Nov 09 2013

Berlim 9 de Novembro 1989

Publicado por as 8:00 em Geral

9 novembro 1989 brandenburger Tor

Ler Chronik der Mauer

Share

14 Resposta a “Berlim 9 de Novembro 1989”

  1. Zé da Fisga diz:

    Dentro de precisamente um ano, tenha eu saúde, espero estar nas Portas de Brandenburgo nas comemorações do 25.º aniversário da queda do Muro de Berlim. O maior exemplo, para a minha geração, do triunfo da liberdade.

  2. OLD BOY diz:

    Caiu o Muro de Berlim…… mas outros se levantaram!
    Desde essa data na Europa e no mundo, a vida dos cidadãos alterou-se radicalmente, mas infelizmente, nem sempre e nem para todos no bom sentido! Caiu o Muro de Berlim, parede de cimento e betão, mas infelizmente, outros tão o mais tenebrosos se ergueram e aí estão dificultando a vida às pessoas.

  3. Paulo Nascimento diz:

    Neste momento há muita juventude , filhos de quem viveu na ex RDA , que olha para a vida que os pais tiveram com inveja.

    Não tinham liberdade politica, mas tinham outras coisas. A começar pelo emprego, que por muito que fosse mal pago sempre era melho que a miseria de siciedade em que vivem hoje.

    Quantos alemães de leste não se terão já arrependido.

    È pá desculpem lá, isso do muro foi só a brincar, deê-nos tijolos que a gente arranja tudo outra vez.

  4. OLD BOY diz:

    @Paulo Nascimento:
    Não seja masoquista, caia na real!
    Já agora diga-me: Quantos alemães cá deste lado “fugiram” ou tentaram saltar o muro para o lado de lá?
    Quanto ao desemprego lembro-lhe que ele na Coreia não existe! É isso que quer ?
    Concordo em absoluto com o derrube do Muro de Berlim, pelo que ele significou para a liberdade dos povos, mas não posso deixar de considerar que a partir dessa data muitas modificações se deram na Europa e nem sempre no sentido da harmonia, da
    igualdade e da prosperidade dos povos, quer eles sejam do leste ou do oeste, do norte ou do sul.

  5. Snoopy diz:

    “Não tinham liberdade política, mas tinha outras coisas. A começar pelo emprego, que por muito mal pago que fosse era melhor que a miséria de sociedade em que vivem hoje”.
    Minha alma tá parva!!!
    Com Hitler também não havia desemprego. Por esta lógica era suposto as pessoas estarem felizes só por isso.
    Aliás, se alinharmos pelo mesmo diapasão, por que carga de água, derrubámos o Prof. Marcelo Caetano? Também havia pleno emprego em 1974, embora os salários fossem uma miséria e os direitos sociais inexistentes!
    Cá havia Censura? Lá também! Cá havia Partido Único? Lá também. Cá havia Polícia Política altamente repressiva? Lá também. E consta mesmo que os métodos da STASI seriam bem piores que os da PIDE/DGS.
    Ou devemos pensar que as pessoas são felizes e livres nas ditaduras de esquerda/comunistas e infelizes e oprimidas nas ditaduras de direita/fascistas?
    Como democrata, não me revejo, nem apoio, qualquer ditadura política, seja de que quadrante for!
    Veja, caro Paulo Nascimento, o filme “As Vidas dos Outros” e vai compreender melhor o porquê da queda do muro de Berlim e vai verificar que mesmo passada quase uma geração, o regime deposto não deixou, nem deixa, saudades.
    @Blue Eagle: Posso ir consigo a Berlim, pró ano?

  6. João Espinho diz:

    @paulo nascimento – as barbaridades que tu dizes. Se não tivesse alguma consideração por ti terias que ouvir algumas coisas nada simpáticas. Enfim, vai a Berlim e tenta perceber o que se passou. As marcas estão lá todas.

  7. RUSTICO diz:

    @OLD BOY, @SNOOPY e @JOÃO ESPINHO:
    Não há argumentação que resulte ou sirva, para “desmontar” individuos como Paulo Nascimento: Ainda vivem “noutra onda”
    ou simplesmente não acordaram para a realidade do seculo XXI. O mais grave e triste é que, como aquele velho condutor que
    ia em sentido contrário na auto estrada e diz que se cruzou com inúmeros veículos em contra mão, também Paulo Nascimento
    e alguns outros, se julgam certos e a maioria, no seu ponto de vista, está errada! Mais triste que um cego, é aquele que não quer ver! Como diz @João Espinho, as marcas estão lá todas; eu fui a Berlim em 2003 e verifiquei “in loco” as diferenças que
    perduram para além da queda do muro: Só não vê ou não admite, quem não quer!
    Reduzir a queda do muro à existência de emprego ou desemprego é o mesmo que atribuir culpas aos ciganos pela falta de
    movimento no aeroporto de Beja.

