Ago 18 2013

Comboios-fantasmas entre Beja e Lisboa

Publicado por as 17:30 em A minha cidade

Com uma frequência quase diária a CP realiza comboios directos entre Beja e Santa Apolónia para fazerem a sua manutenção. Estas “marchas” – como são designadas tecnicamente por não fazerem serviço comercial -, circulam unicamente com o maquinista e revisor e destinam-se, segundo a CP, a fazer operações de manutenção de “carácter preventivo e correctivo” nas oficinas de Santa Apolónia.

A viagem, de 184 quilómetros, demora menos tempo do que a oferta da CP para este eixo. (continue a ler aqui)

Share

5 Resposta a “Comboios-fantasmas entre Beja e Lisboa”

  1. serafim anjlo diz:

    Eu como utente da ligacao ferroviária Beja Lisboa só gostaria da saber uma coisa.Quantos passageiros transporta p.ex num ano a C.P. entre Évora e Lisboa e,quantos passageiros no mesmo utilizam o ramal Beja Lisboa e vice versa. Cada vez que se faz o transbordo em
    Casa-Branca tenho sempre a impressao que o comboio traz pouquissimas pessoas de Évora.Agora no Verao temos mais alguns turistas!

  2. beja merece diz:

    Quando Pulido Valente defendia a porcaria que a CP se preparava para fazer :

    5 de Janeiro de 2011 na Rádio Pax : “O tempo de espera em Casa Branca para transbordo ronda, em média, 5 minutos.
    Na última Assembleia Municipal de Beja Jorge Pulido Valente, presidente da Câmara de Beja, considerou que a demora no transbordo não é um problema “significativo” dados “os ganhos noutras áreas”.

    7 de Janeiro de 2011 às 0:09 no Facebook: “O transbordo é na Casa Branca dado q não seria possível entrarem tantos comboios ao mesmo tempo em Lisboa e porque o q vem de Évora já é eléctrico e vem com lugares suficientes. O transbordo está previsto p 5 minutos apenas. Mas por isso não deixa de ser intercidades Beja Lisboa”

    Era assim que os bejenses eram defendidos pelo presidente da câmara.

  3. CC diz:

    Para alguns pobres de espirito tudo serve como ” arma ” de arremesso.

    O que a CP anda a fazer é o injustificável para justificar o que deveria fazer com mais qualidade e com a desculpa da munutenção, Beja merece outro tipo de respeito e atenção governamental e da administração da CP.

  4. beja merece diz:

    Pois é CC, contra factos não há argumentos. Já não pega a vitimização e a desculpa das armas de arremesso. E também não se lembra do seu candidato apregoar no boletim municipal que íamos ter cinco intercidades por dia. Vê-se. Mas que importa isso, ele não utiliza comboios, os outros que se lixem.

  5. Francisco Horta diz:

    a CP em Portugal serve, como muito serviços do estado, para se servir do utilizador e engordar dirigentes directores e presidentes e outros nomes VIP que de vip não têm nada

Deixe Uma Resposta