Abr 10 2011

Verdadeiros artistas

Publicado por as 16:55 em Geral

Um fim de semana que provou como são raros os que têm espinha dorsal e que não se vergam ao poder.
Haverá por aí muita gente desiludida (à mistura com alguma azia). É o que dá ter expectativas muito altas.
E nunca mais é 5 de Junho para ver se este circo acaba…..

Share

15 Resposta a “Verdadeiros artistas”

  1. FB diz:

    A diferença total dos ex-artistas presidenciais :

    O Manuel Alegre militante de dezenas de anos do PS e não candidato a deputado do PS

    O Fernando Nobre passou por apoio a monárquico, apoiou o BE, apoiou Durão Barroso e agora é cabeça de lista à Assembleia da República pelo círculo de Lisboa pelo PSD, depois de Manuela Ferrreira Leite ter dado com os pés a Passos Coelho e quando os sociais democratas queriam o Marques Mendes, que grande azia se apoderou dos militantes PSDs não terem capacidade e poder para ter um militante em nº 1, na capital do país é mesmo de ficar com cá um destes galos !

    É que neste galinheiro social democratra liberal, só manda quem pode que é o PPC e não quem o deseja democraticamente …

  2. Paulo Nascimento diz:

    Manuel Alegre foi um bom candidato presidencial, mas moveu-se mais pelo sentimento do que pela razão.

    Quando foi candidato Independente, lutou com paixão. e isso valeu-lhe um milhão de votos. a paixão jogou a seu favor.

    Quando se recandidatou, tentou conciliar uma esquerda que admirou a sua atitude de luta apaixonada dos últimos anos. Com uma esquerda de regime, comprometida . Mas que representava o Partido que sempre fora o seu. E procurou reconciliar-se com os seus.

    Essas decisões, movidas pelo sentimentos e genuína boa vontade, voltou-se contra ele. Ele tentara algo que não podia acontecer nesse momento, a união das esquerdas.

    Manuel Alegre é um poeta, os sentimentos são o seu modo de vida. A politica é a sua paixão. Mas o mundo não está preparado para Românticos.

    O seu apoio ao PS neste ultimo congresso, foi um ato de agradecimento pelo apoio que recebeu. mas pelo menos manteve a coerência de não aceitar ser novamente deputado.

    Sobre Fernando Nobre.

    Que dizer de um homem que muda de cor como quem muda de camisola ?

    De um homem que não aparenta ter um posicionamento politico definido ?

    De um homem que comete gaffes a cada frase que lhe sai da boca ?

    Fernando Nobre é alguém que descobriu a politica e ficou encantado com o meidatismo, maior do que tinha na AMI.

    Fernando Nobre é uma contradição com pernas, ms cuja mente já vai acusando o peso da idade.

  3. Semprealerta diz:

    Perante estes vultos da politica caseira, só falta um partido descobrir a maneira possivel de convidar o Sr. Ollirehn, a sentar-se no meio da sumula intelingencia nacional, que irá ocupar o hemiciclo a partir de junho, pois esse ao menos tem poder de decidir o valor dos seus ordenados.

  4. NG diz:

    É lamentável tudo isto! Tão lamentável como ver PS/PPD/CDS a dobrarem a espinha perante outro poder, o da sra. Merkel e quejandos. Não é só a banca que é lixo! São lixo os políticos do «politicamente correcto», sem excepção e todos aqueles que se preparam para votar na continuidade da caliqueira nacional que não tem ponta por onde se lhe pegue. Há muitas mais colunas vertebrais a vergar e vários os cenários em que se curvam.
    Este é um país de pinóquios, de chulos, de aldrabões, de «cabranotes» por gosto sempre de mão estendida, onde poucos são os que ainda pensam «que pra viver de alma ajoelhada, vale bem mais morrer de punho erguido»!

  5. Strogoff diz:

    Nunca se pode criticar um “independente”. Por concordar com ideais partilhados é que se diz ser independente. O que interessa é ter valor e poder ajudar o país. Fernando Nobre tem essa possibilidade! Os que o apoiaram agora é que torcem a orelha.

  6. José Frade diz:

    @NG:
    Os tempos de hoje são bem mais complexos do que aqueles em que a resistência antifascista entoava o emotivo e vibrante Hino de Caxias…
    No meio de tanta confusão, hoje em dia vêm-se velhos e novos anti-fascistas a fazer o frete a partidos de direita (p. ex. alinhando – desnecessáriamente – em votações na AR…).
    Os prisioneiros da sua própria retórica (leninista) continuam a ver o mundo a preto-e-branco…

  7. NG diz:

    @José Frade:
    Não concordo! Essa sua alusão encapotada ao chumbo do PEC4 não pega! Aquilo que diz ser complexo, é tão simplesmente o conjunto de matizes com que o capitalismo internacional pinta as suas políticas, consoante a envolvente ideológica em que se manifesta. Prefiro ver o filme a preto e branco. E aplaudo o alinhamento ecológico e reciclador da esquerda em todas as votações na AR (ou em qualquer outro lado) que sirvam para atirar o lixo para o lixo.
    @Strogoff: Fernado Nobre, independente????????????? Nota-se!!!

  8. José Frade diz:

    @NG:
    A alusão não foi encapotada: para bom entendedor…
    Meu amigo, você talvez conheça a célebre comparação feita por Lenine, a propósito de compromissos. Disse ele (nos tempos da NEP, sabe?) que se fosse assaltado por salteadores de estrada tinha de estabelecer com eles um compromisso: dar-lhes o que lhe exigissem, para ficar vivo… e mais tarde procurar maneira de os prender e castigar…
    Há de facto muitos militantes que andam esquecidos dos ensinamentos dos clássicos…

  9. José Frade diz:

    Ah, já me esquecia: também gosto de filmes a preto-e-branco, especialmente dos italianos. Há que revê-los e recordar tempos difíceis. As lições do tempo da Grande Guerra ainda não foram interiorizadas por muitos. Quando perceberão que é uma verdadeira guerra (económica) o que se passa no mundo? Se já perceberam, que lado da trincheira escolhem?

  10. Zé Miguel diz:

    Vale a pena lembrar que o mandatário do Fernando Nobre por Beja foi Jorge Pulido Valente…Será que também se sente defraudado? Ou já lhe parece natural estas piruetas na política?

  11. João Espinho diz:

    @zé miguel – deve andar desatento.

  12. AVLISESTE diz:

    Hoje não me apetece “malhar” nestes comunistóides de meia tigela!
    Que tenham uma boa noite e vejam lá se não têm de “engolir” algum sapo (ou elefante nalguns casos) ?
    Preocupem-se com as vossas listas: O povo, é soberano e saberá escolher, aprovar ou desaprovar em 5 de Junho!
    É relevante o mau estar que vos causa o que se passa no PSD: Assim se vê a força do PSD !

  13. Zé Miguel diz:

    @João Espinho tem razão não foi mandatário, mas sim apoiante. Enganei-me.

  14. Aníbal Fernandes diz:

    Fernando Nobre deu o dito por não dito. Apolítico? Uma porra!

  15. Aníbal Fernandes diz:

    Apartidário? Uma gaita. Então e a barriguinha?!

Deixe Uma Resposta