Set 14 2011

A Ryanair e outras dores de alma

Publicado por as 10:00 em Geral

No passado mês de Julho, o segredo era a alma do negócio.
Ontem, o CEO da Ryanair, respondendo a uma questão sobre o eventual interesse daquela companhia low cost em instalar-se no Aeroporto de Beja, disse: “(E Beja poderá estar no horizonte da Ryanair?) “Não, porque deveríamos considerar [Beja], quando há um terminal perfeitamente bom e vazio na Portela. Porquê considerar um aeroporto a duas horas e meia? Aí consideraríamos Faro”.

Pode ser que um dia alguém nos venha contar a verdadeira história das relações Ryanair/Aeroporto de Beja.

Share

12 Resposta a “A Ryanair e outras dores de alma”

  1. hpalma diz:

    Aeroporto a 2h30? E então a Portela não estava cheia ao ponto de precisar-mos de um novo aeroporto?!?

  2. Foi um Erro Político diz:

    A construção deste aeroporto foi um enorme erro e todos nós contribuintes vamos pagar os milhões aqui enterrados, uma infraestrutura destas na cidade de Beja só poderia ser um fracasso. Nos anos 60/70 quando se pensava instalar em Beja qualquer tipo de industria que pudesse desenvolver a cidade essa mesma industria era encaminhada para Évora, a cidade de Beja sempre foi excluída.
    Não estou a ver a”Ryanair” ou qualquer outra companhia a fazer voos regulares para Beja com os aviões vazios, a cidade não tem atractivos suficientes para atrair o turismo.

  3. Anónimo diz:

    Ai de quem noutros tempos nada distantes ousasse manifestar-se contra a construção do sócretino e muito propagandeado “Aeroporto Internacional de Beja” … era logo apelidado, no mínimo, de velho do restelo … os esqueletos vão saindo dos armários!

  4. Moialmas diz:

    Foi muita propaganda durante muito tempo, recordo-me que li num jornal muito próximo do PS um editorial do director em afirmava que a Ryanair tinha aberto um escritório em Beja!

  5. Patricio diz:

    A resposta de Pulido Valente na Rádio Pax sobre esta matéria é no minimo ridicula.
    faz-me lembrar a história da formiga e do elefante que seguiam pela estrada e formiga olhando para traz diz para o elefante ” já viste a poeira que vamos levantando”.

  6. VIGILANTE AO LONGE diz:

    É espantoso que uma obra faraónica que custou largos milhões de euros, não tenha tido um estudo anterior sobre a sua utilização após a conclusão: Dá a ideia que se partiu do velho princípio: Faça-se a obra que os aviões e os passageiros logo aparecerão, como aqueles que queriam uma ponte sem possuírem rio ou ribeira por perto.
    É lamentável que nem autoridades, civis ou militares, sociedade civil, forças vivas, etc. etc. não se tenham questionado sobre o dia a seguir à conclusão da obra.
    Esbanjaram “toneladas” de euros e agora pergunta-se: Para quê ? Dá a ideia que foi um simples programa ocupacional para empregar mão de obra e arranjar “tacho” para uns quantos “maduros”. Construiu-se um aeroporto, como se podia ter construído sei lá o quê, talvez uma fábrica para embalar sol (para exportação).
    Se o aeroporto de Beja não for quanto antes, convertido e dinamizado num terminal de carga e transporte de mercadorias para e de todo o sul da Europa, bem podem “limpar as mão à parede”: Criaram mais um elefante e daqueles bem grandes.
    Vão à China, vão a Singapura, etc. etc. mexam-se PORRA! Não fiquem à espera que vos venham trazer a “comidinha” ao prato!
    Se o aeroporto estivesse, um bocadinho mais a norte, tudo era capaz de ser diferente: Eles, são ruins, mas são sempre muito mais mexidos e reinvindicativos: Beja tem o que merece…… vê passar os aviões (no ar)!

  7. Manuel de Jesus diz:

    Um deles fazia parte depois do 25 de Abril a um grupo algures ali
    para as bandas da praça da república. Elitistas, cultivavam o princípio de não se misturarem
    com a ganga, sempre distantes do povo, com este não se misturavam, não fosse este mesmo
    povo descobrir que também arrotavam e tiravam macacos do nariz como os demais.
    Intelectuais invulgares e iluminados. Depois foi o que se sabe, estão todos salvo raras excepções a comer na
    manjedoura do poder. Não acredito em tais senhores, é um direito que me assiste.

