Mar 21 2012

dia mundial da poesia

Publicado por as 7:00 em Poetas

No leito aberto do teu corpo
não durmo.

Ardo.

Entranho-me humidamente
num fogo de cerejas
que cresce no teu peito.

E a meio de ti,
nesse vértice incendiado,
sorvo água
nascente
das raízes
da tua carne
vitor encarnação

Share

Deixe Uma Resposta