Out 27 2010

Acabou-se o tango?

Publicado por as 21:10 em Geral

“(…) de acordo com os dados que finalmente o Governo apresentou sobre a evolução das contas públicas, foi possível constatar que a derrapagem orçamental no ano de 2010, é bastante mais grave que aquilo que tem sido afirmado, permitindo concluir que a situação que o País atravessa é ainda mais séria e delicada do que já era conhecido.”
(do comunicado da Comissão Política Nacional do PSD)

Share

14 Resposta a “Acabou-se o tango?”

  1. João Barros diz:

    eu diria que ainda não… é de todo o interesse do PSD que o orçamento passe… para o pinocrates se afundar sozinho com o seu orçamento… apesar do golpe de mestre do socrates hoje… o Passos ainda pode dar a estocada final no verme que nos governa… e fazer com que o FMI esteja cá em 6 meses, e o socrates esteja a saltar borda fora em 7 ou 8… já faltou mais… é aguentar que já faltou mais…

  2. AVLISESTE diz:

    E agora ? Como se dizia quando eu era criança….. fazer xixi na mão e deitar fora !
    Então para que serviu a Pec 1 a Pec 2 a Pec 3 ? Tem sido tudo só para o “portuga” ver e aguentar!
    Empresas públicas, institutos, fundações (afundações), comissôes para isto e para aquilo, comemorações, submarinos, boys, tachos e + tachos, reformas chorudas e duplicadas, triplicadas, OBVIAMENTE, só podiam conduzir-nos a este lastimável estado:
    “Obrigado” sr. eng. Socrates por nos ter conduzido ao desemprego e à falência: Pela nossa vida fora, infelizmente, não conseguiremos esquecer-nos de si e de toda a sua malvada pandilha!
    Agora, se ainda lhe restar uma “nesga” de vergonha e sentido pátrio, não fuja…. aguente, como nós estamos e teremos de aguentar todas as suas burrices e “patacoadas” !

  3. Pedrada no Charco... diz:

    Para mal dos nossos ” pecados ” um tango a dois entre PS e PSD começado em Maio e terminado em Outubro, num orçamento de 2010 aprovado em Abril e que vai terminar em Dezembro, mas a dança nesta data era para o ano 2011 e a decisão fica adiada para ver se deixa passar ou não o orçamento do ano próximo até à vespera.

    Palpita-me com esta ” fita ” toda o presidente Cavaco Silva vai novamente forçar que voltem a dançar o tango a dois.

    Fica aqui o registo da abstenção do PSD !!!

  4. Republicano diz:

    Com todos os problemas que assola o partido socialista e o pinócrates só não consigo perceber porque não discutem o óbvio e o que verdadeiramente vos deveria interessar, o PSD não descola do PS nas sondagens! Isso é o que verdadeiramente vos incomóda…

  5. Algarvio diz:

    Porque é que temos de pagar as incompetências dos governos ps e psd?

  6. El Juanito diz:

    E agora?!
    Agora, virá o pack 4 !!! 🙂

  7. tigre alentejano diz:

    afinal a avozinha Manuela tinha razão: estes socialistas por omitir e mentir devem responder perante a justiça. Ainda agora ficamos a saber pela voz do min. das finanças que afinal temos 4 submarinos, um dos quais irá ainda “aumentar” BNP. Por muito menos Santana saiu e tal como o guterrismo isto ficou um pantano.

  8. Rato dos Pomares diz:

    Esta interrupção nas negociações faz-me lembrar a história do tipo que tem um acidente e acorda na cama do hospital!
    Ainda “embaçado” abre um olho, a custo e pergunta à enfermeira porque é que não sente os braços e as pernas. Ela responde-lhe que o acidente foi tão violento que teve que ser feita um intervenção cirúrgica de urgência na qual lhe foram amputados pernas e braços. Perante a notícia o tipo desata num pranto. Então a enfermeira responde que estão no dia 1 de Abril e que é tudo mentira. Que a dormência nos membros é o resultado da anestesia e que na verdade ele só teve que ser castrado.
    Só castrado? Pergunta.
    Sim!
    UFA! Que bom!

    O orçamento vai passar.

  9. almeida diz:

    Esta gente do ps e do ppd pensam que todos nós somos atrasados mentais com as notícias que fazem passar. Tudo isto foi montado pelos dois partidos para enganar e entreter o povo. Ambos estão de acordo e unidos com os cortes a fazerem nos ordenados e pensões, com o aumento dos impostos. Mas atenção, podem enganar-se e o tiro sair-çhes pela colatra!

