Arquivo de Fevereiro de 2014

bom fim de semana

28 de Fevereiro de 2014

florianda
foto: luig werk

Share

Hoje há Diário do Alentejo

28 de Fevereiro de 2014

DA 28 fev

DA_28fev2014 reportagem(1)

Share

20 anos de alpha-jet

28 de Fevereiro de 2014

20 anos alpha jet_n

Share

Paco de Lucia

26 de Fevereiro de 2014

Share

Midnight

26 de Fevereiro de 2014

Share

Beja – Assembleia Municipal

25 de Fevereiro de 2014

Diz-se que hoje, dia 25 de Fevereiro, houve sessão ordinária da Assembleia Municipal. A “coisa” foi anunciada? Divulgada? Qual era a ordem de Trabalhos? Calculo que, excepto os eleitos, a casa estaria vazia. E o Grupo Municipal do PSD fez intervenções? Se sim como é que podemos saber?
Apetece perguntar: A AM de Beja existe?

Share

BEJA – Carnaval começa mais cedo

25 de Fevereiro de 2014

tolerancia ponto vigilia

Os trabalhadores da autarquia bejense têm tolerância de ponto para, no dia 27 de Fevereiro, irem às compras a Lisboa ….. uuups, irem a Lisboa protestar contra o governo. Será que vão no autocarro do amor*?
E viva a festa!!!!!!

*autocarro cedido pela Câmara

Share

Correio do leitor

25 de Fevereiro de 2014

Isto tem a ver com “algo” que se passa na nossa cidade

Uma história infantil que não devemos contar aos nossos filhos
“No tempo em que as formigas e as cigarras falavam e os porquinhos construíam casas, os lobos eram vistos como vilões que assustavam as criancinhas durante os seus sonhos. Todos os animais do reino sabiam que naquele caso, aquele lobo em particular, era realmente mau e prepotente e por isso, com medo de o enfrentar, prestavam-lhe vassalagem com um breve baixar de cabeça, referindo, sempre que podiam publicamente, a forma maravilhosa, culta e inovadora que o lobo reinava.
Um dia, incomodado com o que os leões poderiam fazer ao seu reino, o lobo decidiu que deveria partir numa viagem para tentar negociar com as hienas uma aliança forte, pois acreditava que juntos poderiam dar ao seu reino, o desenvolvimento que nunca os animais que ali habitavam tinham visto! E assim foi. Ao partir, deixou outros lobos mais fracos e débeis no seu lugar. Esses lobitos levados pela ganância e pela pouca inteligência começaram eles a ocupar os lugares de responsabilidade e chefia existentes no reino: “É necessária confiança por parte do lobo chefe” – diziam eles “Tu já não serves para este lugar!”. E assim começaram a afastar os outros animais que sempre tinham mostrado provas do seu trabalho.
As girafas, os hipopótamos, as avestruzes e todos os outros animais começaram a ficar tristes e desiludidos. Nada lhes era dado para fazer. Não havia propósito em levantar cedo, cumprir horários. Todo o trabalho lhes tinha sido retirado e assim vagueavam pelo reino do lobo.
Aliada a toda esta confusão, também não se podia confiar nos babuínos. Se dantes apoiavam os leões, agora idolatravam os lobos. “Vira-casacas!” – diziam uns “É a lei do mais forte” – diziam outros. A desconfiança e o medo estavam instalados.
Ao mesmo tempo, os lobitos humilhavam os outros animais: às girafas pediram que procurassem minhocas, às avestruzes pediram que voassem e aos hipopótamos mandaram que caçassem borboletas.
Neste momento, o reino, outrora próspero e verdejante, começa a ficar cinzento e seco. O lobo, que entretanto conseguiu uma aliança com as hienas, começou a frequentar outras paragens, outros reinos e outros afazeres, sem se preocupar com o seu próprio lugar.
O reino, que tinha visto promessas de desenvolvimento, afirmação e prosperidade, começa a ficar ingovernável. Os animais do reino começam a ficar doentes, fracos e desesperados.
Alguns revoltam-se, outros calam-se com medo de represálias. Ninguém ousa criticar o lobo, temendo ser a sua próxima refeição.
Como acaba esta história? Neste momento é impossível dizer. Será certo que o reino nunca será o mesmo. Alguns animais já começam a partir, procurando outros pastos. Uns porque assim o quiseram, outros porque foram obrigados. Resta aos animais que ainda existem no reino esperar por melhores dias, por mais lucidez, por mais inteligência!
Neste momento, está o leitor a pensar: “parece que conheço esta história de algum lugar”. Fique descansado. Esta é apenas a história infantil que não deve contar aos seus filhos. Mas cabe-lhe a si mudar o rumo da mesma.
Nota: Qualquer semelhança entre esta história e os saneamentos em empresas, muito em voga noutros tempos apregoado o bem colectivo, mas efectivando apenas o poder e regalias de alguns é pura coincidência.
Assinado: o hipopótamo que desde Outubro tem como missão caçar borboletas”

Nota do editor do blog: Vejam os caros leitores se descobrem quem são os “animais” retratados nesta “história”.

Share

O Extermínio dos Ucranianos pelos comunistas

24 de Fevereiro de 2014

Share

Domingo #281

23 de Fevereiro de 2014

domingo500

Share

40 anos depois…

22 de Fevereiro de 2014

No Congresso Marcelo recordou os momentos da fundação do partido – quando, com uma “barba de Marx” andou “pelos telhados de Beja”, a fugir aos adversários que boicotavam os comícios do PSD.
Saberá Marcelo que os adversários de então são hoje os aliados do PSD/Beja hoje o PSD/Beja está aliado aos seus antigos adversários?

Share

bom fim de semana

21 de Fevereiro de 2014

nude ART PHOTOGRAPHYbom fim de semana
foto: art-of-nude-photography

Share