Arquivo de Outubro de 2013

Portugal no Rumo Certo

31 de Outubro de 2013

convite beja

Share

hoje há bruxas

31 de Outubro de 2013

fato_de_bruxa_sexy_bruxinha_para_mulher_halloween_dia_das_bruxas_partynight_lisboa_sexy_witch_costume

Share

Amanhã no Diário do Alentejo

31 de Outubro de 2013

dA1nov

Share

Tristeza

31 de Outubro de 2013

ppd

Tal como aqui destaquei, realizou-se ontem uma Assembleia de Secção do PSD Beja. Sendo militante de base, participei nessa Assembleia. Disse o que tinha a dizer e, o que disse, não terá sido surpresa para ninguém. Entrei para o PPD em 1979 e, apesar das tentativas para me “empurrarem cá para fora”, mantenho-me como militante, não obstante as discordâncias que,naturalmente, ao longo de mais de três décadas, vão surgindo relativamente a políticas, governos e dirigentes do meu Partido. Tenho um enorme respeito pelo PPD/PSD, Partido que o meu pai, no período quente, ajudou a fundar e a espalhar sementes na nossa região.

Para mim, porém, foi uma surpresa ouvir, naquela sala, lançada para o ar, a acusação de “traidores” , vinda da boca de quem acabara de fazer uma aliança – abençoada pelo Presidente da Secção – com o Partido Comunista , de forma a, disse, continuar a dar visibilidade ao PSD na sua Freguesia.
Tive vontade de sair da sala e reflectir sobre o que leva algumas pessoas, a troco de de uma “teta de leite magro”, renegarem tudo aquilo por que lutaram durante anos.
Mas a noite teve mais surpresas:
O facto – é uma realidade não sujeita a interpretações – de a Assembleia Municipal não ter eleitos do PSD é, segundo o presidente da Secção, uma coisa dos blogs. Repito: João Caeiro afirmou que “essa coisa de não termos eleitos na AM” é coisa de blogs. Calculo que o presidente da Secção ande a ler muitos blogs e esqueça o trabalho que lhe competia.
Para além de outras coisas, também frisei o seguinte: a Secção de Beja teve sempre bons resultados nos ciclos em que não havia “casamentos” com a Distrital. Ora, actualmente, a Secção não consegue demonstrar autonomia em relação à Distrital e ao seu Presidente. Donde que, a derrota da secção de Beja está ligada à humilhante derrota de Mário Simões.
Resumi: a continuarmos assim, o PSD de Beja desaparece.
O que é muito triste.

Share

A grande dúvida

29 de Outubro de 2013

É saber em que secção do Pingo Doce vai ser vendido o livro do filósofo (português) Sócrates.
Alguma sugestão?

klobuerste

Share

Alunos com necessidades especiais – protesto em Beja

29 de Outubro de 2013

291020131057-96-alunos3
foto: radio pax

Para ler:

1) Escola de Beja trancada a cadeado

2) Escola Diogo Gouveia fechada a cadeado

3) Alunos surdos sem apoio em Beja

Share

Um país de merda

29 de Outubro de 2013

Hand reaching for empty toilet paper roll.

Deveria ter papel higiénico em abundância.

Share

O derradeiro funeral de Sá Carneiro

29 de Outubro de 2013

loures cdu psd

Há coisas que não têm explicação. O PSD caminha lentamente para o suicídio. Lamentavelmente, com o aplauso dos seus dirigentes.
Seria bom que se relessem, revisitassem, os episódios da história recente. Aliar o PSD ao PCP? Só por interesses pessoais.
Foi para isto que travámos grandes batalhas?

pcp psd

Share

No Porto

28 de Outubro de 2013

DSC06778porto av da republica
foto: joão espinho

Share

Walk On The Wild Side

28 de Outubro de 2013

Lou Reed – Dez músicas imortais (ler aqui)

lou reed

Share

Que se lixem os hambúrgueres

28 de Outubro de 2013

pastor enforcado

sobre as “manifestações” do passado sábado, leia-se este artigo de opinião:

” (…) algures durante a manifestação do movimento “Que Se Lixe a Troika!” (QSLT) em Lisboa, um pequeno grupo decidiu invadir um McDonald”s e gritar contra o “capitalismo”. A invasão foi pacífica e durou poucos minutos. O estabelecimento foi “invadido” apenas porque é o símbolo global dos mais selvagem dos capitalismos. Ora esta agenda, podendo ter sido ontem protagonizada por meia dúzia de manifestantes, é de facto a agenda profunda dos promotores das manifestações. O QSLT é antitroika, mas não só – é pró-qualquer coisa. Esse “qualquer coisa” radica em modelos antigos de socialismo científico igualitário que dominaram durante décadas mais de metade do planeta. Modelos cujos miseráveis resultados, incomensuravelmente piores do que os causados agora pela troika, se conhecem bem. O País politicamente informado – mesmo que minimamente – já percebeu que esta é a agenda do QSLT. E por isso, ontem, não fez ao movimento a gentileza de lhes aderir às “manifestações” (entre aspas porque, na verdade, na maior parte dos casos nem isso foram). O País, em geral, o politicamente informado ou não, não tem nada contra cadeias de fast food. Pelo contrário: recordará até com nostalgia o tempo em que tinha dinheiro para levar lá os filhos ao fim de semana, cometer, sem surpresas, o pecado da gordura e do sal em excesso. Se o QSLT se limitar a ser contra a troika, talvez volte a ter futuro. Deixem os hambúrgueres em paz – que se lixem, enfim.” (daqui)

Em Beja não houve manifestação (percebe-se). O grupo QSLT chamou-lhe “instalações”. Também se percebe. Espera-se que a malta QSLT leia o artigo de opinião que destaco. E percebam que já os conhecemos. Como dizia o outro: de ginjeira

Share

Atenção às horas

27 de Outubro de 2013

462302Fleuriac
foto: Fleuriac

Share