Mar 10 2011

Atenção aos novos sinais de trânsito

Publicado por as 9:40 em Geral

Desde o passado dia 4 de Março está em vigor um Decreto Regulamentar (2/2011) que “cria novos símbolos e sinais de informação relativos
i) à cobrança electrónica de portagens em lanços e sublanços de auto -estradas e
ii) aos radares de controlos de velocidades.

O novo sinal, que aqui se apresenta, “Sinal H43”, indica que uma via tem detectores de “velocidade Instantânea” ou seja, o vosso identificador VIA VERDE / DEM serve para dar indicação ao RADAR dos seguintes dados:
Matrícula da viatura.
Velocidade da viatura.
Por exemplo: 40 metros entre os dois sensores – o carro passou por eles em 1 segundo = 144 Km/h = Multa Imediata.

Fica aqui o alerta.

Share

9 Resposta a “Atenção aos novos sinais de trânsito”

  1. Paulo Nascimento diz:

    Os carros dos ministros devem ser uma mina de ouro só em multas.

  2. luisa becker diz:

    o nosso governo so sabe copiar dos outros paises as coisas ruins,as boas como por exemplo,o sistema de saude,nao copia

  3. Rato dos Pomares diz:

    40 metros em 1 segundo com uma baia da “via verde” pelo meio, é número de circo indíviduo com perfil de psicopata assassino e é a prova acabada que o sistema nacional de saúde não está a funcionar e que também não cruza informação com os tribunais e com a DGV. Bem multado!

  4. El Juanito diz:

    @ Luísa Becker!
    O nosso governo só copia os outros países naquilo onde pode tirar proveito. Na saúde, eles não beneficiam nada. Para eles tanto se lhes dá se o povo tem um bom ou um mau serviço de saúde, ele até devem ter seguros de saúde pagos com o dinheirito destas tais multas, por isso já está a ver a lógica da coisa. 🙂

  5. Qualidade da Democracia diz:

    Se só se pode andar a X, Y ou Z, porque exceder a velocidade ?

    A análise não pode e deve ser feita na base das elevadas receitas que irá possibilitar face ao elevado número de infractores, porque não se analisa sim, na base do factor segurança de si e dos outros ?

    Porquê, o mal ser sempre dos outros e também dos pecados que cometemos em termos cívicos não serem também de nós próprios ?

    Façam todos quando conduzem um exame de consciência e depois cheguem a conclusões !

  6. El Juanito diz:

    É óbvio que os limites de velocidade devem ser respeitados, o problema é que as autoridades praticamente só fiscalizam onde o risco é mínimo, pois sabem que é aí que o condutor mais cumpridor (felizmente a maioria é cumpridora) facilita, e por vezes excede o limite de velocidade, nesses pontos é que é “rentável” .
    Eu quando vejo nas noticias a aplicação de uma nova taxa, normalmente o jornalista diz que essa taxa já se aplica no resto da Europa, mas esquecem-se dos ordenados e nível de vida do resto da Europa (salvo algumas excepções).
    É exactamente como diz a comentadora Luísa Becker!

  7. luisa becker diz:

    esse sistema tambem hesiste aqui (Alemanha)mas, nos condutores somos informados pelo menos 500m antes de chegar a caixa electronica que ela esta la.Sera em Portugal tambem assim?

  8. El Juanito diz:

    Aqui somos informados 100m depois. É que, caso o aviso seja colocado 500m antes, não vá o diabo tecê-las e o condutor reduza a velocidade! LOL (agora estou a brincar)!!!

  9. Sergio diz:

    Digam-me uma coisa porque falam em calculos medios de velocidade??
    O sinal “H43 – Velocidade instantanea”, se é instantanea não é media. Todos os radares existentes em Portugal sao radares de velocidade instantanea. Como fundamentam esse calculo?

Deixe Uma Resposta