Nov 21 2012

ADIAFA – 15 anos estrada fora

Publicado por as 18:45 em A minha cidade

CONCERTO | 23 NOVEMBRO | 22H00 | CASA DA CULTURA

Exposição biográfica de 17 a 30 novembro – Casa da Cultura – Beja

Bilhete concerto: 3 euros

Share

8 Resposta a “ADIAFA – 15 anos estrada fora”

  1. jocasipe diz:

    Venham mais 15!

  2. Mundinho Falcão diz:

    Programa para Sexta-Feira, dia 23, já está: Jantar Vínico com grupo de amigos às 20h, num dos restaurantes que aderiram à iniciativa com ementas sugestivas, seguindo-se “rumagem” para a Casa da Cultura para ver “Os Adiafa”. Noite adjudicada! Oxalá S.Pedro também ajude um pouco (mas se decidir não colaborar isso também não altera “o plano”).
    Só uma pergunta João: Qual o preço do bilhete para o espectáculo?

  3. Manuel António Domingos diz:

    Quemé que não deseja que a TROIKA faça rápidamente a ADIAFA?

  4. VIGILANTE AO LONGE diz:

    Parabéns, muitos, a este simpático agrupamento, que tem levado a voz do Alentejo sempre mais além.
    A sua música e as suas criações ou recriações, além de nos divertirem, fazem-nos reviver tempos idos.
    Continuem e cantem até que a voz vos doa, sempre com a mesma alegria!
    Um abraço para todos.
    @Manuel António Domingos:
    Eu sei e você também sabe o significado da palavra, mas eu quase tenho a certeza que há muitíssima gente que desconhece o real sentido da palavra e nunca assistiu a tal!
    A adiafa na minha terra era bem regada e nela servia-se um grande cozido de grãos, com carne de ovelha (salgada), toucinho, o osso do presunto, enchidos, sopa de pão e hortelã. (já me estou a salivar, que é como quem diz…. a crescer água na boca)!

  5. João Espinho diz:

    3 euros

  6. Reinaldo Louro diz:

    Um dos símbolos vivos da cidade de Beja e do Alentejo .

    Projecta através dos média a nossa região ao longo dos anos numa actividade criativa e num jogo de palavras através da música.

    O preço é simbólico o que interessa é a atitude e a presença.

  7. Campaniço da cidade diz:

    Vivam “Os Adiafa”.
    Faço minhas as palavras de @Vigilante: Também eu sei o que era uma adiafa; belos tempos !!! (Não só pela nossa idade, como também pela natureza e sinceridade das coisas).
    Cantem…… pela nossa terra…… pelo nosso país!

  8. Reinaldo Louro diz:

    Valeu bem a pena ver e ouvir.
    O ponto alto foi a letra da última quadra em uníssimo ” Contra o Gaspar, marchar, marchar … “

Deixe Uma Resposta