  8. VIGILANTE AO LONGE diz:

    @Manuel de Jesus:
    Se se pudesse chamar os bois pelos cornos ?????? o que não seria ?!
    Diz na praça da republica ? então e noutros sítios? noutras ruas ? ( por ex. a do 1º presidente da republica).
    É preciso notar que quando se toca a “mamar”, os rapazes do “centralão” estão logo à “coca” para abocanhar a presa (a qualquer preço, Hoje eu, amanhã tu).
    EDIA e EDAB foram agências do Socretismo para iludir os Alentejanos e nelas se “aboletaram” os filhos e filhas dos homens do
    regime (Centralão). É mentira ?
    Fiquemos por aqui !

  9. Campaniço da cidade diz:

    Com tantas insinuações, quando é que os visados dizem alguma coisa? Escondem a cabeça na areia, tipo avestruz como nada se tivesse passado ? @Vigilante, @M. Jesus e @Moialmas parecem ter razão e saber do que falam!
    Um certo advogado (fraco e ruim) que em tempos foi do MES ou da UDP(?) e agora anda ai no PPD/PSD teve um belo tachinho na EDAB! Lembram-se ? quem será ? (apaniguado consultor jurídico da CMO nos tempos de JRS) Esses e outros que tais, sempre estiveram à mangedoura do poder: Mas há mais !

  10. Alentejano diz:

    É impressionante como uma noticia sobre o aeroporto descambou logo para a lavagem de roupa suja e ressabiamento em relação a Évora.
    Para mim TODOS!!! os investimentos que se façam no Alentejo são de louvar, com mais esquemas ou com menos esquemas.

    Não vejo ninguém criticar por exemplo as 4!!!!! faixas de autoestrada para entrada/saida em Lisboa que começam praticamente em Setúbal. Quanto custou??!! Eram mesmo necessárias? Para quê? para ter mais gente em fila para pagar portagens e depois ter o afunilamento normal na 25 de Abril? Lembrem-se que se tiveram de fazer os viadutos todos!!! de novo, portanto esta obra custou uns milhões largos.
    Não se esqueçam que iam fazer a segunda!!!!!! autoestrada Lisboa-Porto, se a isto juntarmos os milhões investido na requalificação da linha para o alfapendular e que em alguns troços obriga na mesma a redução de velocidade

    Évora sempre ficou com muitas coisas que podiam ser em Beja? Sim, mas fazem por isso enquanto aqui só nos queixamos…dos de Évora, sinceramente é triste ver esta disputa entre o roto e o descosido.

    Mas ainda alguém pensa que há um partido melhor que o outro?? são todos iguais porque são compostos por seres humanos e ai não há nada a fazer. Por muitas convicções ideológicas que tenham, quando se apercebem da sua mortalidade (ai pelos 35 anos) é cada um a safar-se e pronto. Vejam a podridão que são os partidos hoje em dia, centros de interesses e famílias que têm como único objectivo aproveitar-se do Partido e do que este lhe pode oferecer. É por isso que as pessoas de valor, que as há, se afastam ou são corridas dos partidos.

    Enquanto cada um vir estas coisas pelos “olhos” dos partidos não se vai a lugar nenhum, temos de ver a politica enquanto cidadãos e portugueses e zelar pelos nossos interesses, começando por exigir melhores!!! partidos.

    E deixem lá o aeroporto de Beja que que é mesmo caro foram os alemães que pagaram há muitos anos, o resto são trocos.

    Era “giro” ter o comboio a passar pelo aeroporto não era? pois…

  11. Manuel de Jesus diz:

    O Campaniço da cidade deu uma ideia bastante sui generis, que é escrever
    a história da democracia na nossa urbe.

    Temos o burguês requintado, o eterno perdedor, os golpes sem misericórdia,
    os círculos viciosos, os oportunistas e outros tais etc…

    Temos também gente séria que passou por nós, alguns já desaparecidos,
    mas que merecem um respeito profundo, pela sua atitude generosa e dimensão ideológica.

    Temos as personagens e alguns enredos. O tema é tentador.

    E já agora que é feito do espólio do museu militar ????

  12. Mais atento que os outros diz:

    Acho interessantes algumas considerações que li acima, mas será que os ilustres “opinólogos” ou deturpadores que comentam certas notícias não se recordam que foi com o Ramoa que se iniciou o processo que é este elefante branco, o aeroporto de Beja´? Será que os mesmosdeturpadores ou puramente desatentos não se recordam que foi com os anteriores executivos autárquicos que a Câmara de Beja entrava nestas “Associações” com muito dinheiro e afilhados também? O PS terá a sua quota de culpa, é verdade, mas vejam lá bem que se calhar não foi para encher tanto os bolsos como outros que por cá andavam!

Deixe Uma Resposta