  8. serafim anjlo diz:

    Aqui em Berlim, podemos ver com os nossos olhos os resquicios das duas ideologias totalitárias e criminosas que dominaram uma boa parte do século XX.O Comunismo e, o Nazismo ou Nacional-Socialismo .As diferencas, nao sao tao grandes como ás vezes se possa pensar!!! Quando visitarem a cidade procurem visitar um Campo de Concentracao Nazi e,o que resta da sede da Gestapo.Depois se no
    mesmo dia ainda conseguirem vao visitar a sede e,prisao da STASI a Policia Politica Comunista.As visitas costumam ser conduzidas por
    um ex-preso.Com o qual se pode dialogar,e que nos esclarece como funcionava a modelar sociedade socialista alema.

    No fim depois de tudo se conseguirem ,respirem fundo!!!

  9. João Espinho diz:

    “depois de tudo se conseguirem ,respirem fundo!!!” nem mais. Obrigado pelo contributo.

  10. black sheep diz:

    Paulo Nascimento:
    O “post” sobre vinho está mais acima.

  11. Paulo Nascimento diz:

    @João

    Já fui a Berlim, vi as marcas de que tu falas, e falei com muitos alemães , alguns meus familiares.

    ..

    Devo esclarecer que não defendo a RDA, nem nenhum regime totalitário seja lá qual for a fantasia que o alimente.

    Apenas quis apontar um sentimento que existe na Alemanha , em particular na RDA. o Saudozismo, ou melhor o romancear de uma ditadura passada.

    Saudozismo que cresce da juventude que não viveu esses tempos, e não nos que tiveram de viver sob esse regime.

    Tal como se passa hoje em Portugal, com os saudozistas do Estado Novo, sendo que alguns desses estão hoje no poder.

    O Muro de Berlim marcou o fim de uma ditadura, mostrou ao mundo que não se pode governar um povo contra a sua vontade.

    O Regime da RDA, á semelhança de outros regimes , sobreviveu com base em propaganda ideologica, tal como o regime nazi / sovietico e afins. e a partir de certo momento só com recusro á força é que se podia manter. uma vez que a realidade rapidamente demostrou que aquelas ditaduras não funcionavam.

    O grande triunfo do capitalismo não foi a liberdade, nem a democracia, nem a sociedade ser melhor. foi apenas a forma mais subtil de se impor.

    No Capitalismo, não se prendem jornalistas, compram-se.

    No Capitalismo, não se prendem opositores, despedem-se , ou corta-se-lhes os fundos.

    No Capitalismo, não se prometem amanhãs que cantam, afirma-se que o mundo é uma selva e que têmos de nos tornar animais.

    No Capitalismo, não se faz propaganda, faz-se publicidade, e paga-se a mercenários, jornalistas ou comentadores, para desacreditar a oposição.

    No capitalismo, não há pobres, há carenciados.

    No capitalismo o desemprego e fome de uma quantidade significativa da população é algo propagandeado como natural. enquanto um numero reduzido de parasitas vive opulentamente com a riqueza que outros produzem.

    No Capitalismo em vez das filas para comprar o pão como na União Sovietica, temos as filas á porta das instituições de caridade para ter pão.

    No Capitalismo até se paga o mesmo ordedando para toda a gente, como acusam os Comunistas de quererem fazer. Sejas um Enfermeiro, ou um Telefonista, ou um Mecanico, levas com o ordenado minimo, ou pior ainda, com recibos verdes.

    No Capitalismo usa-se a força, como ultimo recurso, mas sempre sob a capa de combate ao terrorismo ou banditismo, nunca contra forças politicas organizadas , ou pelo menos é essa a mensagem que farão passar pelos mercenários da esferografica.

    No Final ambas as ditaduras são a mesma Merda, apenas o Capitalismo Triunfou, porque é mais eficaz na sua propaganda e manutenção da ilusão.

  12. serafim anjlo diz:

    O Capitalismo triunfou porque economicamente é,mais eficiente do que o Socialismo.Inova e cria.E,em termos politicos permite a existencia da Democracia . Esta é a verdade!!! Isto só para ser breve e,sucinto. É interessante constatar isso numa eventual visita aqui
    a Berlim numa visita ao Museu da D.D.R. (Republica Democratica Alema).Ao visitarmos o Museu nós entramos dentro de toda a vida
    quotidiana de um cidadao da antiga Alemanha Comunista.Observamos as suas aspiracoes,receios e sonhos!!!

  13. Jorge Quintinha diz:

    @ – Paulo Nascimento

    A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas.” Winston Churchill – Winston Churchill

  14. "RUSTICO" diz:

    Tenho um sentimento misto por @Paulo Nascimento: Pena e admiração!
    Pena, porque não consegue evoluir mentalmente e admiração pela sua persistência: Vai em contra-mão na autoestrada, mas afirma que todos os outros é que seguem pela via errada.
    Como não deve ser muito velho, não percamos a esperança: ainda está a tempo de mudar!
    Mais vale um capitalismo todo roto que um comunismo dourado! Nos regimes capitalistas, quem tem unhas toca viola, enquanto nos regimes comunistas, manda o partido e os seus reais dirigentes.
    Podem chamar-me anti comunista: Não me ofendem !

Deixe Uma Resposta