Ago 24 2011

“Não me considero rico, sou trabalhador”

Publicado por as 15:00 em Geral

E se fosses brincar com o caralhinho?

(desculpem-me a linguagem)

Share

6 Resposta a ““Não me considero rico, sou trabalhador””

  1. Regina diz:

    Olha João, não me surpreende… na França foram os próprios empresários a propor um imposto especial para ajudar o País, em espanha segue-se a mesma possibilidade, aqui em Portugal os multibilionários (bando de EGO-ístas!!), são todos uns pobrezinhos e desgraçados!!

  2. Paulo Nascimento diz:

    @João

    Estás a ficar muito esquerdista. Sinto a força em ti… junta ao nosso lado da força …. LUKE.

  3. João Espinho diz:

    @paulo – não gosto de caviar 🙂

  4. luisa diz:

    realmente esta noticia foi a melhor do ano.eu tambem adorava ser um tabalhador assim.

  5. Reinaldo Louro diz:

    Um indivíduo como o portuga Américo Amorim que é o mais rico de Portugal ( acionista da banca, galp e de um sem número de coisas ), tem só e apenas um pouco mais de 2.000.000.000 €, é melhor escrever mais de dois mil milhões de euros e faz esta declaração em relação a impostos, todo e qualquer tipo de adjectivo crítico lhe fica bem ao denominado rei da cortiça !

  6. Paulo Nascimento diz:

    Al Capone não era um criminoso mafioso. Era apenas um trabalhador que geria estabelecimentos de diversão.

Deixe Uma Resposta