Ago 19 2012

Coisas realmente importantes

Publicado por as 0:50 em Geral

Francisco Louçã está de saída.

Share

4 Resposta a “Coisas realmente importantes”

  1. Paulo Nascimento diz:

    A sério !? Vai-se embora ? Para aonde ?

    A quantidade de baboseiras e idiotices que tenho ouvido e lido nos media. Palavras proferidas pelos comentadores encartados, sobre o bloco. São de levar uma pessoa á náusea.

    O Bloco vai mudar a sua Rainha de Inglaterra, e só vejo comentadores que nada têm a ver com o Bloco a falar do que não sabem. E comparativamente poucos bloquistas a serem perguntados.

    È assim como perguntar a alemães sobre o que pensam dos povos do sul. por norma só dizem bacoradas.

    Os nossos ignorantes opinadores cometem o erro de assumir que o Bloco têm uma dinamica interna igual á dos outros partidos, assim tipo, “Folow the Lider”. Pensando que com a mudança do Coordenador muda a linha politica.

    Na minha opinião, a figura de coordenador/es nacional nem devia existir. tal como no passado. basta a linha politica das moções e a sua representatividade na Mesa Nacional. não precisamos de figuras decorativas, que só servem de alvo para os ignorantes jornalistas.

  2. Ventura diz:

    Não precisam de perguntar nada aos bloquistas.

    Neste país, jornalista e bloquista são quase sinónimos.

    Só assim se explica que um partidozinho de caca tenha sempre tanto destaque nos nossos media.

  3. JP diz:

    sim sim, mais importante é saber quando é que o Isaltino vai de cana, ou o relvas vai estudar filosofia para Paris, ou quando é que o Cavaco cospe o cabide, tudo malta do Bloco, bem se vê

  4. Paulo Nascimento diz:

    Breve história do ano transato

    Durante a campanha do Manuel Alegre a imprensa levou o sr Silva ao colo, mesmo com o caso das acções que estavam fora de mercado e que renderam 140% dos amigos / ex ministros do BPN
    Manuel alegre foi enterrado vivo por causa de um par de perleys que nunca teve.

    O PPD andava a ameaçar derrubar o governo PS a qualquer momento, a imprensa aguardava impacientemente tal manobra do PPD… mas …. o bloco apresentou uma moção de censura…..

    BLASFÉMIA … clamaram o jornais, radios e tv’s.

    O PPD veio a correr segurar governo que tanto queria fazer cair.

    O Paulinho das feiras veio indignar-se , só se apresentam moções de censura quando é para fazer cair mesmo o governo

    Em 2008…

    O PCP tinha uma moção por causa das alterações ao código de trabalho

    O Bloco tinha apresentado uma moção pela falha da promessa eleitoral do Sócrates em referendar o tratado europeu.

    O CDS , para não ficar mal na foto, apresentou uma moção de censura CONTRA UMA MAIORIA ABSOLUTA, “por causa do estado a que o país tinha chegado”

    Mas o jornalistas bloquistas esqueceram-se de lhe recordar ao Paulinho da feiras tal facto.

    O bloco foi triturado vivo pelos jornalistas durante o mês que levou desde o anuncio até ao dia da moção.

    O PPD absteve-se, segurando num abraço fraterno a sua cara metade.

    No dia a seguir o PS apresenta o PEC4 que leva o PPD a indignar-se e o PS a jogar-se ao chão qual arbitro atingido pelo Luisão. Já chegava de sacrificios, dizia o Passos (pois)

    A chegada da troika foi todo um linchamento do bloco. Sobre o PCP, os jornalistas nada referiam, mas o bloco que tinha tomado a mesma decisão de não falar com a troika. Foi linchado.

    O PPD criou uma comissão de notaveis liderados por Catroga para dialogar com a troika. Devidamente reverenciados pelos jornais, estiveram meia hora com a troika. Depois mandavam cartas atrás de cartas , umas em português, outras em inglês para a troika voltar a receber tão ilustres figuras, mas nada, a troika não lhes deu cavaco. De parte dos jornalistas nada sobre esta triste figura. Nem quando assinaram o documento.

    A campanha eleitoral foi todo um circo (Fernando Nobre , Africano de massamá e pentelhos), patrocinado pelo PPD , mentiras á descarada, tudo apoiado em festa pelos jornaleiros da treta.

    O bloco tentava passar propostas concretas, cartazes com propostas, campanhas tipo uma proposta por dia, e até simuladores economicos interactivos na internet.

    Mas os jornaleiros só queiram circo e estavam-se nas tintas para propostas concretas.

    Num jornal das 8, em horario nobre, a SIC decide passar um video com o que seria o tempo de antena do PPD, numa alegada “noticia” . Ainda espero ver os tempos de antenas dos outros partidos passarem em tão ilustre orgão de imprensa.

    Na sexta feira antes das eleições o Jornal “I” apresenta em primeira pagina, as fronhas da Joana Amaral dia, com o título “Louçã é um lider a prazo”

    Nessa sexta feira, á noite , no jornal da TVI , vejo duas senhoras / comentadeiras em despique , a ladrarem que o Bloco era um partido de causas fracturantes, e como já não havia causas fracturantes , então estava condenado.

    TUDO NA SEXTA FEIRA ANTES DAS ELEIÇÕES

    Ainda bem que os jornalistas são nossos amigos, o que teria acontecido se fossem nossos inimigos.

    ….

    A meu ver tudo se resume a uma coisa.

    O Bloco era engraçado até ao momento em que atingiu quase 10% nas legislativas.
    A partir daí tocaram os alarmes e soltaram os cães furiosos para impedir que uma força politica não comprometida com o establishment tomasse o poder.

Deixe Uma Resposta