa que tem a sua sede num 2º andar de Beja e que foi constituída há menos de dois meses, no dia 20 de Maio. Não é ilegal mas mais uma vez benditos ajustes directos. Abaixo os concursos públicos.

  16. nn diz:

    Atarantado para terminar visto que como disse defende os seus ideais politicos,
    o que eu não faço, que como já lhe disse a merda é a mesma.Posso pegar no caso
    do nosso querido Moedas bejense de gema,que disse que ia por Beja no mapa,e
    veja no que deu,e esse de certeza que conhece as freguesias da cidade logo como vê
    não passa por ai.
    O que se passou a seguir ao 25 de abril foi mau e triste,mas tambem convem não esquecer
    o antes do 25 de abril onde tambem houve muita gente que sofreu as mãos de certa gente
    tambem por serem comunistas.
    Não veja só um dos lados houve porcaria antes e depois como já lhe disse,digo novamente para
    não ficar com ideias,foi triste mau e em alguns dos casos revoltante.
    Agora o que fica bem patente,é a sua cor rosa(vermelho desmaiado) e você não fala como bejense,
    mas sim como adepto da tal cor;porque se assim fosse concerteza que no mandato do pv você teria
    que ter escrito algo contra o que de certeza não fez.Capitche.

  17. Atarantado diz:

    @nn… sou tão vermelho desmaiado como vermelho amarelado, mas ao contrário do que diz, principalmente sou de Beja. Penso não ser preciso enumerar aqui a quantidade excessiva (porque para ser demasiados bastava apenas um) de protocolos e acordos que “fugiram” de Beja sob a gerência Comunista, o nível de terrorismo político que neste momento se vive na CMB (o mesmo até retratado e recriminado por trabalhadores comunistas), a quantidade de valores duvidosos já apresentados nas contas municipais e o nível de de debate e sabedoria por parte do bloco da CDU que até nas actas das reuniões de Câmara se pode constatar a quantidade absurda de assuntos “adiados” por falta de conhecimento ou de interesse… e isto (tudo isto) apenas num ano de mandato, como diz.
    Quanto ao Moedinhas, consegue ser uma das pessoas mais desprezíveis que temos no nosso governo (ainda que nao seja só) que nunca será de Beja, de S. Bento ou até do PSD, foi e sempre será o mais fiel adepto do seu próprio umbigo, não creio que seja um bom caso para se pegar.
    No “pré-25 de Abril” não eram apenas os de vermelho que sofriam, foi um povo composto por todas as cores, um povo silenciado e castigado em prol de um Ditadura que deixou marcas até aos dias de hoje… mas, ao contrário do que diz, nem tudo foi negativo nesse período e penso que terá de concordar comigo (nem que seja pelo facto de Salazar ter sido um dos grandes responsáveis pela não saída do Pantera Negra do Glorioso…).
    O mandato do JPV teve, como todos têm, coisas boas, coisas menos boas e coisas más. Sempre vivi em Beja e posso com toda a certeza afirmar que se viveram tempos melhores, o que muita gente não gosta de admitir pois foram muitos os que perderam um “subsídio” que desde há muitos anos tinham ou simplesmente porque, como já disse, a cor é só uma. Claro que respeito quem tenha opinião diferente, mas os números falam por si e esses felizmente (ou infelizmente para alguns) não enganam.

Deixe Uma Resposta