  10. AVLISESTE diz:

    Sr. Rato dos Pomares:
    Quem nos dera a nós portugueses que tudo isto fosse uma encenação do 1º de Abril. Infelizmente é triste demais e é mesmo verdade estamos f………..: Com acordo ou sem acordo, com orçamento ou sem ele, a realidade é que estamos no charco: De quem é a culpa ? Pouco interessa agora saber quem é o pai da criança.
    Castrados…. deveriam ter sido alguns idiotas que andaram anos e anos a f…….. este país , que apregoavam como sendo o pais das maravilhas (e tem sido, mas só para alguns….. Face Oculta, BPN, BCP, Contentores de Lisboa etc.).
    Almeida:
    As notícias que fazem passar, só pecam por tardias e escaças, já que elas espelham só uma pequena parte da miséria a que o estado comuno socialista levou este país. O sr. Constâncio é um dos que escondeu informação e agora está “ao fresco”. Eu não percebo nada de armas e por isso pergunto: Como pode um tiro sair pela colatra, quando o cano da arma está bem limpo e o alvo está bem à vista.
    Não concorda com os cortes nos ordenados e pensões princepescas, cujos valores, são um ultrage à maioria dos portugueses? Pois os mesmos são + que necessários, para não dizer que nunca deveriam ter existido e por terem sido criados, levaram Portugal à situação em que tristemente se encontra.
    É tempo de dizer: BASTA !

  11. NG diz:

    Tango? O que estes políticos do PS e do PSD têm andado a fazer ao longo de todos estes anos é a dançar … a CHULA!

  12. Rato dos Pomares diz:

    AVLISESTE. Concordo com quase tudo. Mas permita-me que lhe proponha um exercício. Se os funcionários cujos ordenados são objecto de corte (e peço-lhe que aceite que o corte começa em ordenados que se enquadram numa classe de espaço que não será tão principesca quanto a querem pintar) se vissem, por imperativa condição, na necessidade de cortar em despesas que para alguns (outros) serão superfluas, por exemplo, nas actividades extra curriculares dos filhos (actividades desportivas, artísticas, etc), de repente, a pobre capital de distrito ficaria mais pobre ainda. Quanto aos exemplos que enuncia – e outros, como alguns dos que são referidos no post seguinte “Vícios e viciados” -, tenho a certeza que serão fundamentação mais do que suficiente para que um dia destes (quando os últimos Manuéis Tito de Morais tiverem desparecido) se instale uma ditadura . . . por via democrática. É uma questão de tempo.
    De qualquer das formas e depois de ver os noticiários da manhã, informo que estou a vender números para o Euromilhões. Barato e com garantia de prémio.

  13. AVLISESTE diz:

    Sr. Rato dos Pomares:
    A ditadura que se vai instalar é a económico financeira: É aquela que vai determinar o que se pode gastar e o que se pode ganhar. Por via democrática, vamos entregar o mando da nossa pátria a outros, que por via democrática irão impôr as regras para que não passemos fome e para que tenhamos juizo e nos deixemos de impróprias mordomias.
    Lamentávelmente: BPN, BPP, BCP, Face Oculta, Contentores de Lisboa, Casa Pia, são os tristes exemplos da nossa actual “democracia”.
    Que democracia é esta que deixa jovens, anos e anos à procura do 1º emprego (por mais qualificações que tenham)?
    Que democracia é esta que lança na miséria inúmeros trabalhadores, pequenos comerciantes, pequenos agricultores, pequenos industriais ?
    Que democracia é esta que tapa e protege os corruptos e esquece e mal trata os cumpridores ?
    Que democracia é esta que se dá ao luxo de pagar reformas (em duplicado, triplicado, etc) altamente chorudas a alguns, esquecendo e dando a outros uns miseros euros para irem sobrevivendo ?
    Que democracia é esta que paga aos ciganos subsidios de 1ª Classe, sem os obrigar a trabalhar, e esquece aqueles que descontaram uma vida inteira para a SS e de um momento para o outro e involuntáriamente, cairam no desemprego?
    Para não fazer + perguntas, faço só esta: ISTO È DEMOCRACIA ?

  14. Rato dos Pomares diz:

    Viva AV
    Então . . . posso(?) continuar a pensar que daqui a meia dúzia de anos não vai haver muita gente a insurgir-se contra o facto de surgir alguém (até pode nem ter bigode nem ser beirão) que propõe que troquemos (por via democratica) tal democracia por uma menos má ditadura.