Jan 02 2012

quem diria….

Publicado por as 19:22 em Geral


foto: joão espinho

….. que na Hauptstadt do capitalismo europeu, nesse país que dizem ser o Inferno, se atingiu o máximo histórico de emprego. Qual será a receita?

Share

6 Resposta a “quem diria….”

  1. El Juanito diz:

    O pessoal da foice e do martelo deverá saber a receita! (será que sabem?! ) 🙂

  2. luisa diz:

    nem tudo o que brilha e ouro.por aqui tambem ha muita pobreza escondida,so que as estruturas tem outras bases.

  3. José Roberto diz:

    Um excelente resultado para a Alemanha, que contraria o que se passa na restante Europa e na maioria dos ditos países desenvolvidos onde o desemprego tem vindo a crescer nos últimos anos, a receita para tal se é que existe podia era ser partilhada pelos outros parceiros europeus, mas talvez isso não interesse á própria Alemanha.
    Concordo plenamente com o comentário da Luísa, nem tudo o que luz é ouro, e como diz a noticia do link abaixo alguns analistas alertaram para o facto das estatísticas não reflectirem totalmente a realidade, uma vez que muitos trabalhadores não ganham o suficiente para poderem viver de forma autónoma e estão dependentes dos subsídios do Estado. http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=529003

  4. Campaniço da cidade diz:

    Os resultados estão bem à vista, num país que foi destruído pela guerra, mas bem diz o ditado: Trabalho tudo vence.
    Na Alemanha trabalha-se à séria e por cá esbanjou-se e gozou-se à “vara larga”. É certo e sabido que sem trabalho nada se consegue, é então lamentável o alarido que por cá se tem feito, quando se falou em reduzir o número de feriados, dias de férias, aumentar + meia hora no horário, etc. etc.
    @José Roberto: A receita existe, só que não interessa ao doente. O médico ou o professor, podem ser excelentes, mas se os seus doentes ou alunos não quiserem seguir os seus concelhos, nunca chegarão longe. Qualquer pessoa, mesmo sem grande astúcia, sabia que a fábula do porco se iria dar em Portugal: ” Muito comer e pouco trabalhar….. nalguma coisa havia de dar”:
    Isto comentava o burro, para os seus botões, quando viu o porco em cima da banca na matança!
    É triste e lamentável que Portugal (alguns portugueses) queira dar lições de gestão e governação a quem não precisa e está cansado de aturar os nossos desmandos. Somos um parente pobre e esbanjador a quem os padrinhos ricos se fartaram de
    ajudar e agora dizem: Basta.
    Já agora: Pergunte-se aos nossos imigrantes se estão lá mal ?
    @El Juanito: O pessoal da foice e do martelo, quando não lhes convém, metem a viola no saco e olham para o lado a assobiar, porque é bem conhecida a miséria que ainda hoje grassa por toda a ex URSS, a par de fabulosas fortunas dos ex dirigentes comunas.

  5. El Juanito diz:

    @Campaniço da cidade
    Mencionei o pessoal da foice e martelo mas com segundo sentido, é óbvio e está mais que provado que o comunismo é uma utopia, há sempre um mais comunista que os outros e que se apropria dos bens comuns (comunismo), o que na pratica vai dar ao capitalismo mas só dos do comité! O Povo, esse que se lixe e que se dane a trabalhar!

  6. Vítor Fernandes diz:

    a receita? papar os outros…

Deixe Uma Resposta